sexta-feira, 13 de maio de 2016

Carreta da Mulher Maranhense promove ações em Paço do Lumiar até sábado (14).

Ações da carreata da Mulher na Praça do Viva Maiobão, em Paço do Lumiar
Agradeço muito aos bons olhos do Governo Estado que enxergou nossas necessidades aqui. Sempre tive que me deslocar para o centro de São Luís para fazer exame de colo de útero e de câncer de mama, que são caros e que eu tinha que pagar”, comemora a dona de casa Azenir Garcês, de 55 anos, moradora de Paço do Lumiar.

Azenir Garcês é uma das beneficiadas pela Carreta da Mulher Maranhense que, esta semana, está na cidade onde ela mora, o que possibilitou que ela fizesse os exames perto de sua residência e sem pagar. As ações continuarão a ser oferecidas, na Praça do Viva Maiobão, em Paço do Lumiar, na Região Metropolitana de São Luís, até este sábado (14), das 8h às 17h.

A Carreta, organizada por meio de parceria entre as Secretarias de Estado da Mulher (Semu) e da Saúde (SES), promove ações de saúde e palestras de conscientização por todo o Maranhão. O objetivo é garantir o acesso à saúde preventiva para mulheres de todo o estado, a exemplo de dona Azenir.

Com média de 300 atendimentos por dia, a Carreta da Mulher Maranhense oferece exames preventivos de Câncer de Útero e de Mama, além de outros tipos de exame. As mulheres que procuram atendimento recebem a oferta de orientação jurídica, caso queiram fazer denúncias de abuso sexual, bem como palestras de conscientização.

A coordenadora da ação em Paço do Lumiar, Andrea Dias, destaca a importância das palestras de conscientização e orientação sobre o corpo, recebidas pelas mulheres. “As palestras, com as técnicas da Secretaria de Estado da Mulher e assistência jurídica, dão oportunidade de levar orientações quanto ao enfrentamento da violência em suas várias formas. Muitas dessas mulheres nunca receberam informações sobre as providências que podem ser tomadas contra a violência doméstica”.

Por meio da estratégia do Governo do Maranhão de garantia de acesso à saúde e educação, mulheres que vivem nos municípios mais afastados e em comunidades rurais entre 2015 e o primeiro trimestre de 2016, fizeram, por meio da Carreta da Mulher, 9.778 exames preventivos de câncer do colo do útero e de mama.

Dona Cosma Nascimento Barbosa, de 70 anos, que não fazia exames de mamografia há muitos anos, diz que a oportunidade foi um alívio e garantia que a saúde vai bem. “Além da mamografia, fiz o preventivo, dois exames que eu não conseguia fazer já há muito tempo. São exames que precisamos fazer sempre e o atendimento foi ótimo e muito rápido”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário