segunda-feira, 25 de janeiro de 2016

Cores e diversidade de ritmos marcam o fim de semana do Carnaval de ‘Todos nós’.

Colorido e muita alegria na programação do Carnaval de ‘Todos Nós’, realizada pelo Governo do Estado, em parceria com a Prefeitura de São Luís.

A festa deste ano marca um momento histórico, em que as gestões municipal e estadual se unem para garantir o melhor Carnaval de todos os tempos e para todos. O desfile das escolas de samba, grupos de sambistas, grupos afro e bandas carnavalescas no circuito do Centro Histórico, Shopping Pátio Norte e Madre Deus, animaram os foliões de sexta a domingo da pré-folia. No sábado, nem a chuva tirou o brilho das apresentações, nem intimidou o fiel público que compareceu a mais um dia do pré-carnaval.

No cronograma do circuito oficial, na Praça Nauro Machado, a Banda Bandida levantou a galera. Em seguida, a Banda do Galo, Os Diplomáticos e Tribo Tupiniquim. E na Casa do Maranhão, as atrações do Circuito Afro tiveram início às 19h com os grupos Abiyeye Maylo, Netos de Nanã, Aruanda, Ajayo, Juremê e Deusas de Olorum.

O bloco Abiyeye fez a abertura da noite com sua vibração levando o público a cantar ao som forte dos tambores. Ao final da apresentação, a dança do bloco foi acompanhada pela plateia. Dando continuidade ao circuito oficial do sábado, a partir Das 17h, o estacionamento do Shopping Pátio Norte teve como programação do Carnaval de Todos Nós, as bandas Zero Hum, Gaviões do Ritmo, Grupo Argumento, os Gladiadores e o Grupo Xavecada.

Eu adoro os blocos, acho lindo!”. O relato eufórico é da balconista Ana Maria dos Santos, de 34 anos, moradora do Monte Castelo. Era mais um dia de apresentações em que ela participou firme e forte. A declarada amante do carnaval, Mariana de Ataíde Pereira, de 26 anos, disse que não vai perder uma só noite e garante: tem pique para sambar bastante. “Eu estou sozinha e só vou embora quando a última atração se apresentar”, garantiu. Para a turismóloga, Gabriela Vieira, de 23 anos, a magia do Carnaval em São Luís está no que ela classifica de força interior dos brincantes. “Eles têm muita energia e verdadeiro amor pela festa, mesmo com algumas dificuldades. Sou fã do Carnaval maranhense”, ressaltou. O estudante universitário, Laurindo dos Santos, 21 anos, também é fã de carteirinha. “Não posso deixar de prestigiar nossa cultura”, disse.

Enquanto as brincadeiras desfilavam e o público delirava, outro ‘bloco’ passava despercebido na avenida. Era o ‘bloco da limpeza’, que de hora em hora circulava nos locais para recolher o lixo e garantir a higiene dos circuitos. Várias equipes do ‘bloco’ trabalharam durante as apresentações. “O público está bem educado, porque desde o primeiro dia a gente não recolheu muito lixo não”, disse o gari Antônio Maciel de Jesus Santana, 34 anos.

No domingo, 24, ao som dos grupos e típicas atrações carnavalescas, a galera brincou bastante no circuito Madre Deus. A programação teve início às 17h, com a apresentação da Tribo Curumim, seguido do Príncipe de Roma, Companhia do Ritmo e Dragões da Liberdade. O Bicho Terra, uma das atrações mais esperadas, foi o quinto a se apresentar. O grupo é referência do Carnaval e do folclore maranhense e sempre atrai multidões por onde passa. No penúltimo domingo de pré-carnaval o público curtiu ainda a Tenda de Tambor de Crioula.

Fim de semana
O fim de semana de pré-carnaval começou na sexta, 22, a festa teve atrações na Casa do Maranhão. A primeira a se apresentar foi a Turma do Quinto, seguido da Marambaia, Flor do Samba, Unidos de Ribamar, Favela do Samba, Império Serrano, Mangueira e encerrando o ciclo de apresentações com a agremiação Terrestres do Samba.

Folião com segurança
A Polícia Militar destacou 700 homens para atuar durante as festas de pré-carnaval. Entre ações a serem realizadas estão patrulhamento a pé, em viaturas, em motocicletas e a cavalo. O policiamento ostensivo também vai ser reforçado nos circuitos onde haverá programação. O objetivo é assegurar a todos os foliões segurança e tranquilidade para se divertirem nas programações.

A Companhia de Polícia Rodoviária (CPRV) está com barreiras e blitzen com uso de bafômetros (etilômetros) para aplicação de teste do bafômetro durante todo o período de pré-carnaval e carnaval oficial.

A meta é tornar o tráfego mais seguro, impedindo o deslocamento de condutores que tenham ingerido álcool. Além disso, a fiscalização também acontecerá em veículos que tenham irregularidades no uso de sons automotivos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário