quarta-feira, 6 de abril de 2016

Polícia Militar atua em diferentes operações para combate de assaltos a coletivos.

Policiais atuam no policiamento preventivo para combater assaltos a ônibus na região metropolitana de São Luís
O combate a assaltos em coletivos é um dos focos de atuação da Polícia Militar (PMMA) em São Luís e em toda região metropolitana da capital. Para isso, reunimos diversas operações para coibir este tipo de crime”, destacou o comandante do Comando de Policiamento Metropolitano I (Cpam I), coronel Pedro Ribeiro, ao detalhar as iniciativas realizadas pela corporação.

De acordo com o coronel, as operações ‘Catraca’, ‘Transporte Seguro’ e o policiamento embarcado foram mantidos no último mês e intensificados. “Destaco o trabalho realizado pelo Batalhão Tiradentes, que emprega 84 policias que atuam, exclusivamente, no enfrentamento da prática criminosa em coletivos. Além disso, todas as unidades operacionais da capital dão suporte nas medidas preventivas de delitos”, disse Ribeiro.

O Governo do Estado, por meio da PMMA, tem realizado também policiamento ostensivo nos terminais de transportes coletivos. “Além de operações de revista e barreiras em localidades estratégicas em toda a capital do Maranhão, policiais fardados estão acompanhando as viagens, embarcados nos coletivos”, destacou Pedro Ribeiro.

Ações voltadas para proteção mais direta a públicos específicos – como universitários no período noturno e trabalhadores na saída de casa no início da manhã – também estão em curso. As medidas fortalecem as ações de segurança executadas pela gestão estadual e expandem o dinamismo operacional da polícia na aproximação com a comunidade.

Segundo o coronel Pedro Ribeiro, a Operação ‘Alvorada’ reforçou o policiamento em regiões como Cohab, Cohatrac e adjacências e Vinhais, Cohajap e Cohama. Policiais militares em motocicletas executam o patrulhamento a partir de 5h da manhã nestes pontos, cobrindo principalmente, o público que aguarda transporte coletivo nas paradas de ônibus.

Já no período noturno, a PMMA ampliou o patrulhamento nas proximidades de equipamentos educacionais, como faculdades, a fim de atender mais de perto o público estudantil. A ação ostensiva trabalha com policiais militares em ronda e em viaturas com giroflex ligado, para que a guarnição seja bem identificada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário