domingo, 6 de novembro de 2016

Estudante de Paço do Lumiar é semifinalista da 5ª Olimpíada de Língua Portuguesa.

Estudante de Paço do Lumiar. Mickaelly Raquel Cunha, do 9º ano, é uma das semifinalistas regionais da 5ª Olimpíada de Língua Portuguesa


Professor César William e a estudante Mickaelly Raquel Cunha participam de competição (Foto: Divulgação)
O caminho percorrido diariamente pela estudante Mickaelly Raquel Cunha, do 9º ano, numa van - transporte alternativo bastante utilizado em Paço do Lumiar - para chegar à escola UEB Pão da Vida, situada na Vila Epitácio Cafeteira, foi a abordagem da crônica “A Van Verde-Limo”, que, nesta terça-feira (8), estará concorrendo na semifinal regional com mais três escolas do Maranhão, na 5ª Olimpíada de Língua Portuguesa.

A crônica descreve cenas comuns do dia a dia observadas pela estudante da janela da van de cor verde, entre o ponto de ônibus e a escola. “Descrevi o comportamento das pessoas, adultos crianças, idosos, trabalhadores, dentro e fora da van, são muitas realidades, situações engraçadas e tristes, e resolvi representá-las em uma crônica”, conta Mickaelly surpresa em ter sua produção entre as semifinalistas do estado, avaliada por comissões julgadoras escolares, municipal e estadual.

A produção textual contou com a orientação do professor de Língua Portuguesa César William, que também é escritor luminense e com experiência na preparação de estudantes em olimpíadas. De acordo com o educador, os alunos passaram por um primeiro momento de conhecimento do gênero, com a apresentação de cronistas consagrados como Fernando Sabino, José Chagas, Ubiratan Teixeira, entre outros.

O projeto na UEB Pão da Vida teve um saldo de excelentes crônicas, mas a Mickaelly surpreendeu a todos com o seu vil poético e já começa a sua trajetória na literatura com uma produção em nível nacional”, reconheceu o professor, que também concorre na categoria “Relato de Prática”, na qual apresentará o registro em um diário de suas experiências com a realização das oficinas feitas com os alunos durante o processo de construção das produções textuais.

Orgulhoso em ter Paço do Lumiar entre os semifinalistas, César reforça, ainda, a proposta da Olimpíada de Língua Portuguesa, que é instigar o estudante brasileiro a ler e escrever mais, condições essenciais para que um simples texto se transforme numa grande obra literária.

"A participação de representantes da rede municipal nessa competição nacional e de grande relevância para o ensino público é salutar, uma vez que avalia o rendimento do nosso aluno e a qualidade do nosso educador, e nos faz mensurar índices de desenvolvimento educacional dos últimos quatro anos”, destaca Karoline Baltazar, especialista do Departamento de Políticas de Educação Básica da Secretaria Municipal de Educação de Paço do Lumiar,

Este ano, 31 escolas do município de Paço do Lumiar participaram da Olimpíada em 4 categorias de gêneros textuais: poema, memórias literárias, crônicas e artigo de opinião. Durante três dias, professores e alunos classificados de todo o país participarão de uma intensa programação formativa e cultural e disputarão uma vaga na grande final da olimpíada, que ocorrerá em dezembro, em Porto Alegre. Serão selecionados e premiados os professores que melhor relatarem a prática das oficinas executadas em sala de aula.

Nenhum comentário:

Postar um comentário