quarta-feira, 31 de maio de 2017

Delegado da Polícia Federal que investigava acidente que matou Teori Zavascki é assassinado em Florianópolis.

Uma das vítimas abriu inquérito de investigação do acidente aéreo que causou a morte do ministro Teori Zavascki, relator da Lava Jato

Dois delegados da Polícia Federal (PF) foram mortos a tiros em Florianópolis na madrugada desta quarta-feira (31) em uma casa noturna. Uma terceira pessoa também foi baleada. De acordo com a PF, as vítimas trabalhavam no estado do Rio de Janeiro.

Adriano Antonio Soares era delegado chefe da Polícia Federal em Angra dos Reis e abriu o inquérito para investigar o acidente aéreo que causou a morte do ministro Teori Zavascki, relator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF). Já Elias Escobar atuava em Niterói.

Em nota, a Polícia Federal lamentou a morte dos policiais e esclareceu que o inquérito que apura o acidente envolvendo a morte de Teori encontra-se em Brasília, presidido por outro delegado, e apenas foi registrado em Angra dos Reis, local do fato.

Briga em casa noturna
Os policiais estavam em uma casa noturna na rua Fúlvio Aducci, no bairro Estreito, região continental da capital catarinense. De acordo com a Polícia Federal, ocorreu um desentendimento entre frequentadores e tiroteio por volta das 2h. Os policiais federais não estavam em serviço.

Um dos policiais teria morrido no local e outro no hospital. A terceira pessoa baleada seria um dos envolvidos no desentendimento e até o início da manhã desta quarta-feira estava internada e não teve a identidade divulgada.

De acordo com a Polícia Militar, por volta das 5h30, um veículo teria passado em frente a unidade de saúde atirando. Ninguém se feriu nesta segunda ocorrência.

Investigação
O caso está sendo investigado pela Delegacia de Homicídios da Polícia Civil, com apoio da Polícia Federal. Ao menos outros dois homens estariam envolvidos na briga. Nenhum suspeito foi detido. O motivo da discussão na casa noturna ainda não foi informado.

Segundo a PF, as vítimas estavam em Florianópolis participando de um curso.

Nota da Polícia Federal

A Polícia Federal lamenta a morte de dois delegados, ocorrida na madrugada de hoje (31/05) em Florianópolis/SC. Os dois atuavam em Angra dos Reis e Niterói, respectivamente, e estavam na cidade participando de uma capacitação interna. O falecimento dos policiais decorreu de uma troca de tiros em um estabelecimento na capital catarinense. Neste momento de imensa tristeza, a Polícia Federal expressa suas condolências e solidariedade aos familiares e amigos enlutados. Sobre informações que relacionam um dos policiais mortos à investigação do acidente aéreo que vitimou o ex-ministro do Supremo Tribunal Federal, Teori Zavascki, a PF esclarece que o inquérito que apura o caso encontra-se em Brasília/DF, presidido por outro delegado, e apenas foi registrado em Angra dos Reis, local do fato.

Acompanhe o vídeo

terça-feira, 30 de maio de 2017

Prefeito Domingos Dutra participa de Encontro de Vereadores e Vereadoras do Maranhão.

Domingos Dutra acompanhados de alguns edis prestigiaram o evento, no Multicenter Sebrae
O prefeito de Paço do Lumiar, Domingos Dutra (PCdoB), participou nesta terça-feira (30) do Encontro com Vereadores e Vereadoras do Maranhão, no Centro de Convenções Pedro Neiva, no Multicenter Sebrae, em São Luís. Promovido pelo governo estadual, o evento traz o tema ‘Cidades com desenvolvimento econômico, social e ambiental’.

Este evento é muito importante para que os legisladores municipais de todo o Maranhão possam trocar experiências e estreitar laços com o Governo do Estado. O governador Flávio Dino demonstra respeito e valorização pelos vereadores ao realizar um evento como este”, assinalou o prefeito Dutra, que estava acompanhado por vereadores de Paço do Lumiar. Para o vereador Wellington Sousa, de Paço, o encontro é uma “ação que valoriza e fortalece as Câmaras Municipais”.

Na programação, stands com exposições, apresentações de cases de sucesso e debates sobre programas e ações desenvolvidos nos municípios. Entre os assuntos abordados, destaque para gestão ambiental e de recursos hídricos e informações sobre prestação de contas nos municípios.

Prefeito Domingos Dutra executa força-tarefa para garantir mobilidade urbana, em Paço.

Máquina melhora tráfego na Avenida 01 do bairro do Tambaú
Mesmo enfrentando um dos invernos mais intensos dos últimos anos, aliado ao contingenciamento econômico-financeiro do país e ao caos herdado das gestões anteriores, a Prefeitura de Paço do Lumiar, por meio da Secretaria Municipal de Infraestrutura, com o apoio do Governo do Estado, vem realizando uma força-tarefa de manutenção nas vias estruturantes e corredores de ônibus do Município.

As frentes de trabalho se instalaram em vários pontos da cidade. Na comunidade do Alto do Paranã, a Rua Orquídea, que estava tomada por mato e lixo, foi recuperada com a raspagem de todo seu curso e a colocação de piçarra, principalmente nos locais mais desgastados. Na sequência as máquinas passaram pela rua 2, no loteamento Paranã, onde a via estava tomada por crateras, seguindo pela Rua "E" do Residencial Cordeiro, que estava alagada, e finalizando na Rua Anajatuba, no Jardim Paranã, onde um lamaçal impedia até mesmo a circulação de pedestres.

Além disso, a prefeitura intensificou o serviço de melhoria do meio-fio no bairro Tambaú e também vem recuperando ruas e avenidas que já não existiam mais, como a Avenida 3, que dá acesso à Estrada de Ribamar (MA-201), que há muitos anos havia deixado de ser usada por falta de infraestrutura.

"Eu fico muito feliz em ver esse trabalho. Aqui é ruim até pra gente sair de casa. Fazia muitos anos que essa rua se encontrava em total abandono. Finalmente um prefeito olhou por nós" afirmou o morador do Jardim Paranã, Júlio Diniz.

Tapa-Buracos

No Iguaíba, no Maiobão e no Sítio Grande uma operação tapa-buracos tem garantido melhor fluidez no trânsito. Lá, as principais avenidas, que são corredores do transporte público, aos poucos estão sendo recuperadas.

Homens realizando operação tapa-buracos na avenida principal, do bairro do Iguíba
"O Município inteiro foi drasticamente prejudicado pelo abandono de 35 anos. Parece que saímos de uma guerra, está tudo destruído. Mas, na medida do possível, estamos realizando ações visando garantir melhor qualidade de vida ao povo luminense. Aos poucos chegaremos lá e vai dar tudo certo", garantiu o prefeito Domingos Dutra.

segunda-feira, 29 de maio de 2017

Rodoviários decidem pela paralisação dos ônibus em São Luís.

Trabalhadores chegam a decisão, após duas assembleias, sobre paralisação na próxima segunda-feira, caso não aconteça avanço nas negociações


Após as duas assembleias realizadas nesta segunda-feira (29), na sede da entidade, os Rodoviários decidiram pela deflagração do movimento grevista. Caso, a situação permaneça como está, ou seja, sem nenhum avanço nas negociações, a paralisação do transporte público de São Luís acontecerá na próxima segunda-feira (5).

Diante do posicionamento da categoria, que votou igualmente nas duas Assembléias, o Sindicato dos Rodoviários, comunicará oficialmente à justiça, nesta terça-feira (30), sobre a decisão. A partir de então, começará a contar o prazo de 72 horas, que termina na sexta-feira (2). Com isso, os empresários ganharão mais dois dias, no caso o sábado e domingo, para apresentar novas contrapropostas. Se mesmo assim as negociações não avançarem, não resta alternativa, que não seja partir para a greve.

O Sindicato dos Rodoviários exige, entre outros itens, reajuste salarial de 13% e aumento do ticket alimentação dos atuais R$ 490,00 para R$ 650,00, para os trabalhadores que atuam no setor urbano. Até agora, a única contraproposta oferecida pelos patrões, é de reajustar o salário dos trabalhadores em 2,5%. O Sindicato dos Rodoviários do Maranhão entende que essa oferta dos empresários, é vergonhosa e não cobre nem as perdas inflacionárias, no decorrer do último ano.

Mantemos firmemente, a nossa postura. Não podemos aceitar essa proposta. Todos os anos, os patrões insistem em nos enrolar, prolongando as discussões, sem que nenhum acordo seja definido. Companheiros é preciso ressaltar, que mesmo que demore, para sacramentar a nova Convenção Coletiva de Trabalho, não sairemos prejudicados. Os empresários terão que pagar o retroativo. Essa é uma garantia nossa e não abriremos mão, assim também, como não vamos concordar com um reajuste desses. Os patrões só lucram e não seremos nós, os prejudicados. Sem acordo, vamos deflagrar sim, a greve do transporte público em São Luís”, enfatiza Isaias Castelo Branco, Presidente do Sindicato dos Rodoviários do Maranhão.

Vídeo! Movimento pela legalização da maconha leva jovens às ruas no bairro do Cohactrac, em São Luís.

Grupo se concentrou na tarde deste sábado (28), no bairro do Cohactrac, em São Luís. Ato quer a liberação da erva para consumo e uso medicinal

O Movimentou percorreu às ruas do bairro do Cohactrac

Um ato em favor da legalização da maconha no país reuniu jovens na tarde deste sábado (28) na bairro do Cohactrac, em são luís. Intitulado "Marcha da Maconha", o movimento pede a liberação da erva para consumo e para uso medicinal.

Os manifestantes usaram cartazes, faixas e máscaras para reforçar o apoio à descriminalização do consumo. Os integrantes falam em uso consciente, e dizem que a erva não tem relação com a violência ou dependência.

Acompanhe o vídeo

Plantão do Maiobão registra caso de estupro de criança de 5 anos.

Caso foi registrado no Plantão do Maiobão. De acordo com a ocorrência, a avó paterna da vítima verificou ferimentos no órgão sexual da criança


Uma menor de apenas cinco anos de idade foi vítima de estupro no município maranhense de Icatu – distante 108 quilômetros da capital São Luís. O caso foi registrado no Plantão do Maiobão. De acordo com a ocorrência, a avó paterna da vítima verificou ferimentos no órgão sexual da criança.

A polícia, até a tarde deste domingo (28), ainda não tinha informações sobre o autor do fato. A suspeita é que tenha sido alguém da família da vítima. O caso será apurado.

Ainda de acordo com a ocorrência, o caso teria ocorrido na Rua dos Papagaios, povoado Prainha, em Icatu. O caso aconteceu ainda na sexta-feira (26), no entanto, somente no domingo (28) a polícia tomou conhecimento do fato.

domingo, 28 de maio de 2017

Programa Maranhão Rural destaca a agricultura familiar na comunidade da Pindoba, em Paço do Lumiar.

A agricultura familiar tem dinâmica e características distintas em comparação à agricultura não familiar. Nela, a gestão da propriedade é compartilhada pela família e a atividade produtiva agropecuária é a principal fonte geradora de renda. 

Além disso, o agricultor familiar tem uma relação particular com a terra, seu local de trabalho e moradia e assim vivem os produtores rurais do povoado Pindoba em Paço do Lumiar no Maranhão.

Acompanhe o vídeo

sábado, 27 de maio de 2017

Prefeitura de Paço realiza mutirão de limpeza no Maiobão.

Um grande mutirão de limpeza foi realizado neste sábado (27) na praça do CAIC Maiobão, na área da Unidade Integrada Poeta Gonçalves Dias. A ação da Prefeitura de Paço do Lumiar, com apoio do Governo do Estado, mobilizou desde as 8h dezenas de pessoas, entre trabalhadores, secretários municipais e a comunidade.

Houve capina e recolhimento de lixo em toda a área da praça e entorno. Todo o mato retirado será destinado à compostagem para o cultivo de hortaliças na área rural de Paço.

"Com o fim das chuvas intensas, a Prefeitura de Paço reiniciou os trabalhos de limpeza e manutenção de praças e áreas verdes da cidade. O primeiro mutirão foi realizado em janeiro e conseguimos acabar com os criadouros do mosquito Aedes aegypti. Agora queremos não só limpar, como embelezar a cidade", explicou o prefeito de Paço do Lumiar, Domingos Dutra (PCdoB), que participou ativamente das atividades, que se estenderam até o início da tarde.

O trabalho deve continuar nos próximos dias com a higienização, pinturas de guias, jardinagem, poda, reparos, retirada de vegetação das calçadas e varrição geral. A ação deverá atingir todas as comunidades, incluindo a zona rural.

"Vamos retirar muitas toneladas de lixo para elevar a autoestima da comunidade e estimular a população a fazer o mesmo, a limpar a sua calçada, recolher seu lixo e não sujar as ruas”, afirmou o prefeito Dutra.

Educação
Esse trabalho passa pela educação da população, como destacou o secretário de Educação de Paço, Fábio Rondon.
Ele lembrou que, para acabar com o descarte irregular de lixo e entulho pela população, está sendo iniciada uma campanha de conscientização em feiras, áreas próximas a supermercados e na comunidade em geral.

"Estamos mobilizando as pessoas para que nos ajudem a cuidar da cidade. Esta é também uma ação ambiental e educativa", reforçou o secretário de Educação.

sexta-feira, 26 de maio de 2017

Jovem é executado a tiros no conjunto Roseana Sarney, em Paço do Lumiar.

A Polícia Civil do bairro do Maiobão, deve instaurar inquérito policial para investigar mais um assassinato na região da Vila Cafeteira. Um jovem de aproximadamente 27 anos foi assassinado com vários tiros na noite desta quinta-feira (25) no conjunto Roseana Sarney, em Paço do Lumiar.

Até o momento não há qualquer informações sobre os autores do crime. Confirmado, até o momento, apenas a entrada do seu cadáver no Instituto Médico Legal, para ser submetido à necropsia e posteriormente liberado para sepultamento.

Informações de populares, dão conta que o crime ocorreu por volta das 22h30min, a vitima era conhecida como Moçoro, ninguém soube informar a motivação do crime.

Intervenção no retorno da Forquilha está em fase de conclusão.

As alterações modificam o trânsito da região num entorno de aproximadamente 15 mil metros quadrados

Está em fase de finalização as obras do novo desenho geométrico que modificará por completo o trânsito na antiga rotatória da Forquilha, na ramificação rodoviária de São Luís com municípios da região metropolitana. Com projeto da Prefeitura de São Luís, executado pelo Governo do Estado, a intervenção contribuirá para reduzir pontos de congestionamento nos principais corredores da cidade.

Com mais de 90% da obra concluída, o trecho trabalhado já está com toda a parte de drenagem profunda pronta, assim como os novos retornos, a divisão do fluxo de veículos, novo asfalto, construção de calçadas, meios-fios e sarjetas. Também já foram realizadas intervenções para drenagem e pavimentação da Avenida Guajajaras e, também, das rodovias MA-201 e MA-202, mais conhecidas como Estrada de Ribamar e Estrada da Maioba, respectivamente.

As alterações modificam o trânsito da região num entorno de aproximadamente 15 mil metros quadrados. Além das obras no retorno da Forquilha, outras importantes intervenções foram executadas para desafogar o trânsito na região. Entre elas estão as melhorias das condições de tráfego nas ruas dos bairros Forquilhinha e Cohab, que dão acesso à Avenida Jerônimo de Albuquerque, como Rua do Livramento, Rua 01, Avenida 08 e Rua 04, que já receberam serviços de drenagem e asfaltamento.

Devido à sua extensão, as obras da Forquilha ocorreram em diferentes fases, e, atualmente os trabalhadores estão concentrados na região da antiga rotatória até a Forquilhinha. Em alguns trechos já foram realizados, inclusive, serviços de sinalização horizontal. As mudanças terão impacto direto para mais de 20 bairros na capital e nos municípios vizinhos como Paço do Lumiar e São José de Ribamar.

Desde o início da gestão do prefeito Edivaldo, a Prefeitura realizou intervenções geométricas em pontos importantes como antiga rotatória do Bacanga e aeroporto, dando soluções definitivas à fluidez do trânsito. O projeto segue a linha de inteligência adotada na maioria dos países da Europa. São obras com custos menores e resultados satisfatórios”, explica o secretário da SMTT, Canindé Barros.

A mudança da geometria do tráfego na Forquilha integra o pacote dos projetos de intervenções apresentado pela Prefeitura de São Luís ao Governo do Estado que consiste na retirada de todas as rotatórias existentes na cidade, transformando-as em cruzamentos semafóricos. As mudanças previstas nesta parceria preveem obras desde a entrada da cidade, no Tirirical, até a Cohab.

As intervenções na Forquilha já agradam pedestres e motoristas que transitam pelo local, como o mototaxista Antônio José Rodrigues, 31 anos. “Mesmo com o trabalho em curso, já sentimos a diferença na melhoria do fluxo de veículos. Quando for concluída, então, é que vai ficar esse excelente. Há muito anos precisávamos dessas mudanças aqui”, observou ele.

Sinalização
Com a conclusão dos serviços de modificação da geometria, a SMTT está dando prosseguimento à sinalização horizontal, vertical e de grupos semafóricos. “No trecho da Avenida Jerônimo de Albuquerque já implantamos dois semáforos: em frente a Maternidade Benedito Leite (antigo hospital Unimed) e outro acionado com botoeira em frente ao Forno Quente. Isso vai facilitar a travessia do pedestre”, afirma o secretário. Ainda esta semana a SMTT conclui a parte da fiação para realizar os primeiros testes.

As modificações se iniciaram pelo Tirirical, concluída no ano passado. O congestionamento crônico no local é passado. A obra da rotatória da Forquilha é parte das três intervenções no corredor de seis quilômetros nas avenidas Guajajaras e Jerônimo de Albuquerque, compreendido entre o Tirirical e o terminal da integração da Cohab. As duas outras serão na rotatória do São Cristóvão e na entrada da avenida Lourenço Vieira da Silva, que dá acesso ao terminal.

Trânsito
No horário de pico, a Forquilha registra um volume de veículos que reúne mais de 11 mil veículos, fluindo nas convergências da rotatória em uma das áreas que mais cresce atualmente na cidade.

As duas alças, na Cohab e no bairro João de Deus, em posições quase simétricas na Guajajaras e Jerônimo de Albuquerque, permitirá contornos com total segurança para os condutores de veículos e, melhor, sem problema de congestionamento. “Com estas obras vamos retirar o ciclo de congestionamento que temos desde a saída da cidade até o retorno da Cohab”, afirma Barros.

Desde que foram iniciadas as intervenções nos principais corredores da cidade, o aumento da velocidade média no trânsito passou de 10 km/h para 30 km/h, próximo ao recomendado que é de 35 km/h. Isso tudo com redução a quase zero de ocorrência de acidentes com vítimas. Para o secretário da SMTT, a fluidez do trânsito deve considerar a segurança do pedestre, assim como do condutor.

Esta obra veio mesmo para resolver o problema dos engarrafamentos quilométricos que tínhamos aqui. As intervenções que estão realizando são muito inteligentes e vão beneficiar demais nossa vida no trânsito desse setor que é tão congestionado nos horários de pico”, relatou o taxista Ânderson Costa, 35 anos.
  • Mais de 90% dos serviços concluídos
  • 20 bairros beneficiados
  • São Luís, Paço do Lumiar e São José de Ribamar beneficados
  • 15 mil metros quadrados de área modificada

quarta-feira, 24 de maio de 2017

Prefeito Domingos Dutra assina projeto de lei que prevê a revisão dos limites territoriais da grande ilha.

O prefeito de Paço do Lumiar, Domingos Dutra (PCdoB ), assinou manhã desta segunda-feira(22), os três projetos de Lei que tratam da revisão cartográfica dos limites territoriais dos quatro municípios da Ilha, que abrange São Luís, São José de Ribamar, Paço do Lumiar e Raposa.

Assinaram também, os prefeitos de Raposa e São José de Ribamar, Luís Fernando e Talita Lacy, além do vice-prefeito de São Luís, Júlio Pinheiro, o presidente da Agência Metropolitana da grande ilha, Pedro Lucas Fernandes e os deputados estaduais, Cabo Campos, Bira do Pindaré e Wellington do Curso, membros da Comissão de Assuntos Municipais e de Desenvolvimento Regional da assembleia legislativa.

Essa proposição é fruto de um consenso progressivo, acordado com os quatro prefeitos da Ilha, que percorreram os municipios juntamente com IBGE e com o Instituto Maranhense de Estudos Socioeconômicos e Cartográficos levantando os limites. Esse acordo já possui, inclusive, homologação na Justiça Federal.

"Nós estamos fazendo história, os prefeitos da ilha, o IBGE, o IMESC, a assembleia legislativa e o governo do Estado. Depois de mais de 30 anos de conflitos, nós em tempo recorde produzidos um acordo,que vai beneficiar toda ilha. No momento em que definimos esses limites, nós definimos responsabilidade. Agora sabemos onde cada município começa e termina e assim poderemos atender as necessidades da população" destacou o prefeito Domingos Dutra.

O ato é um avanço considerável que vai resolver de forma clara e legal a situação que envolve o pertencimento, a organização e a gestão dos Municípios da grande ilha, acabando de vez com os problemas, relacionados à prestação dos serviços públicos que muitas vezes se tornam inacessíveis, deixando a comunidade sem saber a qual município recorrer. O ato vai acabar também com os casos de pessoas que recebem o boleto para pagamento do Imposto sobre a Propriedade Predial e Territorial Urbana (IPTU) de dois municípios distintos.

O prefeito de São José de Ribamar, Luís Fernando, destaca este momento, como uma grande Vitória de uma batalha antiga.

"Essa é uma luta antiga, iniciada ainda em 2006. E agora a gente ver uma evolução muito grande, sem precisar recorrer a justiça. Os municípios se uniram sobre a coordenação do Governo do Estado, através da Agência Metropolitana, a assembleia legislativa também está nos apoiando, a própria justiça Federal, ou seja, todo mundo atuando de forma integrada para resolver de uma vez esse problema. Sem sombra de dúvidas, essa é uma vitiria histórica" disse o prefeito de Ribamar.

Agora o projeto vai tramitar na assembleia legislativa, para aprovação dos deputados da casa, durante uma sessão que está prevista para acontecer o mais breve possível.

Acompanhe o vídeo

Manifestantes ateiam fogo e depredam ministérios após tumulto em marcha em Brasília.

Há fogo na sede da Agricultura. Minas, Planejamento, Fazenda e Turismo foram atacados

A área entre os ministérios da Justiça, dos Transportes e de Minas e Energia virou um campo de batalha na Esplanada dos Ministérios, com confronto entre a Polícia Militar e manifestantes, que atearam fogo ao menos no prédio do Ministério da Agricultura.

Os prédios do Ministério de Minas e Energia, do Planejamento, da Fazenda, do Turismo e o Museu da República, que ficam na Esplanada, foram depredados.

O presidente Michel Temer autorizou a autação das Forças Armadas na Esplanada dos Ministérios.

A Tropa de Choque da PM foi também acionada e entrou na sede do Ministério da Agricultura. O fogo atingiu ao menos o auditório onde ocorrem as entrevistas do ministro Blairo Maggi (PP-MS). Quadros da galeria de fotos de ex-ministros foram destruídos.

A Casa Civil da Presidência da República determinou a liberação de todos os funcionários que trabalham na Esplanada. Os prédios foram esvaziados.

Início do tumulto
A Secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal divulgou um boletim informando que quatro pessoas foram detidas pela polícia na manifestação que reúne cerca de 35 mil pessoas, segundo estimativas da Polícia Militar. De acordo com a Secretaria, o tumulto começou quando manifestantes tentaram invadir "o perímetro de segurança restrito previsto no Protocolo Integrado Tático (PrTI), mas foram contidos pela Polícia Militar, que usou progressivamente a força".

As detenções, ainda segundo a secretaria, foram por porte de entorpecentes e porte de arma branca. Os quatro foram encaminhados ao Departamento de Polícia Especializada (DPE).

A polícia soltou bombas contra os manifestantes, que participavam da marcha das centrais sindicais. A jornalista Gisele Oliveira, da TV Brasil, foi levada a um hospital com estilhaços de bombas na perna. Há também informações sobre um outro jornalista atingido no pé. O boletim policial informa que um dos manifestantes "ao tentar atingir um policial militar com um rojão, teve ferimento na mão devido à explosão". O ferido foi socorrido por outros manifestantes. O Corpo de Bombeiros fez até há pouco dois atendimentos, entre eles um policial.

Ministério da Fazenda
A Força Nacional de Segurança deslocou cerca de 400 homens para proteger o Ministério da Fazenda. A atuação da Força Nacional é requerida pela Secretaria de Segurança Pública da unidade federativa ao ministério da Justiça.

O prédio recebeu reforço na segurança depois que manifestantes tentaram invadir o local, quebrando vidros com paus e mastros de bandeiras. A área próxima à Fazenda agora está mais tranquila.

Oposição toma Mesa Diretora
Deputados da oposição subiram na Mesa Diretora do plenário da Câmara para pedir o encerramento da sessão. Opositores protestam contra a reação da polícia à manifestação. Parlamentares do PT, PDT, PSOL e Rede e ficaram ao lado do 2º vice-presidente da Câmara, deputado André Fufuca (PP-MA), que preside a sessão. Opositores gritam palavras de ordem contra o governo como "Fora Temer" e "O povo quer votar diretas já".

Deputados da base aliada reagiram com protesto contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. "Lula na cadeia", gritaram parlamentares da base. "Chama a segurança para tirar esses arruaceiros daí", disse o líder do PP, Arthur Lira (AL). Os deputados estavam em uma sessão de debates, mas está prevista na pauta da Casa para esta quarta a votação de MPs.alguns deputados.

terça-feira, 23 de maio de 2017

Mais uma audiência para retirada da empresa Odebrecht Ambiental é realizada, em São Luís.

Na manhã desta segunda-feira(22) foi realizado na Vara de Direitos Difusos e coletivos no Fórum Desembargador Sarney Costa, a primeira audiência de conciliação e colaboração entre a empresa Odebrecht e o consórcio intermunicipal pró- cidade, que tem como presidente o prefeito de Paço do Lumiar Domingos Dutra.

A audiência avaliou quatro processos paralelos, uma do PROCON que moveu uma ação contra a cobrança abusiva no valor do metrô cubido de água que chega em torno de R$:26,00, outra do Ministério Público Estadual, com uma ação que questiona a prestação de serviços da empresa, uma do Estado e por fim, a do consórcio intermunicipal, que optou por não mover uma nova ação, mas sim usar os processos já existentes, para que se tenha um resultado mais rápido, neste caso o consórcio se coloca sobre a falta de transparência na contratação da empresa Odebrecht.

Durante a audiência a Prefeitura de Paço do Lumiar através se seu advogados, pediu ao Juiz Douglas de Melo, que o consórcio possa atuar como um regulador do seu próprio processo, ou seja que o mesmo possa ser julgado de maneira isolada. O caso será julgado no próximo dia 7 de Agosto às 09:30h.

"Eu fiz questão de estar presente nessa primeira audiência, que é o primeiro passo para decidir se a Odebrecht fica ou não em Paço do Lumiar. Nós decidimos atuar junto com os outros processos já existentes, porque isso pode agilizar os resultados, o que nós queremos, é resolver de uma vez esse problema " disse o prefeito Domingos Dutra.

A defesa da empresa Odebrecht nao argumentou sobre a falta de transparência em seu contrato de 35 anos, mas justificou sua má prestação de serviços nas cidades de Paço do Lumiar e São José de Ribamar, argumentando que os Municípios que integram o consórcio, não repassaram o percentual do Fundo de Participação dos Municípios. Em contra partida a defesa das partes interessadas rebateu, garantindo que esse repasse não consta no contrato. A justiça deferiu um prazo de cinco dias para que através de perícia a Odebrecht prove que não recebeu esse repasse.

Acompanhe o vídeo

Vídeo! Ônibus escolar capota com mais de 45 crianças, em São José de Ribamar.

Testemunhas afirmam que o freio do ônibus já vinha falhando à algum tempo, e os pneus estavam totalmente carecas, o que pode ser a causa do acidente


Um ônibus escolar capotou no final da tarde de ontem (22), com aproximadamente 45 crianças, nas proximidades de Bom Jardim, na Zona Rural de São José de Ribamar.

O ônibus escolar, que foi contratado sem licitação pela Prefeitura de São José de Ribamar e é de propriedade de um aliado político do prefeito municipal, saiu da pista, próximo a uma curva por motivos a serem investigados.

Testemunhas afirmam que o freio do ônibus já vinha falhando à algum tempo, e os pneus estavam totalmente carecas.

O desespero tomou conta dos bairros adjacentes, e os pais das crianças estavam revoltados, pois já previam que o fato aconteceria, devido as péssimas condições do veículo. “Só permitia que meu filho entrasse naquele ônibus, porque é a única forma dele chegar na escola, mas as péssimas condições já avisava que a qualquer hora isso poderia acontecer, um descaso”, afirmou uma mãe de aluno.

Foi desesperador, achamos que íamos todos morrer, o ônibus vinha lotado com muita criança em pé e só ouvimos o freio e a zuada caindo no mato. De agora em diante, prefiro ir pra escola andando do que entrar num ônibus da prefeitura”, declarou uma estudante, ainda nervosa e ferida.

Muitas crianças ficaram feridas e foram socorridas por veículos que passaram pelo local.

De acordo com informações obtidas pelo blog Ribamais, lamentavelmente a Assessoria de Comunicação da Prefeitura articulou com sites e blogs locais para não divulgar a notícia.

Acompanhe o vídeo


domingo, 21 de maio de 2017

Facção explode muro do Complexo Penitenciário de Pedrinhas e 26 detentos fogem.

Explosão ocorreu pelo lado de fora, neste domingo (21), segundo informações a operação teria sido realizado pela facção criminosa Comando Vermelho

Por Diego Emir


Explosivos foram colocados na base das guaritas 3 e 4
O muro do Centro de Detenção Provisória (CDP) do Complexo Penitenciário de Pedrinhas foi derrubado mais uma vez na noite desse domingo (21). Explosivos foram colocados na base, entre as guaritas 3 e 4, o que provocou a queda da estrutura de alvenaria. A operação teria sido realizado pela facção criminosa Comando Vermelho. De acordo com as primeiras informações 26 presidiários conseguiram fugir da penitenciária.

Além dos que conseguiram fugir, outros foram mortos durante a explosão e na troca de tiros com os policiais militares. O clima é de total tensão no local.

Pelo menos sete detentos já teriam sido recapturados.



Aguarde mais informações!

sábado, 20 de maio de 2017

Criado grupo para fazer levantamento histórico de Paço do Lumiar.

A Prefeitura de Paço do Lumiar oficializou nesta sexta-feira (19) a criação de um grupo de trabalho para elaborar o memorial do município, tombar a Vila de Paço como patrimônio histórico e elaborar o projeto do Santuário de Nossa Senhora da Luz. A solenidade que formalizou a criação foi realizada na Igreja Nossa Senhora da Luz, na Vila de Paço. O grupo de trabalho será constituído por técnicos da prefeitura, Universidade Federal do Maranhão (UFMA), Universidade Estadual do Maranhão (Uema), Secretaria de Cultura do Estado, Agência Metropolitana e representantes da Arquidiocese de São Luís, Igreja Nossa Senhora da Luz e do Consulado de Portugal.

Durante a solenidade, o presidente da Comunidade Portuguesa no Maranhão, Júlio Moreira Gomes Filho, a reitora da UFMA, Nair Portela, e o prefeito de Paço do Lumiar, Domingos Dutra (PCdoB), destacaram a importância da parceria para viabilizar a pesquisa histórica e o projeto do santuário.

Agradecemos a todos os parceiros por terem acolhido a nossa ideia. Somos o quarto município mais antigo do Maranhão e a imagem de Nossa Senhora da Luz está aqui desde 1761, mas Paço do Lumiar está na invisibilidade. Este projeto vai incentivar o turismo religioso no nosso município e resgatar a história da Vila”, destacou o prefeito Dutra. O grupo de trabalho formalizado na solenidade definirá prazos e metas e formará equipes técnicas e de pesquisas para fazer o levantamento da história do município, da igreja e da santa padroeira de Paço. “É muito bom podermos nos juntar aos demais parceiros para ajudar nesse resgate histórico de Paço do Lumiar”, afirmou a reitora Nair Portela. 

Neste projeto, a Prefeitura de Paço conta com o apoio entusiasmado do Consulado de Portugal e da comunidade portuguesa no Maranhão. “Há uma rica história na Vila de Paço ainda desconhecida nos outros municípios da Região Metropolitana. Graças a esta iniciativa, todos poderão conhecê-la”, declarou o representante da comunidade portuguesa, Júlio Gomes Filho.

No santuário será criado um espaço de visitação, onde os fiéis vão poder conhecer mais um pouco da história da cidade e da sua padroeira. “Queremos colocar Paço no roteiro turístico religioso nacional e internacional, a exemplo da nossa vizinha cidade de São José de Ribamar”, reforçou o prefeito Domingos Dutra.

sexta-feira, 19 de maio de 2017

Caminhada exige o fim da exploração sexual contra crianças e adolescentes, em Paço do Lumiar.

Uma caminhada pelas principais ruas do bairro Maiobão no Município de Paço do Lumiar lembrou o Dia Nacional de Combate ao Abuso e a Exploração Sexual contra Crianças e Adolescentes, na manhã desta quinta-feira, 18.

Promovida pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, a caminhada contou com apoio da Secretaria Municipal de Educação e de entidades ligadas aos diretos da criança e adolescente como o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e Adolescente, Conselho Tutelar e Forum dos direitos da criança e do adolescente.

Saindo do Conselho Tutelar, a passeata que reuniu centenas de participantes percorreu as principais ruas e avenidas do bairro, encerrando na Praça do Viva Maiobão.

"Precisamos proteger nossas crianças e adolescentes, essa é uma luta de todos nós e o poder público tem o papel importante de propiciarum espaços que possam garantir a proteção infanto-juvenil . Nas nossas escolas desenvolvemos o trabalho de conscientização, mobilização e sobre tudo o de atrair a participação da família, porque só assim teremos de fato, uma cidade de paz tranqüilidade e harmonia, onde a criança não seja violenta e sim respeitada nos seus direitos" disse o secretário de Educação Fábio Rondon. 

A caminhada trouxe como ênfase a autoproteção de crianças e adolescentes contra o abuso e a exploração sexual, ressaltando a importância da denúncia e notificação dos casos de suspeita ou confirmação da violência sexual.

Todos devem estar vigilantes e ao perceberem qualquer tipo de abuso contra nossas crianças ou adolescentes, não tenham medo e denunciem, pois somente assim faremos uma frente verdadeiramente eficaz contra esta prática que por vezes destrói a infância e até mesmo famílias" ressaltou o secretário de desenvolvimento social Nauber Braga. 

O prefeito Domingos Dutra que participou deste momento que movimentou o municípi, falou sobre a importância da união de todos em favor da causa.

"Nós não podemos admitir nenhum tipo de violência, muito menos de crianças e adolescentes. Quem se aproveita da inocência de um menor, é covarde, é criminoso e não merece nenhum tipo se trégua por parte da sociedade. Não vamos tolerar este ou qualquer outro tipo de violência em nossa cidade, vamos nos unir e combater esse mal" acrescentou o prefeito Domingos Dutra.

Durante toda semana foi programado palestras nas escolas municipais de Paço, começando pela UEB Conjunto Paranã, seguindo da UEB João Assis de Moraes, UEB Nova Canaã, encerrando na sexta-feira (19) na Escola do Cumbique.

Sobre a data 
Historicamente, o dia 18 de maio é lembrado oficialmente como Dia Nacional de Combate ao Abuso e a Exploração Sexual contra Crianças e Adolescentes. A data foi oficialmente instituída pela Lei nº 9.970/2000 em lembrança ao episódio que envolveu a menina Araceli Cabrera Sanchez, que em 18 de maio 1973, na ocasião com oito anos, foi seqüestrada, espancada, violentada, drogada e assassinada. Apesar da grande comoção da sociedade, as investigações policiais foram concluídas e os agressores jamais foram punidos.

Leia os inquéritos da "lava jato" envolvendo Michel Temer e Aécio Neves.

O ministro Luiz Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal, autorizou nesta quinta-feira (18/5) a abertura de inquéritos contra o presidente Michel Temer (PMDB) e o senador Aécio Neves (PSDB-MG). Eles são acusados de corrupção, em delação premiada homologada pelo ministro.

Temer é acusado de incentivar o pagamento de R$ 500 mil ao ex-deputado federal Eduardo Cunha (PMDB-RJ) para que não fizesse acordo de delação. A Procuradoria-Geral da República investigará crime de corrupção passiva e obstrução a investigações.

Fachin também deferiu pedidos da PGR para afastar o senador Aécio Neves (PSDB-MG) e o deputado Rodrigo Rocha Loures (PMDB-RR), mas negou pedido da PGR para prender preventivamente os parlamentares. Eles são alvo de operação deflagrada nesta quinta. A irmã do senador, Andrea Neves, foi presa.

Primeira decisão que determinaram a abertura de inquérito



Segunda decisão que determinaram a abertura de inquérito

quinta-feira, 18 de maio de 2017

Prefeito Domingos Dutra realiza operação tapa buracos na Vila de Paço.

A prefeitura de Paço do Lumiar, através da Secretaria Municipal de infraestrutura, com o apoio do Governo do Estado deu início a uma operação tapa buracos na Vila de Paço, a força-tarefa "melhor asfalto" começou logo que as chuvas cessaram na grande ilha.

O serviço começou pela Praça nossa senhora da luz , seguindo até a comunidade do Iguaiba, onde a estrada principal se encontrava cheia de crateras, atrapalhando a rotina de quem mora na região.

Com a recuperação das vias que foram castigadas com o abandono das gestões anteriores e com o inverno, a população agrícola dessa área garante o escoamento de seus produtos, condutores garantem a preservação de seus veículos, bem como pedestres podem percorrer pelas vias de forma segura.

A prefeitura de Paço do Lumiar tem feito e vai fazer muito mais, para recuperar a dignidade do Município, a força-tarefa "melhor asfalto" vai se expandir e deve chegar em todos os bairros da cidade, garantindo infraestrutura e melhor qualidade de vida ao povo Luminense.

Acompanhe o vídeo

Veja as imagens exclusivas que provam a entrega de propina aos indicados de Temer e Aécio.

A delação da JBS, a mais dura em três anos de Lava-Jato, merece este título em grande parte devido às cenas a seguir. Nelas, o deputado Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR), destacado pelo presidente Michel Temer para tratar com Joesley Batista dos interesses de seu grupo empresarial, é flagrado pegando R$ 500 mil em propina — a primeira parcela de um montante prometido de R$ 480 milhões. As cenas abaixo mostram esta entrega, ocorrida em 28 de abril deste ano.

A entrega de dinheiro para o indicado por Temer

As cenas também são devastadoras para o presidente do PSDB, o senador mineiro Aécio Neves. A Polícia Federal filmou o primo de Aécio, Frederico Pacheco de Medeiros, pegando, a mando de Aécio, R$ 1,5 milhão em propina — três quartos dos R$ 2 milhões que Aécio pediu, sem saber que era gravado, para Joesley. As cenas abaixo mostram a primeira entrega, ocorrida em 12 de abril deste ano.

A primeira entrega de dinheiro, ao primo de Aécio Neves
Já o presidente do PSDB indicou o primo Frederico Pacheco de Medeiros para receber o dinheiro. Fred, como é conhecido, foi diretor da Cemig, nomeado por Aécio, e um dos coordenadores de sua campanha a presidente em 2014. Tocava a área de logística. Quem levou o dinheiro a Fred foi o diretor de Relações Institucionais da JBS, Ricardo Saud, um dos sete delatores. Foram quatro entregas de R$ 500 mil cada uma. A PF filmou três delas. As cenas abaixo mostram a primeira entrega, ocorrida em 19 de abril deste ano.

A segunda entrega de dinheiro, ao primo de Aécio Neves
As filmagens da PF mostram que, após receber o dinheiro, Fred repassou, ainda em São Paulo, as malas para Mendherson Souza Lima, secretário parlamentar do senador Zeze Perrella (PMDB-MG). Mendherson levou de carro a propina para Belo Horizonte. Fez três viagens — sempre seguido pela PF. As investigações revelaram que o dinheiro não era para advogado algum. O assessor negociou para que os recursos fossem parar na Tapera Participações Empreendimentos Agropecuários, de Gustavo Perrella, filho de Zeze Perrella. As cenas abaixo mostram a primeira entrega, ocorrida em 12 de abril deste ano.

Um dos grandes diferenciais da delação dos donos da JBS foi exatamente as "ações controladas" feitas pela Procuradoria-Geral da República (PGR) e pela Polícia Federal. Neste mecanismo de investigação, o flagrante do crime é calculado de maneira que seja produzida uma determinada prova. Nessa investigação, a PF acompanhou, com câmeras e escutas, a entrega de dinheiro para intermediários de Temer e de Aécio.

Esquema no Cade

O primeiro contato entre Rocha Loures e Joesley foi em Brasília. O dono da JBS lhe contou o que precisava do Cade.

Desde o ano passado, o órgão está para decidir uma disputa entre a Petrobras e o grupo sobre o preço do gás fornecido pela estatal à termelétrica EPE. Localizada em Cuiabá, a usina foi comprada pelo grupo em 2015. Explicou o problema da EPE: a Petrobras compra o gás natural da Bolívia e o revende para a empresa por preços extorsivos. Disse que sua empresa perde "1 milhão por dia" com essa política de preços. E pediu: que a Petrobras revenda o gás pelo preço de compra ou que deixe a EPE negociar diretamente com os bolivianos.

Com uma sem-cerimônia impressionante, o indicado de Temer ligou para o presidente em exercício do Cade, Gilvandro Araújo. E pediu que se resolvesse a questão da termelétrica no órgão. Não há evidências de que Araújo tenha atendido ao pedido. Pelo serviço, Joesley ofereceu uma propina de 5%. Rocha Loures deu o seu ok.: "Tudo bem, tudo bem". Para continuar as negociações, foi marcado um novo encontro.

Desta vez, entre Rocha Loures e Ricardo Saud, diretor da JBS e também delator. No Café Santo Grão, em São Paulo, trataram de negócios. Foi combinado o pagamento de R$ 500 mil semanais por 20 anos, tempo em que vai vigorar o contrato da EPE.

Ou seja, está se falando de R$ 480 milhões ao longo de duas décadas, se fosse cumprido o acordo. Loures disse que levaria a proposta de pagamento a alguém acima dele. Saud faz duas menções ao "presidente".

Pelo contexto, os dois se referem a Michel Temer. A entrega do dinheiro foi filmada pela PF. Mas desta vez quem esteve com o homem de confiança de Temer foi Ricardo Saud, diretor da JBS e um dos sete delatores. Esse segundo encontro teve uma logística inusitada.

Certamente, revela o traquejo (e a vontade de despistar) de Rocha Loures neste tipo de serviço. Assim, inicialmente Saud foi ao Shopping Vila Olímpia, em São Paulo.

Em seguida, Rocha Loures o levou para um café, depois para um restaurante e, finalmente, para a pizzaria Camelo, na Rua Pamplona, no Jardim Paulista. Foi neste endereço, próximo à casa dos pais de Rocha Loures, onde ele estava hospedado, que o deputado recebeu a primeira remessa de R$ 500 mil.

Apesar do acerto de repasses semanais de R$ 500 mil, até o momento só foi feita a primeira entrega de dinheiro. E, claro, a partir da homologação da delação, nada mais será pago.


Rocha Loures, o indicado por Temer, é um conhecido homem de confiança do presidente. Foi chefe de Relações Institucionais da Vice-Presidência sob Temer. Após o impeachment, virou assessor especial da Presidência e, em março, voltou à Câmara, ocupando a vaga do ministro da Justiça, Osmar Serraglio.


Terceira na linha sucessória para a Presidência, Cármen tem a fila nas mãos.

A serem confirmadas as informações divulgadas pelo jornal O Globo — de que o presidente Michel Temer incentivou o dono do frigorífico JBS, Joesley Batista, a comprar o silêncio do ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) e de seu financista, Lúcio Funaro —, o Supremo Tribunal Federal será empurrado ainda mais para dentro do redemoinho político. Desenha-se um cenário remoto em que a presidente da corte, ministra Cármen Lúcia, terceira na linha sucessória da Presidência da República, terá em mãos o poder de controlar o andamento da própria fila para ocupar a cadeira de Temer.

A informação publicada pelo colunista Lauro Jardim tem tudo para influenciar o julgamento da candidatura de Temer no Tribunal Superior Eleitoral. A corte julga se a chapa Dilma-Temer cometeu abuso de poder econômico durante as eleições de 2014.

Quem acompanha o caso aponta que ministros da corte estavam inclinados a separar Dilma de Temer, dando o que seria um voto de confiança para o governo continuar até as eleições diretas em 2018. A notícia tem o poder de derreter essa "boa vontade". 

Se o tribunal cassar a chapa por completo, Temer cai. E, segundo a Constituição, caso presidente e vice não possam assumir a cadeira, a linha sucessória é: presidente da Câmara, presidente do Senado e presidente do Supremo. Acontece que Rodrigo Maia (DEM-RJ), presidente da Câmara, é investigado no STF. Eunício Oliveira (PMDB-CE), presidente do Senado, também. 

Aí que entra a parte jurídica. O Supremo decidiu, no início deste ano, que réus em ação penal não podem assumir a Presidência da República, ainda que possam ficar nas presidências de Poder. Nenhum dos dois presidentes das Casas Legislativas é réu no Supremo; ambos ainda são investigados em inquéritos. Mas quem manda no andamento dos inquéritos é a Procuradoria-Geral da República, e quem comanda a pauta de julgamentos desses inquéritos do Plenário do STF é sua presidente, depois que o relator libera o caso para votação. Nos casos dos presidentes da Câmara e do Senado, o relator é o ministro Luiz Edson Fachin, que supervisionou todo o acordo feito pelo dono da JBS com a PGR.

Não é segredo que a PGR entende que Temer não pode ser presidente. Em manifestação ao TSE, a Procuradoria-Geral Eleitoral, comandada pelo PGR, Rodrigo Janot, disse que a chapa não pode ser dividida pelos atos de ofício de cada um de seus integrantes — como pede a defesa de Temer. E há provas, diz a PGE, de que foram cometidos crimes eleitorais durante as eleições de 2014. Portanto, Temer deve ser cassado.

A ministra Cármen nunca se pronunciou publicamente sobre o assunto, mas o nome dela é citado até mesmo em pesquisas eleitorais sobre intenções de voto. E ela nunca pareceu incomodada em ser considerada a "última esperança" de uma população desencantada com políticos profissionais.

Ela até brinca com a possibilidade. O jornalista Pedro Bial, em seu programa de entrevistas na TV Globo, fez troça com o fato de ela ter tanta responsabilidade em ombros tão estreitos. Mas ela disse que não carrega o fardo sozinha, já que tem ao lado dela o povo brasileiro. Ao ouvir que come pouco, disse que se alimenta da “admiração que tenho pelo meu povo”.

Ponto para o parlamentarismo
Pelas regras constitucionais, se o presidente e o vice-presidente caem, quem assumir tem o compromisso de convocar eleições em 90 dias. Se a queda acontece depois da primeira metade do mandato, as eleições são indiretas, e só votam parlamentares.

A ideia de transformar o Brasil num país parlamentarista não é nova. Diz-se até mesmo que a Constituição Federal de 1988 foi escrita para um país em que as eleições são indiretas e que o chefe de governo não é o chefe de Estado. Mas o regime foi rejeitado no Plebiscito de 1993, no qual venceu o presidencialismo, que vigora no país até hoje.

Com as discussões sobre o impeachment da presidente Dilma Rousseff, a ideia voltou. Parlamentares, especialmente os mais antigos, começaram a reclamar do trâmite, acusando o país de ter parado para observar um processo de destituição da presidente da República.

A ideia conta com a simpatia dos ministros do STF, embora eles reconheçam que seja tema político cujo foro adequado para debate é o Congresso. Mas também está no Supremo um mandado de segurança que discute se proposta de emenda à Constituição pode mudar o regime de governo.

Fachin afasta Aécio e deputado acusado em delação; pedidos de prisão vão a Plenário.

O ministro Luiz Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal, determinou o afastamento do senador Aécio Neves, presidente do PSDB, de seu mandato. O ministro também recebeu um pedido de prisão preventiva do senador, mas decidiu que esta questão deve ser analisada pelo Plenário da corte.

O deputado Rocha Loures (PMDB-PR) também foi afastado do cargo pelo ministro Edson Fachin. Assim como no caso do senador, o deputado também teve contra ele um pedido de prisão que será analisado pelo Plenário do Supremo.

Os despachos do ministro Fachin ainda não foram divulgados. Todas as decisões foram tomadas a pedido da Procuradoria-Geral da República.

Rocha Loures e Aécio Neves são alvos de uma operação deflagrada nesta quinta-feira (18/5). A irmã do senador, Andrea Neves, foi presa na manhã desta quinta.

Foram cumpridos mandados de busca e apreensão no Congresso Nacional, nas casas dos investigados e no Tribunal Superior Eleitoral. Na corte eleitoral, as buscas foram na Procuradoria-Geral Eleitoral, que tem sede no mesmo prédio. O alvo foi o procurador da República Ângelo Goulart Villela, também preso nesta quinta.

Todos os pedidos foram feitos pela Procuradoria-Geral da República com base na delação premiada do empresário Joesley Batista, dono do frigorífico JBS. O jornal O Globo divulgou na quarta-feira (17/5) trechos da delação, que está sob sigilo.

Segundo o jornal, Joesley apresentou gravações de conversas em que o presidente Michel Temer aprece incentivando o empresário a pagar uma mesada ao ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) para que ele não faça delação premiada.

O senador Aécio Neves, que já responde a seis inquéritos no STF, também teria sido gravado pedindo a Joseley Batista R$ 2 milhões, dinheiro que seria utilizado para pagar sua defesa na operação "lava jato". A irmã do senador, Andrea Neves, teria feito o primeiro contato com Joesley Batista, em nome do senador.

O deputado Rocha Loures também teria recebido da JBS valores indevidos. De acordo com as informações divulgadas, os valores foram pagos com notas rastreadas e a entrega, filmada. Segundo o jornal Globo, a Polícia Federal teria rastreado o caminho do dinheiro e descobriu que o montante foi depositado numa empresa do senador Zezé Perrella (PMDB-MG), que também é alvo de busca e apreensão.