quarta-feira, 6 de abril de 2016

Cunha pede aos partidos indicação de deputados para comissão do impeachment de Michel Temer.

Iniciativa é uma das decisões tomadas nesta terça pelo Colégio de Líderes; Câmara também vai entrar com recurso contra a liminar do ministro Marco Aurélio Mello e consultar a CCJ sobre o cumprimento da determinação judicial

O presidente da Câmara, Eduardo Cunha, enviou na manhã desta quarta-feira (6) ofícios aos partidos para indicarem os integrantes da comissão especial que vai analisar denúncia de crime de responsabilidade contra o vice-presidente da República, Michel Temer, cuja instalação foi determinada em liminar nesta terça (5) pelo ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF). A decisão de Mello atende a um pedido do advogado Mariel Marra, que acionou o STF para questionar decisão de Cunha que arquivou uma denúncia contra Temer em dezembro.

O ofício faz parte da decisão do Colégio de Líderes de agir em três frentes diante da decisão de Mello. Além de pedir aos partidos a indicação de membros para criar a comissão especial, a Câmara também vai entrar com recursos contra a liminar e também será feita uma consulta à Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ) sobre a forma de a Câmara cumprir a determinação judicial.

O recurso contra a decisão do ministro Marco Aurélio Mello ainda não foi protocolado no STF, de acordo com a assessoria da Presidência da Câmara.


Reportagem - Tiago Miranda
Edição - Luciana Cesar
'Agência Câmara Notícias'

Nenhum comentário:

Postar um comentário