quinta-feira, 2 de novembro de 2017

Padrasto é o principal suspeito do desaparecimento da menina Alanna Ludmila; ele está foragido.




Na manhã desta quinta-feira (02), o Comandante do Corpo de Bombeiros do Maranhão divulgou a informação de que o padrasto de Alanna Ludmila, de 10 anos, passa a ser o maior suspeito do desaparecimento da menina. Ele foi identificado como Robert Serejo Oliveira e está foragido desde às 4h30 da madrugada de hoje.

A foto que estou divulgado é do padrasto da menina Alanna. Ele está foragido desde as 4h30 de hoje. Ele passa à condição de suspeito e de foragido. Peço que repliquem a foto nos grupos a fim de que o máximo de pessoas possam ter conhecimento da foto desse elemento e nos ajudem com informações”, disse o comandante.

Ainda pela madrugada, o jornalista Gilberto Lima  entrou em contato com uma pessoa da família que havia informado que o padrasto chegou a ser ouvido, mas negou participação no desaparecimento de Alanna.

Há poucos instantes, circulou nas redes sociais a informação de que a menor havia sido encontrada por policiais do GTA, mas uma prima da garota afirma que não se trata de Alanna.

A menina está desaparecida de seus residência desde a tarde desta quarta-feira (01). A mãe acredita que menina foi levada por alguém conhecido, pois jamais ela abriria a porta para um estranho. A mãe havia saído para uma entrevista de emprego, mas deixou uma chave reserva em casa.

Estamos acompanhando o caso de perto e voltaremos com mais informações a qualquer momento.

Nenhum comentário:

Postar um comentário