sexta-feira, 28 de outubro de 2016

Odebrecht Ambiental aumenta conta de água e esgoto.

A conta de água e esgoto da empresa Odebrecht Ambiental aumentou 8,84% sobre a estrutura tarifária vigente, neste mês.

A autorização para o reajuste foi definido, pela Câmara de Regulação do Pró-Cidade (Consórcio Intermunicipal de Saneamento Básico Constituído pelos municípios de São José de Ribamar e Paço do Lumiar), no dia 03 de outubro.

A estrutura tarifária a ser praticada pela Odebrecht Ambiental, bem como a forma de medição e estimativa dos volumes a serem faturados, ficaram definidas as seguintes categorias de consumo: Residencial, Residencial Popular, Comercial, Comercial-Pequenos Negócios, Industrial, Pública e Entidades Filantrópicas.

Para a emissão de fatura de fornecimento de água e coleta e tratamento de esgoto, o volume mínimo a ser considerado será de 10 m3 (dez metros cúbicos) por economia por mês para as categorias de uso Residencial, Residencial Popular, Comercial, Comercial-Pequenos Negócios e Entidades Filantrópicas e 15 m3 (quinze metros cúbicos) por economia por mês para as categorias de uso Industrial e Pública.

Para as economias SEM HIDRÔMETRO a emissão de fatura referente aos serviços públicos de abastecimento de água e de esgotamento sanitário, o volume mínimo a ser considerado será o volume estipulado para cada categoria, conforme tabela a abaixo, devendo ser utilizado para esta finalidade o m² construído do imóvel, ressalvadas as economias de residencial popular SEM HIDRÔMETRO que deverão ser fixado na faixa de 10m³ de consumo até instalação dos hidrômetros, independente do tamanho do imóvel:


O valor referente aos serviços de esgotamento sanitário das economias de água com coleta e tratamento de esgoto será igual a 100% (cem por cento) do valor da fatura de água. A categoria Residencial Popular para a população de baixa renda corresponde a um benefício de redução de 25% (vinte e cinco por cento) na tarifa de água e esgoto na faixa de consumo de 0 m3 a 10 m3 . O consumo excedente será faturado de acordo com a tarifa normal de água. Para o usuário obter o benefício da Tarifa Residencial Popular deverá efetuar seu cadastramento atendendo, simultaneamente, aos seguintes critérios: 
  1. Ser cadastrado na categoria residencial, junto a Odebrecht Ambiental; 
  2. Comprovar ser beneficiário de algum Programa de Proteção Social do Governo Federal; 
  3. Tenha ligação cadastrada como apenas 01 (uma) economia, com área construída menor ou igual a 40 m² ;
  4. Tenha comprovado, através de seu histórico de consumo médio de energia elétrica nos últimos 12 (doze) meses, consumo igual ou inferior a 80 kWh ; 
  5. Tenha quitado os débitos com o prestador dos serviços públicos de abastecimento de água e de esgotamento ou efetuado o seu parcelamento; 
  6. Não possua fonte alternativa de abastecimento, tendo como fonte exclusiva de abastecimento água da Odebrecht Ambiental. 
O empresa Odebrecht Ambiental está autorizada a cobrar dos usuários pelo fornecimento de água potável, coleta e tratamento de esgoto conforme estrutura tarifária de água e esgotamento sanitário abaixo:

Nenhum comentário:

Postar um comentário