quinta-feira, 21 de abril de 2016

Ex-prefeito Gilberto Arôso continua inelegível e se filia ao PRB.

Gilberto Arôso, Carmen Arôso, Fred Campos, Alderico Campos e Jorge Maru, fecham acordo


Ainda não existe qualquer certidão da justiça que permita ao ex-prefeito de Paço do Lumiar, Gilberto Arôso, recém-filiado ao PRB, disputar a sucessão municipal de 2016. Ele continua inelegível com base na Lei da Ficha Limpa.

Somente no Tribunal de Contas do Estado (TCE), pelo menos cinco processos impediriam o ex-prefeito de obter o registro. Com mais um processo do Tribunal de Justiça do Maranhão (colegiado), transitado e julgado, que o levou pra cadeia e cumprir pena no Complexo Penitenciário de Pedrinhas, vão dificultando uma eventual participação no pleito. 

Recentemente, por meio de conversas com algumas lideranças locais, o ex-prefeito divulgou que estaria apto a concorrer e que “a certidão negativa dos processos estaria com o escritório do seu advogado que, segundo ele, responde pela sua defesa”. 

Gilberto fecha acordo 
O ex-prefeito Gilberto Arôso já disputou uma eleição em Paço do Lumiar com uma liminar, em 2012. No pleito a falta de registro foi um fator determinante para o ex – prefeito ficar isolado no cenário político, qual culminou com a sua derrota esmagadora. 

Na última eleição, Gilberto Arôso sentiu o peso de sair candidato com uma liminar na mão. Este ano ele deu uma virada partidária. Aproximou-se dos irmãos Campos, com intuito de ficar próximo ao deputado Edilázio Junior (PV), que é genro da desembargadora Nelma Sarney. Aproximação com a família Campos e o deputado é com intuito de se livrar novamente da cadeia, pois a qualquer momento a liminar que conseguiu em Brasília, pra sair do Complexo Penitenciário de Pedrinhas, pode cair. 

O ex – prefeito Gilberto Arôso também fechou um acordo pra que o candidato a prefeito do grupo, seja indicado pelo deputado Edilázio Junior, que irá articular toda a cúpula Sarneysista no intuito de lançar apenas um candidato apoiado por todos.


Nenhum comentário:

Postar um comentário