quarta-feira, 26 de abril de 2017

Vídeo! Câmara de Paço do Lumiar é palco de festival de baixarias apoiado pela Mesa Diretora.

Clima acirrado levou aliados políticos do presidente da casa, a atacarem o vereador Miau Oliveira que por pouco não sofreu agressões físicas

A paralisação nas votações de projetos importantes na Câmara Municipal de Paço do Lumiar contrasta com o clima agitado nas relações entre os vereadores. Ontem (25), novo embate com trocas de ofensas e acusações marcou a sessão da Casa.

Desde o início do ano as brigas entre vereadores têm sido constantes em plenário, muitas vezes com ofensas e acusações. Desta vez, o vereador Miau Oliveira (PDT), depois de tecer críticas, a aliados políticos do presidente Marinho do Paço (PROS), que ocupavam o plenário da Câmara, acabou sendo hostilizado e quase agredido.

A ‘baixaria’ em meio aos trabalhos do legislativo, teve o apoio do presidente da casa, que é acusado por vários vereadores de tentar obstruir o andamento das sessões, pra que os projetos do executivo municipal não sejam votados.

O regimento prevê que praticar ofensas físicas ou morais ou desacatar por meio de palavras é completamente censurado pela mesa. Mas, o vereador Marinho do Paço, juntamente com as vereadoras Carmen Arôso (PMDB) e Vanusa Neves (PSDB) que compõem a mesa diretora, ignoram o regimento e não cumpri suas funções.

Transformar debates em baixaria e troca de insultos parece ter virado especialidade da atual gestão da Câmara Municipal de Paço do Lumiar. 

Acompanhe o vídeo

Nenhum comentário:

Postar um comentário