segunda-feira, 4 de abril de 2016

Chuva e falta de conservação trazem à tona velhos problemas na estrada da Maioba e de Ribamar.

Buracos tomam conta de vias que interligam Região Metropolitana. Na MA-202, eles atravessam de um lado a outro da pista

As fortes chuvas que atingem a Região Metropolitana de São Luís (MA) e a falta de conservação trazem à tona velhos problemas de infraestrutura. Buracos tomam conta das principais vias de interligação entre os quatro municípios da Região Metropolitana – São Luís, São José de Ribamar, Paço do Limiar e Raposa.

Na MA-202, conhecida como ‘Estrada da Maioba’, em Paço do Lumiar (MA), os buracos tomam conta de grande parte da via. A rodovia estadual não possui acostamento e sequer é sinalizada. Para desviar dos obstáculos, os motoristas se arriscam até na contramão para evitar prejuízos. Em alguns trechos, os buracos atravessam de um lado a outro da pista.

A via interliga outras duas rodovias estaduais, a MA-201 (‘Estrada de Ribamar’) – que dá acesso a São José de Ribamar (MA), o terceiro município mais populoso do Estado, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) – e a MA-204 – de acesso à Raposa (MA).

Em nota enviada ao G1, a Secretaria de Estado de Infraestrutura (Sinfra) informou que ‘os trabalhos de tapa-buracos na rodovia foram iniciados há duas semanas e que, em trechos da via onde a situação é mais crítica, foi realizada a drenagem superficial para evitar o alagamento e os buracos no pavimento’, e acrescentou que as fortes chuvas dos últimos dias prejudicaram os trabalhos, mas ‘tão logo elas cessem, as intervenções devem continuar’.

Chuvas e alagamentos
Nesse sábado (3), o G1 mostrou o alagamento que se formou na MA-201 após as fortes chuvas que atingiram a Região Metropolitana. A água encobriu o canteiro central da via. A Sinfra informou que realiza a drenagem em pontos da MA-201 para auxiliar no escoamento da água e que solicitou à prefeitura de São José de Ribamar (MA) que seja realizada a limpeza de galerias para facilitar o escoamento.

A Sinfra informa também que ‘está sendo feita a recuperação do asfalto nos trechos críticos da via, mas, devido ao período chuvoso, as ações estão em ritmo mais lento’ e prometeu que as obras serão retomadas assim que as chuvas cessem.

Nenhum comentário:

Postar um comentário