domingo, 12 de março de 2017

Saída de Léo Barata traduz "fracasso" do I Corso do Maiobão.

Léo Barata preferiu sair do cargo devido ao fracasso
Duas semanas após o encerramento do carnaval em Paço do Lumiar, o secretário de Cultura, Esporte e Lazer do município, Léo Barata, pediu exoneração do cargo na manhã desta sexta-feira (10) por meio de carta enviada ao prefeito Domingos Dutra (PCdoB). O fracasso do "I CORSO DO MAIOBÃO", desfile de caminhões e veículos decorados, que tinha a ideia de reinventar tradições e abrir o carnaval do município, foi um dos motivos que levaram o ex-secretário a pedir exoneração.

O evento idealizado pelo ex-secretário foi um fiasco total, mesmo com as premiações em dinheiro. A população ignorou a idéia de Leo Barata de tentar reinventar o carnaval da cidade, que tem como forte o carnaval de rua com os blocos carnavalescos.  

Na carta, Barata preferiu não expor o motivo de sua saída, se limitou apenas no sucesso na condução da administração do município. No texto, ele agradece ao prefeito “Agradeço de coração a confiança dada a minha pessoa para conduzir tão importante pasta do município, bem como minha torcida para que tudo possa continuar Dando Certo”.

A administração municipal, no entanto, não informou se há um novo nome cotado para gerir a secretaria.

Nenhum comentário:

Postar um comentário