segunda-feira, 15 de fevereiro de 2016

Operação Lei Seca promove segurança durante o ‘Carnaval Lava Pratos’.

Além da averiguação de documentos dos veículos e dos condutores, vários testes com etilômetros foram realizados e material educativo distribuído
Fechando o roteiro da Operação Lei Seca traçado para o período carnavalesco, o governo do Estado, por meio do Departamento Estadual de Trânsito do Maranhão (Detran), em parceria com a Polícia Militar, realizou uma grande ação educativa e de fiscalização durante o ‘Carnaval Lava Pratos’, no município de São José de Ribamar.

A Operação Lei Seca do Lava Pratos teve o objetivo de garantir segurança no trânsito aos cerca de 100 mil foliões aguardados para a tradicional despedida do carnaval 2016 e à população ribamarense, nos dois dias da festa.

De acordo com o Comandante da CPRV Ind, Augusto Magalhães, as blitzen foram organizadas para impedir que acidentes de trânsito, provocados pelo consumo de álcool, aconteçam. “Fizemos a fiscalização de praxe, para verificar a regularidade de veículos e condutores, mas a missão foi fazer o teste do bafômetro e tirar das ruas o motorista que insiste em dirigir após beber”, disse o Major.

"A intensificação das Operações Lei Seca, desencadeadas no governo Flávio Dino, já provocaram reduções de acidentes nos fins de semana na capital, e contribuiu bastante para a redução da violência no trânsito neste Carnaval", reforça o diretor-geral do Detran-MA, Antonio Nunes.

As blitzen do Carnaval Lava Pratos encerraram a programação de segurança no trânsito do governo estadual, planejada para o período momesco. Só nos primeiros 15 dias do mês de fevereiro o Detran, com apoio da Polícia Militar e de Departamentos Municipais de Trânsito, realizaram ações em 17 regiões do Estado. Segundo o balanço divulgado pelo Departamento, foram registrados 552 casos de alcoolemia, 375 deles apenas em São Luís.

Barreiras
No sábado (13), no primeiro dia das blitzen da Lei Seca do Lava Pratos, a CPRV montou duas barreiras em pontos estratégicos de São José de Ribamar: na MA-201, entrada da região conhecida como Piçarreira e nas proximidades do Posto Maracajá, na via que de acesso ao Maiobão. As blitzen começaram por volta das 17h e mobilizaram, ao longo da noite, 80 policiais militares juntamente com a equipe de Coordenação de Educação para o Trânsito do Detran-MA.

Além da abordagem policial para averiguação de documentos dos veículos e dos condutores e da realização de inúmeros testes de etilômetro para identificar motoristas alcoolizados, a equipe do Detran-MA distribuiu material educativo e conversou com motoristas e passageiros para conscientizá-los sobre a importância de evitar o consumo de álcool antes de dirigir e sobre a necessidade do uso obrigatório dos dispositivos de segurança, principalmente o cinto.

O condutor Rogério Buna é motorista de ônibus há 15 anos em São Luís e aprovou a iniciativa do governo. “Já vi muita imprudência no trânsito. Esse trabalho que vem sendo feito na cidade é importante para salvar vidas”, explicou o motorista. A moradora de São José de Ribamar Salazar também elogiou a ação. “Muito boa e necessária”, destacou.

No início da noite de sábado outra blitz foi organizada para abordar os condutores que saiam da festa carnavalesca.

Da tarde de sábado até a madrugada do domingo foram realizados 304 testes de bafômetro, sendo registrados 14 casos de alcoolemia, quando a quantidade de álcool está acima de 0,34 mg/l (miligramas por litro de ar) e 42 recusas.

A Operação Lei Seca no Lava Pratos continuou durante todo o domingo, último dia da festa. O balanço final será divulgado nesta segunda-feira (14).

Nenhum comentário:

Postar um comentário