quarta-feira, 28 de fevereiro de 2018

Justiça anula contratação de Odebrecht/BRK em Ribamar e Paço do Lumiar.

Uma sentença proferida pela Vara de Interesses Difusos e Coletivos da Comarca da Ilha, que engloba os municípios de São Luís, Raposa, São José de Ribamar e Paço do Lumiar, declarou a nulidade de todos os contratos para prestação de serviços ou concessão de serviços de saneamento firmados pelo Consórcio Intermunicipal de Saneamento Básico – CISAB (firmado entre o Município de Paço do Lumiar e Município de São José de Ribamar), inclusive do contrato de concessão firmado com a Odebrecht Ambiental Maranhão (BRK Ambiental Maranhão S.A). A empresa tem o prazo de 30 após a intimação para abster-se da execução dos serviços objetos do contrato de concessão, enquanto os municípios de Ribamar e Paço do Lumiar têm o mesmo prazo para evitar a interrupção dos serviços de abastecimento de água e de esgotamento sanitário.

A ação foi proposta pelo Ministério Público Estadual contra o CISAB (Pró-Cidade), o Município de São José de Ribamar, o Município de Paço do Lumiar, o Estado do Maranhão, a Odebrecht Ambiental – Maranhão S.A. (BRK Ambiental Maranhão) e a Odebrecht Ambiental S.A.

Consta na sentença, assinada pelo juiz titular Douglas de melo Martins, que a ação civil pública apontou supostas irregularidades na formação do consórcio público intermunicipal e no processo de licitação que culminou na contratação da Odebrecht Ambiental. Em resumo, o MP relatou que os municípios de Paço do Lumiar e de São José de Ribamar ratificaram, mediante, respectivamente, a Lei Municipal nº 553/2013 e Lei Complementar nº 29/2013, protocolo de intenções para a criação de um consórcio público com a finalidade de gerir toda a prestação de serviço de saneamento básico nos dois municípios.

Com a criação do consórcio, foi instituída a associação pública, de natureza autárquica, denominada Consórcio Intermunicipal de Saneamento Básico – CISAB. Daí, alega o MP que a Lei Municipal nº 553/2013 foi publicada no Diário Oficial do Estado na data de 25/11/2013, mas que o protocolo de intenções e os Anexos I, II, e III não foram publicados. A Lei Complementar 29/2013 foi publicada no Jornal da Famem, em 30/12/2013, e também os anexos e o protocolo de intenções não teriam sido publicados. O MP refere que dentre os documentos não publicados estariam as Disposições Gerais do Regulamento de Serviços Públicos e a instituição da Taxa de Resíduos Sólidos Urbanos – TRSU.

A ação enfatiza que as Câmaras de Vereadores dos municípios consorciados autorizaram os prefeitos a: delegarem a prestação do serviço público de saneamento básico, diretamente ou pelo CISAB, mediante contrato de concessão comum, PPP ou contrato de programa; e a transferir 25% dos recursos do Fundo de Participação dos Municípios para conta dos concessionários ou de seus financiadores, por meio do CISAB ou diretamente. Por fim, o MP aponta supostas irregularidades em todo o processo de constituição do consórcio, até a contratação, em momento posterior, da concessionária de serviço público que presta o serviço, a Odebrecht Ambiental Maranhão, chegando à cobrança de tarifas abusivas pela prestação do serviço.

A Câmara de Regulação do CISAB, órgão que seria responsável pela fixação/revisão das tarifas, não foi regularmente constituída e, portanto, não teria legitimidade para proceder às alterações tarifárias nem para exercer qualquer atividade. Os atos normativos da Câmara de Regulação do CISAB, referentes às tarifas, promoveram alterações no seu preço que oneraram demasiadamente os usuários do serviço de saneamento nos dois municípios, o que importaria em violação de diversas normas de proteção ao consumidor”, destaca a ação.

CONTESTAÇÃO - As empresas pediram o julgamento improcedente da ação, alegando a legalidade da instituição do consórcio público; que o contrato de concessão firmado com as rés atendeu a todos os parâmetros da Lei nº 11.445/2007; inexistência de ilegalidade na celebração do contrato de concessão que abranja apenas parte da área dos municípios (área urbana); competência dos municípios para a prestação dos serviços de saneamento; legalidade da instituição do órgão regulador; legalidade dos atos que fixaram as tarifas; direito das à manutenção do equilíbrio financeiro do contrato; e inexistência de dano moral coletivo.

Após verificar todos os pedidos formulados pelo Ministério Público e analisar todos os atos realizados durante o processo, bem como os documentos anexados, o juiz decidiu declarar a nulidade de todos os contratos para prestação de serviços ou concessão de serviços de saneamento firmados pelo CISAB; e do contrato de concessão firmado com a ODEBRECHT AMBIENTAL MARANHÃO S/A (BRK AMBIENTAL MARANHÃO S.A). “Determino ao Estado do Maranhão e aos municípios de São José de Ribamar e de Paço do Lumiar que, no prazo de 1 ano, em conjunto com os outros municípios integrantes da região metropolitana de São Luís, seguindo a linha do que foi decidido pelo Supremo Tribunal Federal, via Ação Direta de Inconstitucionalidade, exerçam efetivamente a competência prevista em artigo da Constituição Federal e de Lei Complementar Estadual nº 174/2015, tomando as medidas necessárias para a implementação dos serviços de saneamento no âmbito da região metropolitana de São Luís”, finalizou Douglas Martins.

Ladrão se dá mal e é pego por populares, em frente ao supermercado Mateus do Maiobão.

Um jovem no momento não identificado, saiu cedo de casa, portando uma pistola de brinquedo, achando que nesta quarta-feira (28), ganharia um dinheiro para o fim de semana e por pouco não foi linchado por populares, em frente ao Supermercado Mateus do Maiobão, localizado na estrada de Ribamar.

Acompanhe o vídeo

terça-feira, 27 de fevereiro de 2018

Ordem de serviço do primeiro hospital de Paço do Lumiar deve ser assinada em março.

As obras do primeiro hospital-maternidade de Paço do Lumiar, com 52 leitos, serão iniciadas em breve. A boa notícia foi dada pelo governador Flávio Dino ao prefeito Domingos Dutra, ambos do PCdoB, ao informar que todo o processo de licitação da empresa que vai construir o hospital já está na fase final. A Athos foi a empresa vencedora.

Agora em março, o governador Flávio Dino deverá vir ao Maiobão para assinarmos juntos a ordem de serviço do hospital-maternidade do Maiobão, na Avenida 13. Será a concretização de um sonho e a vitória de uma luta travada nos últimos anos”, afirmou o prefeito de Paço do Lumiar, Domingos Dutra.

O hospital-maternidade de Paço do Lumiar será construído onde funcionou a Unidade Mista do Maiobão. O prédio está abandonado desde 2013, quando o então secretário de Estado da Saúde, Ricardo Murad, desativou a unidade, construída em 1987 pelo secretário de Saúde na época, Jackson Lago.

O prefeito Dutra lembra que, ao tomar posse, o governador Flávio Dino, por reivindicação dele e de lideranças luminenses, iniciou o processo para a construção de um hospital de 52 leitos, incluindo leitos de maternidade.

"Paco do Lumiar tem 180 mil habitantes e merece um hospital. A atual Unidade Mista, apesar de ampliada e melhorada pelo governador Flávio Dino, é insuficiente para atender às nossas demandas. A construção deste hospital é um sonho de lutas que temos travado há 35 anos", declarou o prefeito Dutra.

Prédios públicos municipais de Paço do Lumiar serão pintados de branco.

Em cumprimento à determinação do Ministério Público do Maranhão, a Prefeitura Municipal de Paço do Lumiar informou que pintará as paredes das fachadas dos órgãos públicos de branco, conforme foi determinado e exigido pela autoridade ministerial.

Diversos prédios públicos municipais estavam sendo pintados com detalhes na cor roxa por causa da logomarca da gestão Domingos Dutra, mas o Ministério Público, por meio da 1ª Promotoria de Justiça da Comarca de Paço do Lumiar, ingressou com uma Ação Civil Pública contra a pintura na referida cor por entender que se tratava de vinculação política, obrigando a Prefeitura a tirar o roxo das fachadas.

Assim, todos os prédios que haviam sido recuperados e pintados passarão por novos serviços de pintura nos próximos dias para adequação à exigência do MP.

E TOME ESCÂNDALO: Talita Laci pretende gastar quase meio milhão com serviços de dedetização.

Após promover um processo licitatório funerário que já tornou-se alvo de investigação do Ministério Público Estadual, a prefeita Talita Laci (PC do B) realizou recentemente uma nova licitação, cujos valores são altos, para execução de serviços que, nem de longe, estão atrelados aos verdadeiros anseios dos moradores do município da Raposa, na Grande Ilha de São Luís.

Por meio de pregão presencial, a empresa Ambiente Limpo Dedetização e Serviços LTDA- ME, sediada no bairro Farol do Araçagi, na própria cidade da Raposa, foi contratada pela prefeitura para fornecimento de serviços de dedetização, desinfestação, desratização e barreira química interna.

O contrato, que consta no diário oficial do município da última sexta-feira, prevê, em doze meses, um gasto de mais de R$ 499 mil, recursos, estes, que serão alocados dos Fundos Municipais de Saúde, Assistência Social, Fundeb e do setor da Agricultura.

A contratação determina a execução de ações que eliminem diversos tipos de insetos rasteiros e roedores – tais como baratas, formigas, traças, pulgas, percevejos, carrapatos, aranhas, cupins, escorpiões, moscas e mosquitos, ratos e lagartixas — em prédios públicos do município, sejam eles próprios ou alugados.

Prevê, ainda, limpeza de reservatórios ou caixas de d’ águas instaladas nos prédios administrativos e limpeza de fossas.

No mês passado, Talita Laci ganhou notoriedade após promover licitação, no valor de mais de R$ 170 mil, na qual contratou a empresa Pax São Luís, com sede na Avenida Principal da Cidade Operária, em São Luís. para fornecimento de caixões para a população do município.

Levando-se em consideração o valor atual praticado no mercado, um caixão terá que ser doado por dia pela prefeitura a uma família raposense.

O município de Raposa tem menos de 30 mil habitantes e, de acordo com informações do Sistema de Informações sobre Mortalidade, em 2015, por exemplo, foram registrados apenas 131 óbitos, sendo que apenas 20 famílias recorreram ao auxilio dado pelo município.

segunda-feira, 26 de fevereiro de 2018

Mulher esfaqueada 18 vezes pelo ex-companheiro no bairro do Maiobão, está na UTI.


Continua internada e sedada, na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Clementino Moura (Socorrão II), uma mulher golpeada com 18 facadas pelo ex-companheiro dentro de casa. O crime aconteceu na última sexta-feira (23), no bairro do Maiobão, em Paço do Lumiar.

Gislene Araújo Silva, de 37 anos, foi levada ao hospital após os vizinhos ouvirem gritos e pedidos de socorro. O principal suspeito da tentativa de feminicídio é Gutemberg Matos Bezerra, que está foragido.

A família só conseguiu registrar o boletim de ocorrência na noite de sábado (24), e o local do crime não tinha passado por perícia até a tarde de sábado. A faca usada pelo suspeito, também, permanecia na residência de Gislene.

Segundo investigações do Departamento de Combate ao Feminicídio do Maranhão, o autor do crime teria tentado manter a vítima desacordada utilizando substância semelhante a amoníaco.

À Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP) informou que a Polícia Militar do Maranhão (PMMA) foi acionada logo após o crime e realizou diligências para efetuar a prisão do suspeito.

Ainda segundo a SSP, o Departamento de Feminicídio acompanha o caso e orientou a família, ainda na noite do crime, a efetuar os procedimentos para o registro da ocorrência o mais rápido possível. Além disso, disse que a Delegacia Especial da Mulher adotou as primeiras providências de investigação ainda na sexta-feira (23).

Nota de Repúdio


A Prefeitura de Paço do Lumiar, por meio do prefeito Domingos Dutra, da secretária de Administração e primeira-dama do Município, Núbia Feitosa, e da Secretaria Extraordinária da Mulher, vem a público manifestar o mais profundo sentimento de repúdio ao caso de tentativa de feminicídio, ocorrido na noite de sexta-feira (23), no bairro Maiobão, e informar que dará todo o apoio necessário à vítima e à sua família.

Girlene Araújo, 37 anos, residente no Maiobão, em Paço do Lumiar, recebeu 18 facadas e está em estado grave na UTI do Socorrão II. A tentativa de homicídio foi cometida pelo ex-marido, identificado como Gutemberg Matos Bezerra, que, covardemente, atacou Girlene dentro da residência da vítima por não aceitar a separação, ocorrida há dois anos. Ela já havia denunciado o ex-marido por agressões constantes e tinha medida protetiva da Justiça. Os dois têm um filho adolescente.

A Prefeitura de Paço do Lumiar se solidariza com os familiares da vítima e pede que as providências para a prisão e punição do criminoso, que se encontra foragido, sejam tomadas. Também lamenta que casos como esse ainda continuem tão frequentes, como o ocorrido com a secretária de Administração, Núbia Feitosa, que levou três tiros ao tentar evitar a violência contra uma mulher e hoje vive ameaçada. Estes atos são frutos de uma cultura machista que coloca as mulheres como seres submissos, que devem estar sob a posse dos homens. Reforça ainda que encara esses fatos com total indignação e está empenhada em fortalecer um movimento para que mais mulheres não tenham suas vidas ameaçadas por conta desse machismo enraizado que machuca, fere e mata.

Refaz: contribuintes com débitos podem ter desconto de até 100% em juros e multas em Paço do Lumiar.

A Prefeitura de Paço do Lumiar, por meio da Secretaria Municipal de Fazenda (Semfaz), lançou o Programa de Recuperação de Crédito da Fazenda Municipal (Refaz), instituído pela Lei Municipal nº 723, de 04 de janeiro de 2018, que tem como finalidade a regularização de débitos de natureza tributária (IPTU, ISS, Alvará, ITBI e outros) e não tributária, com descontos de 50% até 100% nos juros e multas e facilidade no parcelamento das dívidas.

O objetivo é promover a regularização de créditos do município, cujo devedor seja pessoa física ou jurídica, possibilitando ao contribuinte novo planejamento financeiro para 2018. O programa ficará em vigência até o dia 30 de abril, dando oportunidade aos contribuintes quitarem seus débitos com a Prefeitura. A adesão ao programa pode ser feita na sede da Semfaz, na Avenida 13 do Maiobão, no horário das 8h às 14h.

A secretária municipal de Fazenda, Núbia Feitosa, destaca que o programa Refaz é um instrumento administrativo eficiente para a diminuição da dívida ativa. “O contribuinte terá facilidade no parcelamento de suas dívidas. Dependendo da opção escolhida, os descontos de juros e multas podem chegar a 100%”, ressaltou a secretária de Fazenda.

O prefeito de Paço do Lumiar, Domingos Dutra (PCdoB) ressalta que todos os valores arrecadados serão revertidos em obras para o município. “A arrecadação municipal recebida pelo Refaz será revertida em diversas ações nas áreas de educação, saúde, infraestrutura e melhorias para a cidade”, afirmou o prefeito Dutra.

Parcelamento e descontos do Refaz - 2018
  • Pagamento à vista – 100%
  • Pagamento em até 6 x – 90%
  • Pagamento de 7x a 12x – 80%
  • Pagamento de 13x a 18x – 70%
  • Pagamento de 19x a 24x – 60%
  • Pagamento de 25x a 60x – 50%

sábado, 24 de fevereiro de 2018

Justiça garante direito de resposta, de Núbia Feitosa no blog de Luís Cardoso.

O direito de resposta, nas atividades de comunicação social e de informação jornalística, nos assuntos que envolvem o Direito de Imprensa, é inalienável e não pode sofrer obstáculo ao seu exercício.

Com esse argumento, o blogueiro Luís Cardoso em cumprimento ao acordo judicial celebrado perante o Juizado Especial da Comarca de Paço do Lumiar, na Ação promovida pela Dra. Núbia Feitosa, publicou a primeira das quatro matérias do direito de resposta acordado.

Acompanhe a matéria

1 – Dra Núbia, o que de fato aconteceu no dia 28 de julho de 2017?

Por volta das 17.30hs, me dirigia a um viveiro na estrada da Maioba para comprar plantas e flores para presentear os alunos da primeira escola em tempo integral de Paço do Lumiar, na comunidade Cotovelo, inaugurada na manhã deste dia. Ao passar pelo Sítio Grande, os assessores que estavam comigo me avisaram que uma senhora estava sendo agredida no interior de um veículo que se encontrava parado no acostamento de um condomínio. Fiz a manobra no carro, retornei ao local e observei uma jovem senhora que descia correndo de um carro, dando pontapés no carro e dirigindo-se a uma coluna de proteção do condomínio a procura de abrigo, sendo seguida por um homem em atitude agressiva. Me dirigi àquela senhora, pedindo que a mesma me acompanhasse até o carro para que eu a conduzisse até a sua residência ou a um local seguro.

2 – O que aconteceu depois?

A aquela senhora ficou um pouco indecisa, porém aceitou o meu convite e começou a se dirigir para o meu carro. O senhor que tentava agredi-la, passou então a dirigir sua fúria contra mim e meus dois assessores, agredindo-nos com socos e pontapés, (as fotos dos hematomas constam em laudos periciais) bem como sacando de uma arma. Supressa com atitude agressiva daquele senhor, corri e me escondi na lateral do carro do mesmo, sendo seguida por ele de arma em punho enquanto verbalizava a sua intenção de atirar em mim.

3 – Quanto tempo durou este episódio?

Eu, o fotógrafo e minha assessora que me acompanhavam passamos 28 minutos, sob a mira de uma arma de fogo cujo calibre vim a saber depois que se tratava uma pistola ponto 40 de propriedade da polícia Militar, O atirador consumiu todo o tempo de minha tortura rodando em torno do veículo buscando ângulo para me matar. O atirador, que depois soube ser um sargento da polícia militar, não atirou nos primeiros minutos apenas por falta de ângulo, por apresentar estado de embriaguez e em virtude da intervenção dos meus dois acompanhantes que lhe pediam para não atirar e também pela intervenção da senhora que com ele estava, que muitas vezes ficava na frente do mesmo, clamando a ele por minha vida, a esta mulher, serei eternamente grata.

4 – Quando começaram os tiros?

Dois ou três minutos após o início das agressões, o fotografo Leo ligou para o tenente Reformado da PM Gerson, que trabalhava com o Prefeito Domingos Dutra, pedindo socorro. Não sabemos por que motivos, somente 24 ou 25 minutos depois, chegou ao local o Sargento Ivanildo, da PM. O Sargento Ivanildo ao chegar, (DESARMADO, COMO MOSTRA O VÍDEO) perguntou o que estava ocorrendo. Pediu calma e se identificou como policial. Assim que o sargento e apresentou, o atirador que tentava me atingir se enfureceu, respondendo que também era militar e começou a atirar no profissional da mesma corporação, onde o sargento pulou em minha direção me arrastando para fora do alcance dos tiros .

5 – Então foi o Sargento Ferreira quem atirou primeiro?

Sem dúvida, este elemento surpresa, de atirar em alguém que só pedia calma não sai do meu pensamento, minha alma sangra porque o nível desta maldade foi e sempre será estarrecedor para mim. O episódio foi todo filmado por uma câmera do condomínio que comprova nitidamente quem portava arma e quem sacou primeiro, do risco que corri , conforme o link que segue. Ele atirou primeiro no Sargento Ivanildo, o qual se assustou e correu para o outro lado do carro, onde eu estava, no intuito de me proteger. O segundo tiro acertou e transfixou o meu ombro direito, o terceiro atingiu a minha face direita e o quarto também direcionado a minha face atingiu a minha mão, vez que após a minha face ser atingida eu levei aminha mão à face tentando estancar o sangue, assim, mesmo sem saber, desviei o tiro da face para a mão direita, hoje, estou aprendendo a escrever sem usar o dedo indicador e não tenho mais apoio para pequenos gestos como escrever, girar uma chave na porta, ou mesmo pegar um litro de agua da geladeira somente com uma mão. Mesmo após estes disparos, o atirador, tentando me atingir novamente se dirigiu para frente do veículo, sendo alvejado pelo sargento Ivanildo com um único tiro, usando o princípio da razoabilidade de plena defesa.

6 – E depois o que ocorreu?

Fui socorrida pelo fotografo e pelo Sargento Ivanildo e levada para o hospital São Domingos. Lá queriam me atender em local inadequado, de forma improvisada e sem aplicação de anestesia. Foi quando chegou o Prefeito Dutra e vendo o estado em que eu me encontrava me conduziu para o Hospital UDI, onde fui bem atendida, sendo submetida a cirurgias no ombro, na face e no dedo indicador. Fui submetida a uma cirurgia plástica no rosto, amenizando os danos, contudo, meu rosto está marcado para sempre, não mais marcado que a minha alma obviamente. Convém registrar, que após ser baleado, o atirador ainda deu vários tiros no meu carro, tentando acerta minha assessora que lá se escondera, os vidros do carro estilhaçaram e a mesma chegou ao hospital comigo com o rosto e corpo coberto pelos vidros e em estado de pânico.

7 – Porque a senhora decidiu retornar para socorrer aquela senhora se não a conhecia e não sabia o que estava ocorrendo?

Claro que sabia o que estava acontecendo, uma mulher estava sendo agredida por um homem, ponto. Porque? Eu não sei. Agora, eu sou advogada militante das lutas contra a violência à mulher, sempre fui, muito antes de casar com um homem público. Sou Psicóloga humanista, trabalho tentando fazer com que a pessoa humana viva em paz e feliz . Sempre defendi os animais, as criança, os adolescentes, idosos e as mulheres de qualquer tipo de violência. Apesar da lei Maria da Penha e das estruturas mínimas criadas pelo estado para proteger as mulheres, somos vítimas diárias de espancamentos , assassinatos e violência em geral, em público e em casa. Diante da cena que presenciamos, a única atitude de quem defende as mulheres contra violência e de quem tem família foi a que tomei: verificar o que estava ocorrendo e tirar aquela senhora daquele local, evitando que fosse assassinada;

8 – A senhora ficou com alguma sequela?

Claro. Quem é atingida por três tiros, apanha no meio da rua de um estranho com uma ponto 40 na mão e escapa da morte por um milagre fica para sempre com sequelas físicas e psicológicas. Além das marcas dos ferimentos no rosto e no ombro, o meu dedo indicador está semi imobilizado. Por outro lado, sofro do stress pós traumático, além do medo e das ameaças que sofro.

9 – A senhora vive ameaçada por quem?

O atirador, , após meses internado veio a óbito decorrentes de complicações de diabetes, pelo que me informaram. O mesmo tem muitos parentes em Paço e Ribamar, cuja vigança foi anunciada no mesmo dia do velório em alto e bom som. Vivo sob constante ameaça e tensão. Carros com placas falsas ou sem placas,e pessoas estranhas rondam meu local de trabalho e minha residência. Eu e minha família tivemos que mudar hábitos e locais de trabalho. Já formalizamos duas representações à Secretaria de Segurança do Estado, além dos contatos pessoais feitos pelo prefeito. Já registrei várias ocorrências na delegacia do Maiobão e até o momento nenhuma solução. Cabe à polícia investigar se estas pessoas e veículos são de parentes do atirador, ou se são de velados da corporação em que o mesmo servia ou de terceiros, apenas sei que minha vida corre risco e o Estado se mantém inerte.

10 – A senhora ainda tem algo a dizer?

Tenho tanto a dizer que uma reportagem não é suficiente. Primeiro lugar, ainda hoje questiono a demora no socorro que solicitamos 2 minutos após o início do episódio. Durante o episódio passou uma viatura da PM e não parou. Em segundo lugar lamento ter sido tão acusada pela mídia sobre a morte do atirador. Em terceiro lugar, lamento a campanha difamatória dirigida por bloqueiro que faz parte do governo do mesmo do Partido do Prefeito Dutra, que teve a maldade de editar a fita, manipulando trechos com o único objetivo de me colocar como culpada pelo episódio, banalizando a violência e estimulando agressões à minha pessoa. Por conta disto o mesmo responde processos criminal e cível.

Vivemos uma época de inversão de valores em que muitos, ao invés de intervir para evitar tragédias, preferem ligar os celulares para firmarem violências e espalharem nas mídias sociais. Outros censuram atitudes como a que tomei, repetindo preconceitos machistas tais como em briga de homem e mulher ninguém mete a colher. Expressões que reforçam o machismo, estimulam e banalizam violência contra as mulheres. Eu não meto só a colher, meti o meu corpo e a minha alma, como deve fazer todo ser humano que presencia a violência contra um ser vivente, seja ele quem for. Para todos eu digo com profundo respeito. Se a mulher que fui defender fosse a sua mãe, filha ou irmã, eu ainda seria chamada de louca e assassina?

PAZ E LUZ

sexta-feira, 23 de fevereiro de 2018

Inaugurada Companhia do Corpo de Bombeiros em Paço do Lumiar.

Com a presença do governador Flávio Dino, do prefeito Domingos Dutra, do comandante do Corpo de Bombeiros Militar, coronel Célio Roberto de Araújo, e diversas autoridades e convidados foi inaugurada no final da tarde desta terça-feira, 20, em Paço do Lumiar, a 2ª Companhia Independente de Bombeiros Militar do Maranhão (2ª CIBM). A unidade está sediada na Avenida 13 do Maiobão, em anexo ao prédio onde funciona a Secretaria Municipal de Saúde (Semus) e o Centro Social Urbano (CSU), e vai atuar em cerca de 30 bairros.

É uma satisfação muito grande ter uma companhia do Corpo de Bombeiros Militar aqui em Paço do Lumiar, pois esta é uma das instituições mais respeitadas do país pelos serviços que presta e pelas vidas que salva”, destacou o prefeito Domingos Dutra, acrescentando que a instalação da 2ª CIBM é uma conquista que ficará na história de Paço do Lumiar. “Agradeço ao governador Flávio e ao coronel Roberto. É mais um feito inédito da nossa gestão”, comemorou o prefeito, ao lado da vice-prefeita Maria Paula Azevedo.

O governador Flávio Dino informou que esta é a 11ª unidade do Corpo de Bombeiros Militar instalada pelo seu governo desde 2015. “Muitas cidades estavam a centenas de quilômetros de uma corporação. Então quando assumimos, conversei com o secretário Jefferson Portela e com o comandante Célio Roberto para que aproximássemos mais os bombeiros da população, diminuindo o tempo de resposta. E isto temos conseguido. Além do combate aos incêndios, há um aspecto muito importante do trabalho dos bombeiros que é a prevenção, uma função que eles também desempenharão aqui”, observou o governador.

A 2ª CIBM terá um efetivo de 32 militares, entre oficiais e praças, e será comandada pelo major Rildo Rocha. Realizará trabalho de prevenção de acidentes, combate a incêndios, fiscalização de estabelecimentos comerciais, locais de eventos, combate à venda ilegal de gás GLP, capturas de animal, atendimento pré-hospitalar, atendimento a pacientes psiquiátricos, como suporte ao Samu, fiscalizações nas edificações para que sejam cumpridas as exigências de segurança, educação preventiva, projetos sociais nas escolas e associações comunitárias, entre outras ações.

UNIDADE METROPOLITANA

O comandante do Corpo de Bombeiros Militar do Maranhão (CBMMA), Célio Roberto de Araújo, afirmou que a 2ª CIBM tem características metropolitanas, pois além da população de Paço, vão poder contar com o grupamento os moradores de São Luís, São José de Ribamar e Raposa, uma população estimada em mais de 200 mil pessoas no total.

A unidade contará com três viaturas, um autotanque com capacidade para 11 mil litros de água, um carro de resgate para atendimento de vítimas presas em ferragens e um carro administrativo para vistorias. Terá ainda posteriormente uma ambulância para atendimento pré-hospitalar.

A 2ª CIBM em Paço é importante pela descentralização dos serviços e maior agilidade. Anteriormente, Paço do Lumiar era atendido pela companhia de São José de Ribamar. Agora, o tempo de resposta para uma chamada será muito mais rápido”, destaca o comandante da 2ª CIBM, major Rildo Rocha.

Para o tenente Farias, que integra a 2ª CIBM, a implantação da unidade está sendo muito bem aceita pela comunidade, pois a corporação chega ao município para prevenção, orientação, para minimizar incidentes, acidentes, além de desenvolver atividades técnico-profissionais. “Para nós, como profissionais do fogo, estamos orgulhosos de estar em Paço do Lumiar. Se para a sociedade é um ganho, para nós é uma honra e motivo de muita satisfação”, salienta o tenente Farias.

Parte dos recursos gastos com a preparação do imóvel veio da economia obtida com a não realização do Carnaval oficial este ano no município. “O Carnaval é só por quatro dias, esta unidade dos bombeiros é para a vida toda”, ressalta o prefeito Dutra.

quarta-feira, 21 de fevereiro de 2018

Iniciada operação emergencial de recuperação das principais vias do Residencial Novo Horizonte.

A Prefeitura de Paço do Lumiar, por meio da Secretaria Municipal de Infraestrutura, iniciou uma operação emergencial de recuperação das principais vias do Residencial Novo Horizonte. 

Segundo, técnicos da Sinfra municipal, o principal problema na área é a falta de drenagem, pois a Caixa Econômica Federal recebeu o conjunto da construtora sem a obrigatória infraestrutura das ruas, principalmente o sistema de drenagem, como exige a Lei. "Para tentar amenizar a situação, a Prefeitura inicia hoje este trabalho de recuperação das vias por onde circula o transporte coletivo", assinalou o prefeito Domingos Dutra.


Secretária Núbia Feitosa participa de Jornada Pedagógica na UEB Mickey Mouse.

A secretária de Administração, Planejamento e Fazenda de Paço do Lumiar, Núbia Feitosa, participou nesta terça-feira, 20, da abertura da Jornada Pedagógica da Unidade de Ensino Básico (UEB) Mickey Mouse, no bairro Roseana Sarney. Lá estudam alunos do 1º ao 5º ano e a secretária atendeu a convite da direção da escola.

Professores, coordenadores e gestores da UEB se reuniram para discutir, planejar e organizar o retorno às aulas, marcado para o dia 5 de março. Na oportunidade, a secretária falou sobre a importância do acolhimento e do empenho dos profissionais para os processos de ensino e aprendizagem.

Foi muito importante este momento na escola, conversando com os professores e gestores, ajudando no planejamento das atividades para este ano”, assinalou Núbia Feitosa.

Ela destacou que em Paço do Lumiar foi implantada em 2017 uma política educacional eficiente, que prevê a reestruturação física das escolas, a ampliação da carga horária dos professores e a capacitação desses profissionais. “Temos nos empenhado e vamos trabalhar muito mais para que nossas crianças e jovens tenham as melhores condições de aprendizagem”, afirmou a secretária Núbia Feitosa.

Paço do Lumiar ganha unidade do corpo de bombeiros.

O município de Paço do Lumiar, agora passa a contar com uma unidade do Corpo de Bombeiros. A 2ª Companhia Independente de Bombeiros Militar do Maranhão será inaugurada às 17h, em solenidade que contará com a presença do governador Flávio Dino, do prefeito Domingos Dutra, do comandante do CBMMA, coronel Célio Roberto de Araújo, políticos, servidores e convidados.

A unidade do CBMMA de Paço do Lumiar está sediada na Avenida 13 do Maiobão, anexo ao prédio onde funciona a Secretaria Municipal de Saúde (Semus) e o Centro Social Urbano (CSU). Terá um efetivo de 32 militares, entre oficiais e praças, e será comandada pelo major Rildo Rocha. Realizará trabalho de prevenção de acidentes, combate a incêndios, fiscalização de estabelecimentos comerciais, locais de eventos, combate à venda ilegal de gás GLP, capturas de animal, atendimento pré-hospitalar, atendimento a pacientes psiquiátricos, como suporte ao Samu, fiscalizações nas edificações para que sejam cumpridas as exigências de segurança, educação preventiva, projetos sociais nas escolas e associações comunitárias, entre outras ações.

A 2ª Cia Independente de Bombeiros Militar (2ª CIBM) contará com três viaturas, um autotanque com capacidade para 11 mil litros de água, um carro de resgate para atendimento de vítimas presas em ferragens e um carro administrativo para vistorias. Terá ainda posteriormente uma ambulância para atendimento pré-hospitalar.

A 2ª CIBM em Paço é importante pela descentralização dos serviços e maior agilidade. Anteriormente, Paço do Lumiar era atendido pela companhia de São José de Ribamar. Agora, o tempo de resposta para uma chamada será muito mais rápido”, destaca o comandante da 2ª CIBM, major Rildo Rocha.

ENTUSIASTA

O prefeito de Paço do Lumiar, Domingos Dutra (PCdoB), é um dos maiores entusiastas da instalação da companhia do Corpo de Bombeiros no município e acompanhou toda a reforma do prédio que sediará a unidade. “Paço do Lumiar nunca havia sediado uma unidade do Corpo de Bombeiros, apesar de ter mais de 180 mil habitantes. É mais uma conquista inédita da nossa gestão, obtida graças à parceria com o governador Flávio Dino”, afirma o prefeito Dutra.

Parte dos recursos gastos com a preparação do imóvel veio da economia obtida com a não realização do Carnaval oficial este ano no município. “O Carnaval é só por quatro dias, esta unidade dos bombeiros é para a vida toda”, ressalta o prefeito.

Para o tenente Farias, que integra a 2ª CIBM, a implantação da unidade está sendo muito bem aceita pela comunidade, pois a corporação chega ao município para prevenção, orientação, para minimizar incidentes, acidentes, além de desenvolver atividades técnico-profissionais. “Para nós, como profissionais do fogo, estamos orgulhosos de estar em Paço do Lumiar. Se para a sociedade é um ganho, para nós é uma honra e motivo de muita satisfação”, salienta o tenente Farias.

segunda-feira, 19 de fevereiro de 2018

Ministério das Cidades e Banco do Brasil adiam data de entrega das chaves do Jardim Primavera II.

A Prefeitura de Paço do Lumiar, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (Semdes), informa que o Ministério das Cidades e o Banco do Brasil adiaram a entrega das chaves do Residencial Primavera II, do programa Minha Casa, Minha Vida, localizado em Iguaíba, Paço do Lumiar, que ocorreria nesta segunda-feira, 19.

Os motivos para o adiamento da entrega dos 880 imóveis às famílias beneficiadas não foram informados. A Prefeitura de Paço do Lumiar lamenta o fato e informa que o prefeito Domingos Dutra irá mais uma vez a Brasília para tentar resolver o problema no Ministério das Cidades. Desde que assumiu, o prefeito tem se empenhado para viabilizar a entrega de todos os imóveis do Minha Casa, Minha Vida no município.

A Prefeitura de Paço do Lumiar informa ainda que a nova data será divulgada assim que ela for definida.

Mais escândalo! Prefeita de Raposa pretende alugar jogos de mesas acima do valor de mercado.

A prefeita Talita Laci (PCdoB), que já é alvo de inquérito por suposta improbidade administrativa pela contratação de empresa especializada para o fornecimento de urnas mortuárias e serviços translado funerais no valor R$ 170 mil, também é alvo do inquérito o processo licitatório para aquisições de serviços especializados de locação de equipamentos, estruturas e materiais para a promoção de eventos, do qual resultou o total de R$ 1.833.078,00. 

Desta vez Talita Laci pretende alugar jogos de mesas com valores três vezes maiores do que o praticado no mercado. Além disso, há suspeita de fraude com estimativa de gastos com refil e cartuchos para impressoras no valor de R$ 655.008,00 (seiscentos e cinquenta e cinco mil e oito reais).

Conforme publicação do Diário Oficial da Raposa, a prefeita pretende alugar 500 mesas e 5 mil cadeiras de plástico, pelo valor de R$ 14,00 reais cada jogo de mesa, composto por uma mesa e quatro cadeiras, sabido que é possível alugar jogos de mesas na mesma característica com um valor três vezes menor do que o pretendido pela prefeitura do município da Raposa, pelo valor de R$ 4,00, conforme edição n° 015 de 05/02. 

Uma outra publicação do Diário Oficial de Raposa que chama atenção é um suposto esquema envolvendo agentes públicos e uma empresa que presta serviços na área de informática com fornecimento de impressoras, cartuchos e toners, teria iniciado em setembro de 2017, quando o primeiro contrato foi assinado entre o secretário de Administração e Planejamento, Ualacy Costa Chaves e a empresa L & V Comercial Ltda – ME, representada no ato pelo empresário Francisco Eduardo Noronha Lobato.

É disparatado a quantidade e valores dos cartuchos e refil, a qual, se revelou estranho sob o ponto de vista cauteloso, por não trazer nenhuma vantagem e onerando ainda mais os gastos com administração municipal.

O que chama a atenção, ao fazer uma pequena analise, foram os valores que subiram a média na contratação dos cartuchos, uma pequena explanação, é o valor da oferta vencedora para cartuchos HP 664, no valor de R$ 155,00 para uma quantidade de 1.920 unidades. A compra total de apenas esse produto vai custar R$ 297.800,00 aos cofres do município, conforme a Ata de Registro de Preço.


Áreas públicas de Paço do Lumiar recebem serviços de limpeza e pavimentação durante o carnaval.

O prefeito de Paço do Lumiar (PCdoB) Domingos Dutra acompanha, a continuidade da limpeza, roçagem e pavimentação de áreas públicas de Paço do Lumiar.

Ao invés de gastar recursos públicos no Carnaval, preferi investir no asfaltamento de ruas e na limpeza e roçagem de áreas públicas para eliminar criatórios do mosquito Aedes aegypti e evitar surtos de dengue, zika, chikungunya e outras epidemias”, declarou o prefeito Dutra.

Apesar da limpeza realizada ao longo de todo o ano passado, durante os Mutirões da Limpeza, com o início do inverno este ano o mato voltou a crescer rapidamente, deixando as áreas públicas sujas e propensas a se tornarem focos de doenças.

Acompanhe o vídeo

Vistorias do Jardim Primavera II estão sendo refeitas.

Prosseguem as assinaturas dos contratos dos 880 imóveis do Residencial Jardim Primavera II, empreendimento do Programa Minha Casa, Minha Vida, em Iguaíba, Paço do Lumiar. A assinatura teve início esta semana e está ocorrendo na Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (Semdes), em sua nova sede administrativa, na Estrada de Ribamar, nº 15, na Vila Nazaré. O edital de convocação n° 02/2018/Semdes foi publicado no site da Prefeitura 

A Prefeitura de Paço do Lumiar, por meio da Semdes, está auxiliando o Banco do Brasil no processo. A assinatura dos contratos ocorrerá até o dia 19 de fevereiro. A ordem obedece ao mesmo cronograma de quadras da vistoria para não haver aglomeração ou filas longas (ver cronograma no final do texto). A previsão é de que a entrega das chaves – cuja data é definida pelo Ministério das Cidades – ocorra ainda este mês.

Os beneficiários casados ou em situação de união estável devem comparecer com os cônjuges ou companheiros. Todos devem ter em mãos a Carteira de Identidade e o CPF. Os sorteados que não comparecerem terão 15 dias após o término dos prazos do cronograma, de 20 de fevereiro a 6 de março, para assinarem os contratos junto ao setor do Programa Minha Casa, Minha Vida na Semdes.

O secretário municipal de Desenvolvimento Social, Nauber Braga, chama a atenção dos contemplados para que atentem ao prazo, pois o não comparecimento implicará na perda automática do direito à unidade habitacional, com posterior substituição do contemplado ausente. “Não é interesse da Prefeitura, nem do Banco do Brasil, e muito menos do Ministério das Cidades deixar os contemplados sem seu imóvel, mas o não comparecimento significa desistência e será chamada a lista excedente”, explica o secretário Nauber Braga.

CRONOGRAMA DE ASSINATURA DE CONTRATOS DO JARDIM PRIMAVERA II
  • 05 de fevereiro – Quadra 6
  • 06 de fevereiro – Quadra 7
  • 07 de fevereiro – Quadras 8 e 12
  • 08 de fevereiro – Quadra 13
  • 09 de fevereiro – Quadra 17
  • 15 de fevereiro – Quadra 18
  • 16 de fevereiro – Quadra 19
  • 19 de fevereiro – Quadras 14 e 2A
  • 20 de fevereiro a 06 de março – remanescentes

quarta-feira, 7 de fevereiro de 2018

Prefeito Domingos Dutra não realizará carnaval, dinheiro será usado em infraestrutura e saúde.

A Prefeitura de Paço do Lumiar não realizará festa de Carnaval este ano no município. A informação foi dada nesta terça-feira, 6, pelo prefeito Domingos Dutra (PCdoB). “Diante da crise, temos de fazer escolhas. Por isso, em vez de gastar R$ 500 mil no Carnaval, preferi investir esses recursos na infraestrutura da cidade, na limpeza das áreas públicas e na saúde”, explicou Dutra.

Assim, os recursos que seriam gastos em atrações para quatro dias de folia no município serão empregados no asfaltamento de ruas, na limpeza de avenidas, terrenos e áreas públicas, onde o mato cresceu com as chuvas, e também para equipar três unidades básicas de saúde que serão entregues à população nos próximos meses.

Sei que o Carnaval é importante porque valoriza a cultura, mantém as tradições e gera emprego e renda para trabalhadores autônomos. No entanto, o mesmo cidadão que se diverte no Carnaval, no dia seguinte está pedindo ruas asfaltadas, postos de saúde, cidade limpa. Como os recursos estão escassos, optamos por não fazer o Carnaval e investir mais na cidade e na saúde da população”, reiterou o prefeito Domingos Dutra.

Vale destacar que no mês passado foi realizada a festa do aniversário de 57 anos de emancipação política da cidade, a maior já feita por uma gestão no município de Paço do Lumiar, que teve com ponto alto um show da banda de forró Calcinha Preta, na Praça do Viva Maiobão, reunindo mais de 15 mil pessoas. Também é de se ressaltar que, enquanto a maioria dos municípios maranhenses está com a folha salarial em atraso, Paço do Lumiar mantém o pagamento em dia, tanto de ativos, quanto inativos e terceirizados.

Apesar de estarmos com as contas em dia, recebemos uma herança maldita, um município com a sua infraestrutura totalmente destruída, tanto nos conjuntos habitacionais, quanto das ocupações antigas, e, mais grave ainda, nas dezenas de ocupações recentes. Serão necessários vários anos e muito trabalho para fazer tudo o que é necessário”, observou o prefeito Dutra.

DÍVIDAS PARCELADAS

O prefeito Domingos Dutra destaca o esforço que vem sendo feito pela gestão municipal, principalmente pela Secretaria de Administração, Planejamento e Fazenda, para deixar as contas em dia. Um dos principais entraves enfrentados desde o início da gestão e que tem impedido mais obras e investimentos em benefício da população de Paço do Lumiar é uma dívida de R$ 30 milhões, contraída por prefeitos anteriores que a atual gestão teve de negociar e parcelar. “Essas parcelas somadas chegam a R$ 300 mil mensais. Este valor daria para recapear seis ruas por mês”, compara o prefeito Dutra.

As principais dívidas herdadas pelo prefeito Dutra: R$ 27 milhões, dívida deixada pelo ex-prefeito Josemar Sobreiro no Instituto de Previdência Social dos Servidores Públicos do Município de Paço do Lumiar (PrevPaço), que foi dividida em 200 prestações de R$ 146 mil; cerca de quase R$ 3 milhões em precatórios (quando um cidadão ou uma empresa ganha um processo judicial contra o Estado e tem direito a indenização, o pagamento do valor devido é feito por meio dos chamados precatórios), deixados por gestões anteriores, parcelados em 18 prestações de R$ 136 mil, e quase R$ 2 milhões em dívidas com o INSS de gestões passadas.

Há ainda uma dívida no INSS em torno de R$ 25 milhões herdada de gestões passadas, da ex-prefeita Bia Aroso, do ex-vereador Alderico Campos e do ex-prefeito Josemar, que está sendo discutida na Justiça Federal”, acrescentou o prefeito Dutra.

Prefeita Talita Laci, está na mira do Ministério Público.

Promotoria abriu inquérito para investigar compra de caixões, e locação de equipamentos para a promoção de eventos. Contratos ultrapassam R$ 2 milhões


O Ministério Público (MP) do Maranhão instaurou inquérito civil para apurar suposta improbidade administrativa da prefeita de Raposa, Talita Laci (PCdoB), na contratação de empresa especializada para o fornecimento de urnas mortuárias e serviços translados funerais para atender a população, em situação de vulnerabilidade, do município.

As investigações foram abertas, no dia 29 de janeiro último, pelo promotor de Justiça Reinaldo Campos Castro Júnior, da Promotoria de Justiça de Raposa.

Além dos caixões, também é alvo do inquérito o processo licitatório para aquisições de serviços especializados de locação de equipamentos, estruturas e materiais para a promoção de eventos, do qual resultou o total de R$ 1.833.078,00.

Das urnas funerárias, o valor do contrato foi de R$ 170.300,00.

Por requisição do Parquet, a prefeita de Raposa tem o prazo de 10 dias para encaminhar à Promotoria cópia integral dos autos dos dois processos que resultaram nas contratações alvo de investigação.

Governo e prefeitura iniciam a construção da estrada vicinal da fazendinha, em Paço do Lumiar.

Começaram na tarde desta sexta-feira, 2, os trabalhos de recuperação da estrada vicinal da Fazendinha, em Iguaíba, Paço do Lumiar. A obra é uma parceria entre o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social (Sedes), com a Prefeitura de Paço do Lumiar. O prefeito de Paço do Lumiar, Domingos Dutra, e o secretário de Estado de Desenvolvimento Social, Neto Evangelista, participaram de uma rápida cerimônia de início dos trabalhos das máquinas no local. Também presentes a vice-prefeita Maria Paula Azevedo, secretários municipais, vereadores de Paço, servidores da Sedes, da Prefeitura e moradores da região.


Serão cerca de 10 km de estrada, que vão ligar Iguaíba a Mojó, passando pela região da Fazendinha, grande produtora de coco d’água. A estrada receberá serviços de terraplenagem e piçarramento para melhorar o acesso dos moradores, a acessibilidade das crianças da região até a escola e também o escoamento agrícola da área, principalmente dos cocos d’água, os melhores da região e que abastecem quase toda a Ilha. "Nesta área há cerca de 100 mil coqueiros que produzem o melhor coco d'água do Maranhão e os produtores e moradores tinham muita dificuldade de escoamento e de acesso. Agora vamos acabar com esse sofrimento", afirmou o prefeito Dutra.

Dutra lembrou que os municípios precisam do apoio do Governo do Estado, principalmente Paço do Lumiar, que, segundo ele, tem um acúmulo de problemas gerado pela inércia das gestões municipais nos últimos anos. “Graças a Deus temos tido parcerias com o Governo do Estado, com deputados estaduais e federais e com a iniciativa privada também. Hoje celebramos mais uma dessas parcerias”, afirmou o prefeito. “E o governador Flávio que me aguente, pois eu vou continuar pedindo”, acrescentou o prefeito, em tom de brincadeira.

COMPROMISSO

O secretário Neto Evangelista afirmou que estava ali cumprindo um compromisso. “Estamos hoje aqui representando o governador Flávio Dino e cumprindo um compromisso com o prefeito Domingos Dutra e com os produtores rurais da região, que é de garantir o escoamento da produção”, afirmou. “Assumimos esse compromisso no mês passado quando aqui estivemos conversando com os produtores e assinando a ordem de serviço para a total recuperação da Estrada da Fazendinha”, acrescentou.

O secretário observou ainda que, além dos produtores de coco e dos moradores da região, a estrada ligando Iguaíba a Mojó ajudará também no acesso a uma das maiores comunidades terapêuticas existente na região. Neto Evangelista destacou ainda o papel importante do prefeito Dutra para a viabilização da Estrada da Fazendinha. "O Dutra tem influência e é irreverente. Estas características facilitam para ele conseguir trazer obras para Paço do Lumiar. O governador Flávio Dino vai continuar a ser parceiro desta gestão", ressaltou Evangelista.

QUALIDADE

O secretário municipal de Infraestrutura, Pádua Nazareno, fez questão de destacar a qualidade do serviço que está sendo feito na estrada. “É um trabalho de implantação. Não será só limpeza e raspagem da via. Serão feitas a base e a sub-base e revestimento primário de qualidade, com drenagem superficial, que suportará o período invernoso”, explicou.

As melhorias na Estrada da Fazendinha eram um desejo antigo dos moradores, que todos os anos faziam uma “vaquinha”, para deixar a via transitável. O representante dos produtores rurais de Iguaíba, Américo Azevedo, afirmou que este ano não vai preciso ter esse gasto. “Pela primeira um gestor ouviu nossos apelos, estou muito satisfeito com esta conquista que beneficiará todos na comunidade", acrescentou Américo Azevedo.

A Estrada da Fazendinha vai facilitar o escoamento da produção de coco d’água da região de Iguaíba e permitir que eles cheguem mais rapidamente aos centros consumidores, o que vai ajudar na comercialização. Hoje o coco da região compete com produtos vindos do Ceará, Pará, Bahia e Piauí. A estrada também vai facilitar o escoamento da produção de peixes e mariscos do porto de Mojó.

Unidade Básica de Saúde da safira é inaugurada e começa a funcionar.

A Unidade Básica de Saúde do bairro Safira, inaugurada no dia 13 de janeiro, está passando por serviços de adaptação da rede elétrica para poder funcionar adequadamente a partir desta quarta-feira, 31 de janeiro. A informação foi dada pela Prefeitura de Paço do Lumiar, por meio da Secretaria Municipal de Saúde. O secretário-adjunto de Saúde, Elizeu Costa, que acompanhou os serviços, confirmou que tudo está sendo feito para que a unidade possa atender a população a partir desta quarta. A construção da UBS Safira data de 2013. Mas foi somente cinco anos depois, na gestão do prefeito Domingos Dutra, que a unidade foi equipada e pode ser inaugurada.

Desde a inauguração da unidade, como parte das comemorações do aniversário de 57 anos de emancipação política de Paço do Lumiar, a Prefeitura havia solicitado a adequação do sistema elétrico monofásico para trifásico à Companhia Energética do Maranhão (Cemar). Sem este serviço, seria impossível o funcionamento de aparelhos da unidade e do ar-condicionado. A empresa então solicitou um prazo de 15 dias úteis para o atendimento, prazo este que ainda estava correndo.

A UBS Safira é destinada ao atendimento dos moradores das comunidades Safira, Morada Nova, Residencial Samantha e Lima Verde. A unidade antes funcionava na Rua 6, no bairro Morada Nova, e passou a ocupar um imóvel mais amplo e moderno na Avenida 20 do Residencial Safira, oferecendo mais conforto aos pacientes e funcionários, além de acessibilidade às pessoas com deficiência.

O novo imóvel tem uma ampla recepção, consultórios médico, de enfermagem e odontológico, além de salas de vacina, farmácia e curativo. O prédio recebeu aparelhos de ar-condicionado e novos móveis e equipamentos, como macas, balanças, armários e computadores. A obra e mobília tiveram investimentos de R$ 408 mil da Prefeitura.

quinta-feira, 1 de fevereiro de 2018

Prefeitura de Paço do Lumiar inicia a pavimentação de 18 ruas do Maiobão.

A semana teve início com a movimentação intensa de máquinas nas Ruas 10, 15 e 19 do bairro Maiobão, entre as Avenidas 13 e 14. É que a Prefeitura de Paço do Lumiar começou na Rua 19, desde a última sexta-feira, 26, os trabalhos de preparação do solo para o asfaltamento de 18 ruas no bairro. As máquinas estão fazendo raspagem, nivelamento, compactação e colocando o piche. A aplicação do asfalto deve ter início nesta quarta-feira. O prefeito Domingos Dutra (PCdoB) vistoriou os trabalhos e conversou com moradores.

É com muita satisfação que iniciamos o trabalho de recuperação dessas 18 vias entre as avenidas 13 e 14 do Maiobão. Elas foram escolhidas em função das mudanças no trânsito nas duas avenidas, que transformarão algumas delas em acesso para o contorno de quadra”, afirmou o prefeito.

As mudanças às quais o prefeito se refere são as decorrentes das obras de urbanização feitas na MA-201 pelo Governo do Estado para melhorar o trânsito no local. Elas vão tornar a Avenida 13 de mão única desde a MA até o Caic Maiobão, e a Avenida 14 também de mão única, no sentido inverso, desde a Avenida 1 até a MA, para dar maior fluidez ao trânsito. Todas as ruas e avenidas, graças à municipalização do trânsito de Paço do Lumiar, serão sinalizadas para disciplinar o tráfego e evitar acidentes.

RITMO ACELERADO

As obras de preparação das ruas para receber o asfalto seguem em ritmo acelerado. Os serviços estão sendo feitos com recursos próprios da Prefeitura. “Eu sei que a infraestrutura de Paço do Lumiar está destruída. Vão ser necessários tempo e muitos recursos para recuperar todas as ruas, avenidas, becos e estradas que estão danificadas, que foram destruídas por falta de cuidado e manutenção ao longo de mais de três décadas”, observou o prefeito Dutra.

Em conversa com alguns moradores da área, Dutra explicou que a Prefeitura está fazendo o que é possível. “Iniciamos o asfaltamento de algumas ruas em parceria com o Governo do Estado, e agora com recursos próprios. São cerca de 20 ruas que esperamos recapear e reconstruir. Vamos torcer para que as chuvas não atrapalhem”, afirmou o prefeito.

Ruas do Maiobão que serão recuperadas neste primeiro momento pela Prefeitura: 06, 10, 15, 19, 23, 26, 29, 36, 39, 42, 44, 47, 49, 50, 53, 54, 81, 83 e 108.

Homem é assassinado por espancamento no Iguaíba.

A polícia ainda ontem estava tentando identificar os principais suspeitos do assassinato de William Pinheiro Pereira, de 28 anos, e da tentativa de homicídio do cunhado da vítima, identificado apenas como Felipe, ocorridos durante a noite de terça-feira, 30, na avenida principal do Iguaíba, em Paço do Lumiar. Segundo a polícia, cerca de 20 pessoas revoltadas teriam participado dessa ação criminosa.

Há possibilidade de a ação ter sido motivada pelo fato de William Pereira ter espiado mulheres despidas que tomavam banho no quintal de suas casas. Esse foi o primeiro linchamento deste ano, mas nos dois primeiros meses do ano passado seis pessoas foram mortas por esse tipo de crime na Região Metropolitana de São Luís.

A polícia está colhendo as informações sobre o caso e ainda é cedo para definir de fato a motivação desse crime”, disse o delegado George Marques, chefe do Departamento de Homicídios da Capital da Superintendência Estadual de Homicídios e Proteção a Pessoas (SHPP). Ele explicou que há informação de que William Pereira teria espiado as vizinhas despidas e isso revoltou os moradores.

Na noite de terça-feira, William Pereira e o seu cunhado ao transitarem pela avenida principal do Iguaíba foram linchados por populares exaltados. No decorrer das agressões, William Pereira foi alvejado na cabeça e no braço esquerdo, além de sofrer fraturas na cabeça ocasionadas por tijolos. Ele morreu no local, enquanto a outra vítima foi levada para um hospital, na Ilha.

Ainda segundo o delegado, o caso está sendo investigado pelo delegado Felipe César, responsável pelos assassinatos da área norte da Ilha. A polícia também está esperando colher o depoimento da vítima, que está hospitalizada, para obter mais informações sobre o caso. “Precisamos conversar com Felipe, que vai contribuir muito com a investigação desse crime. Por meio dele esperamos identificar alguns suspeitos”, explicou o delegado.