sábado, 8 de outubro de 2016

Prefeito eleito Domingos Dutra faz mistério sobre nomes para novo secretariado.

O suspense em torno da escolha do novo secretariado do prefeito eleito Domingos Dutra (PCdoB), tem gerado expectativas na população e em seus correligionários. Nas redes sociais e nas ruas da cidade, o assunto tem sido bastante discutido.

Enquanto uns arriscam palpites dos possíveis nomes, outros pedem que seja feito a escolha levando-se em conta a capacidade técnica, além de valorizar pessoas do município.

No entanto, durante sua campanha, Dutra já pregava que no seu governo a equipe seria escolhida pelo critério de capacitação, sem mencionar acordos partidários, o que pode criar um desconforto no seu grupo político, já que muitos acreditam que estarão no primeiro escalão do governo.

Em relação aos nomes dos secretários municipais, o que se tem até o momento são boatos. Segundo algumas fontes, Domingos Dutra, ainda não pronunciou-se a respeito do assunto, limitou-se em dizer , para alguns poucos interlocutores, apenas que montará um secretariado técnico com pessoas especializadas em cada área.

A expectativa é que nas próximas semanas já sejam divulgadas alguns nomes, mas enquanto isso, alguns grupos políticos arrisca-se apontar possíveis novos secretários. 

Um bom aperitivo é o salário de secretário do município aprovado pela Lei 471/2012, quando foi fixado em R$ 8.930,00 (oito mil e novecentos e trinta reais).

Uma das metas de Domingos Dutra à frente da prefeitura de Paço do Lumiar é formar uma equipe de secretariado com perfil mais técnico para condução de projetos nas áreas de educação, saúde, infraestrutura e assistência social. Para concretizar essa medida, o comunista afirmou que está rompendo com “a velha maneira de fazer política", e que não loteou as secretarias para ganhar a eleição e que também não haverá entrega de secretarias com porteira fechada. 

O prefeito eleito disse a alguns interlocutores que cobrará metas a curto, médio e longo prazo de sua equipe de secretários. Domingos Dutra ainda está em Brasília, fechando alguns acordos e atrás de recursos para seu governo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário