segunda-feira, 14 de outubro de 2019

Assassinos do taxista Dourival irão a júri popular nesta segunda feira (14) em São José de Ribamar

Entre os dias 31 de outubro e 05 de dezembro de 2018, a família do Sr Dourival, taxista, 62 anos, ficou sem saber notícias de seu paradeiro. Ele havia saído para trabalhar e não retornou. Na tarde daquele dia 31, a família recebeu a notícia da Polícia de que o carro desse senhor havia sido encontrado nas proximidades do Maiobão (bairro Novo Horizonte), mas não havia sinais dele. Durante os 35 dias a família e amigos próximos viveram momentos de angústia e desespero, sem saber notícias do Sr. Dourival.

Após investigações, a Polícia, por meio da SHPP, identificou o grupo que tomou o carro da vítima de assalto. 5 pessoas foram estavam envolvidas na trama: uma mulher e quatro rapazes, sendo um menor de idade). A mesma investigação também descobriu que a vítima foi levada para uma área de matagal do bairro vila São José (São José de Ribamar) e lá fora executado com dois tiros. A ação da Polícia levou à captura dos assassinos e estes mostraram onde deixaram o corpo da vítima, que foi localizado na manhã do dia 5 de dezembro, já em avançado estado de decomposição.

Quase um ano depois, a grupo será levado a julgamento, onde devem receber a pena por seus atos, dentre eles o de Latrocínio.


A família clama por justiça.

Nenhum comentário:

Postar um comentário