quinta-feira, 9 de agosto de 2018

Secretário de Educação desmoraliza vereadora de oposição Carmen Aroso

Nesta quarta-feira (08), o secretário de educação de Paço do Lumiar, Paulo Barroso, resolveu se manifestar diante das acusações feita pela vereadora Carmen Aroso (MDB), ocorrida na manhã da ultima segunda-feira (06) quando a edil aparece em vídeo se aproveitando politicamente de uma manifestação dos merendeiros em frente à secretaria de Educação, na Avenida 13 do conjunto Maiobão.

Em fala, Barroso argumentou que foi surpreendido com a manifestação por parte da classe dos merendeiros em que Aroso a reboque, usou para palanque político, descuidada ainda assinou abaixo-assinado de um pedido de abono de falta, não era o caso, agindo como manifestante esquecendo a representatividade legitima “Recebo todos os vereadores de forma cordial, e ela passou pro outro lado da avenida, se juntou com os manifestantes, está aqui provas que ela assinou abaixo-assinado deles, até inadvertido, porque o que eles estão pedindo é abono de falta, número 35 (trinta e cinco) Carmem Aroso, portanto não agiu como uma vereadora e sim como uma manifestante”, frisou Barroso.

Além disso, Barroso não se omitiu em receber a comissão, como afirmado em vídeo pela vereadora Carmem Aroso, somente obstou a entrada do suposto líder comunitário Paulo Sampaio, na qual a edil exigia que fosse acompanhada. E por não haver nenhuma legitimidade por parte de Paulo Sampaio, fato de não ser uma manifestação da população, e sim de uma categoria especifica, é uma regra básica em que a vereadora deveria ter afinidade técnica, portanto, seria um descaminho receber o suposto líder já que o mesmo não tem legitimidade de representação pela categoria, foi por este simples fato que a parlamentar resolveu atacar verbalmente em vídeo o secretário de educação, pelo mero desprovimento que tem.

Acompanhe o vídeo

Nenhum comentário:

Postar um comentário