quinta-feira, 22 de junho de 2017

Obra na estrada de Ribamar causa transtorno.

Trabalhos fazem parte restruturação da MA-201 (Forquilha-Ribamar)e MA-202 (Forquilha-Mocajituba)


Com a obra, veículos estão trafegando apenas por um lado da via e há desvios (Foto: Biné Morais / O ESTADO)
Motoristas que trafegam pela MA-201 (Estrada de Ribamar) reclamam dos transtornos causados por uma obra pública que está sendo realizada no local. Por causa do serviço, o trânsito fica engarrafado na área, já que em um trecho da via uma das pistas está sendo usada como mão-dupla. Os trabalhos fazem parte das obras de restauração da MA-201 (Forquilha/São José de Ribamar) e MA-202 (Forquilha/Mocajituba).

Segundo o Governo do Estado, as obras de restauração da MA-201 (Forquilha/São José de Ribamar) e MA-202 (Forquilha/Mocajituba) estão em sua reta final. O investimento de R$ 11 milhões faz parte do pacote do Governo do Maranhão para melhorar a trafegabilidade urbana da Região Metropolitana de São Luís, para garantir um fluxo seguro e mais rápido aos milhares de maranhenses que precisam cotidianamente utilizar estas rodovias.

O pacote de ações contempla os serviços de revitalização do canteiro central, serviços de drenagem, reconstrução das sarjetas, valetas, canaletas e meios-fios. São realizados ainda os serviços de manutenção da sinalização horizontal, vertical e lateral, incluindo tachas, tachões reflexivos, balizadores, marcadores de perigo e delimitadores. Ao todo, estão sendo recuperados 26,7 KM de estrada.

Por causa dos serviços, em um trecho próximo ao Lima Verde a pista de tráfego no sentido Maiobão está sendo usada para o trânsito de mão dupla, enquanto a pista do sentido Forquilha está recebendo serviços de recuperação asfáltica. Com apenas uma via sendo usada, o tráfego fica lento e os condutores irritados.

José Ribeiro de Moraes, que mora no Maiobão e precisa passar pelo local diariamente, disse que precisa sair de casa uma hora mais cedo para não se atrasar . “Eu entendo que é um transtorno que vai gerar benefícios, mas a obra poderia ser feita mais rápido. Pelo menos estão trabalharam no feriado para adiantar. Mas é irritante passar quase 30 minutos para percorrer um trecho pequeno”, afirma.

Quem também não gosta de perder tempo passando pelo local é Aníbal Ferreira. “Se eu pudesse, faria outro percurso, mas não tenho opção. O jeito é esperar que a obra seja concluída dentro do prazo e que melhore mesmo o tráfego na área. Passar por aqui é muito estressante sempre”, comentou.

Saiba Mais
As obras de intervenção geométrica no trânsito na região da Forquilha também está em sua fase final. Com 15 mil metros quadrados de extensão e investimentos de R$ 8,5 milhões do Governo do Maranhão, as obras realizadas na Forquilha, com a parceria da Prefeitura de São Luís, vão modificar todo o trânsito da área e terão impacto direto para mais de 20 bairros na capital e nos vizinhos Paço do Lumiar e São José de Ribamar. Além de obras estruturantes de drenagem e pavimentação, as intervenções incluem a eliminação de históricos pontos de conflito nas Avenidas Guajajaras, Estradas de Ribamar (MA-201) e Maioba (MA-202), e no Planalto Anil. No momento, a Sinfra está fazendo novo retorno na Guajajaras e paralelo a isso instalando a sinalização vertical e horizontal do cruzamento. O prazo para entrega é na primeira quinzena de junho.

Nenhum comentário:

Postar um comentário