quinta-feira, 3 de maio de 2018

Jornal afirma que dois vereadores de Paço do Lumiar, foram presos por embriaguez ao volante.

O jornal O Estado do Maranhão, destacou a prisão dos vereadores Marinho do Paço e Vagner Sousa por embriaguez ao volante, ocorrida este ano 

Mais um parlamentar de Paço do Lumiar foi preso este ano por conduzir veículos sob efeito de bebida alcoólica. O último caso ocorreu na noite de terça-feira, 1º, e segundo a polícia, o detido foi o presidente da Câmara Municipal dessa cidade, Aquimário Reis Guimaraes, o vereador Marinho do Paço (PROS).

De acordo com as informações da polícia, o vereador foi abordado por uma guarnição da Polícia Militar na MA-201, Estrada de Ribamar, no trecho que passa pelo Maiobão. Na abordagem, o parlamentar ainda tentou a avançar com o carro para impedir a ação policial e ainda ofereceu suborno aos militares.

Como o vereador apresentava sinais de embriaguez, de acordo com a polícia, foi feito o teste do bafômetro e ele foi preso em flagrante e apresentado no plantão de Polícia Civil do Maiobão, onde foi autuado.

Em fevereiro deste ano, segundo informações publicada pelo jornal "O Estado", o vereador de Paço do Lumiar, Vagner Sousa (PMN) foi preso também durante uma blitz da Polícia Militar, na mesma rodovia, com sinais de embriaguez. Esse parlamentar também foi apresentado no plantão de Polícia Civil e ainda teve o seu veículo apreendido.

O titular deste blog, entrou em contato com os dois vereadores para esclarecer as informações divulgadas nos meios de comunicação. A assessoria do vereador Marinho do Paço, ficou de encaminhar um nota, já o vereador Vagner Sousa por telefone, nos informou que a informação publicada no Jornal O Estado (clique aqui e veja), NÃO PROCEDE.



Vereador desmente jornal 

O vereador Vagner Sousa, se diz surpreso com a informação publicada pelo jornal, e com bastante indignação desmentiu a informação sobre sua suposta prisão. O parlamentar afirmou que vai procurar seus direitos, e solicitar a reparação do dano causado a sua imagem.

Nenhum comentário:

Postar um comentário