terça-feira, 27 de fevereiro de 2018

E TOME ESCÂNDALO: Talita Laci pretende gastar quase meio milhão com serviços de dedetização.

Após promover um processo licitatório funerário que já tornou-se alvo de investigação do Ministério Público Estadual, a prefeita Talita Laci (PC do B) realizou recentemente uma nova licitação, cujos valores são altos, para execução de serviços que, nem de longe, estão atrelados aos verdadeiros anseios dos moradores do município da Raposa, na Grande Ilha de São Luís.

Por meio de pregão presencial, a empresa Ambiente Limpo Dedetização e Serviços LTDA- ME, sediada no bairro Farol do Araçagi, na própria cidade da Raposa, foi contratada pela prefeitura para fornecimento de serviços de dedetização, desinfestação, desratização e barreira química interna.

O contrato, que consta no diário oficial do município da última sexta-feira, prevê, em doze meses, um gasto de mais de R$ 499 mil, recursos, estes, que serão alocados dos Fundos Municipais de Saúde, Assistência Social, Fundeb e do setor da Agricultura.

A contratação determina a execução de ações que eliminem diversos tipos de insetos rasteiros e roedores – tais como baratas, formigas, traças, pulgas, percevejos, carrapatos, aranhas, cupins, escorpiões, moscas e mosquitos, ratos e lagartixas — em prédios públicos do município, sejam eles próprios ou alugados.

Prevê, ainda, limpeza de reservatórios ou caixas de d’ águas instaladas nos prédios administrativos e limpeza de fossas.

No mês passado, Talita Laci ganhou notoriedade após promover licitação, no valor de mais de R$ 170 mil, na qual contratou a empresa Pax São Luís, com sede na Avenida Principal da Cidade Operária, em São Luís. para fornecimento de caixões para a população do município.

Levando-se em consideração o valor atual praticado no mercado, um caixão terá que ser doado por dia pela prefeitura a uma família raposense.

O município de Raposa tem menos de 30 mil habitantes e, de acordo com informações do Sistema de Informações sobre Mortalidade, em 2015, por exemplo, foram registrados apenas 131 óbitos, sendo que apenas 20 famílias recorreram ao auxilio dado pelo município.

Nenhum comentário:

Postar um comentário