quarta-feira, 14 de setembro de 2016

Escândalo envolvendo a verba do FUNDEB na cidade de Fortuna no Maranhão.

No ano de 2014 e 2015 o prefeito do município de Fortuna-MA, Arlindo Filho (PDT), firmou contratos supostamente de fachada com VALORES ASTRONÔMICOS, pagos com dinheiro do FUNDEB a duas empresas. 

De acordo com a prestação de contas do gestor, ele teria supostamente gasto a importância de R$ 3.339.831,00 ( três milhões trezentos e trinta e nove mil oitocentos e trinta e um reais) com pagamento de contratados para trabalharem como zeladores, vigias e auxiliar nas escolas da cidade, apenas em 2014 e 2015. Um verdadeiro escândalo! 

O que causa estranheza é que todos os fortunenses que trabalha nessa função, no município sequer recebem um salário mínimo, e muitos reclamam de estarem a meses sem receber. 

Enquanto isso, vejam abaixo o que estás empresas receberam dos cofres públicos do município: 

1 - EMPRESA PLANETE PROJETOS AGROPECUÁRIAS LTDA, valor mensal pago R$ 83.675,00, valor total do contrato anual R$ 1.986.050,00 (Hum Milhão, Novecentos e Oitenta e Seis Mil e Cinquenta Reais) em 2014.


2 - EMPRESA CASA DO CAMPO CONSTRUÇÃO E SERVIÇO – F.S.LOPES-ME valor mensal pago R$ 208.948,70, valor do total do contrato anual R$ R$ 2.419.406,00 ( dois milhões quatrocentos e dezenove mil quatrocentos e seis reais) em 2015. Total dos dois contratos R$3.339.831,00.


Os contratados destas empresas que prestam serviços a prefeitura de Fortuna, precisam saber se são mesmo funcionários legalizados. 

Afinal, de acordo com a prestação de contas do prefeito, só em 2015 ele teria pago para 120 zeladores salário de R$ 1.016,80 (hum mil e dezesseis reais e oitenta centavos ) por mês, e ainda R$1.399,00 ( hum mil trezentos e noventa e nove reais) para 70 vigias das escolas municipais. 

Uma pergunta que não quer calar, alguém assinou a carteira dos trabalhadores destas empresas? Quem de fato fica com esse dinheiro? 

O Ministério Público e a Policia Federal precisa m urgentemente investigar o dinheiro do FUNDEB na cidade de Fortuna.




Nenhum comentário:

Postar um comentário