sábado, 30 de janeiro de 2016

Anunciados investimentos de R$ 1,35 bi para o Porto do Itaqui.

Presidente da Emap, Ted Lago, disse que uma das prioridades é atrair mais investimentos para o Porto do Itaqui
O governador Flávio Dino e o presidente da Empresa Maranhense de Administração Portuária (Emap), Ted Lago, receberam autoridades, imprensa e a equipe da empresa, na tarde desta sexta-feira (29). Na oportunidade foram apresentados os resultados do Porto do Itaqui em 2015 e anunciados os investimentos da Emap para o biênio 2016/2017, que entre recursos públicos e privados, chegarão a R$ 1,35 bilhão (ver quadro).

Destes investimentos, R$ 254,5 milhões são de recursos próprios, gerados pela empresa, que contemplarão a mecanização de terminais já em operação, obras nos terminais externos, implantação de sistema informatizado de cargas e realização de concurso público. Com relação aos recursos privados estão previstas, dentre outras obras, a segunda fase do Terminal de Grãos do Maranhão e a construção de dois terminais por meio de recursos do Plano de Investimento Logístico (PIL) do governo federal, um para fertilizantes e outro para carga geral.

Na oportunidade, o governador Flávio Dino explicou que a ideia de fazer uma solenidade para apresentar resultados e investimentos do Porto do Itaqui se deu por três motivos. O primeiro, para agradecer a todos os trabalhadores da Emap, sem os quais não teria sido possível o alcance de tão expressivos resultados. Ele destacou a liderança de Lago na requalificação e modernização do Porto do Itaqui, consolidando-o como patrimônio do Maranhão.

O segundo, para cumprir com a obrigação fundamental da gestão pública, que é a de prestar contas. Nesse momento ele destacou os números obtidos em 2015, principalmente o lucro líquido, “que passou de uma previsão orçamentária de cerca de R$ 300 mil para quase R$ 70 milhões”, destacou o governador. Lembrou ainda que o porto é patrimônio do povo do Maranhão e que toda a riqueza gerada a partir dele deve se reverter em melhores condições de vida para o povo.

Governador Flávio Dino destacou o trabalho realizado pela Emap em 2015, com a quebra de recorde histórico em movimentação de cargas.
Por último, Flávio Dino afirmou que a solenidade foi pensada como forma de motivar todos a trabalharem e avançarem ainda mais, contrariando o discurso da crise. “Em vez de apostar na crise, estamos trabalhando na busca obsessiva por resultados que tragam desenvolvimento para o nosso estado. No caso do Porto do Itaqui, os investimentos anunciados demonstram o empenho em aplicar bem os recursos gerados para que se multipliquem ativando cadeias de negócios e gerando oportunidades de trabalho para os maranhenses”, concluiu o governador.

Recorde histórico
Dentre os resultados apresentados, o destaque foi para o recorde histórico de movimentação de cargas, que ultrapassou os 21 milhões de toneladas, número 21% maior do que a marca de 2014.

Com foco em austeridade e respeito ao dinheiro público, a Emap fechou o ano com redução de custos operacionais e despesas administrativas, num total de R$ 32 milhões, (26% menos que o realizado em 2014), além da economia de R$ 1,3 milhão com a suspensão de bônus e gratificação para presidente e diretores.

Ao final da cerimônia, Ted Lago falou sobre o quanto os resultados obtidos pelo Porto do Itaqui em 2015 aumentam as responsabilidades de todos. “Temos de continuar caminhando com foco e sendo realistas. Mas felizmente para isso temos uma equipe que entende a sua responsabilidade e agora, com o reconhecimento público feito pelo governador, certamente estará ainda mais motivada a continuar colhendo bons frutos. Vamos trabalhar para atrair novos investimentos para o Porto, gerando mais desenvolvimento para o estado do Maranhão, que é nosso fim maior”, afirmou o presidente da Emap.

INVESTIMENTOS 2016/2017

TERMINAIS DELEGADOS
  • R$ 23,024 mi - recursos próprios
  • Novo terminal do Cujupe
  • Requalificação do cais de São José de Ribamar
  • Benfeitorias no Terminal da Ponta da Espera
  • Construção de novas passarelas no Terminal do Cujupe
  • Alargamento das rampas de operação dos Terminais do Cujupe e Ponta da Espera
  • Nova unidade de segurança pública, cobertura Receita Estadual da Ponta da Espera
  • Melhorias estruturais no Porto Grande
BERÇOS
  • R$ 169.16 mi – recursos próprios
  • Finalização do berço 108
  • Construção do Berço 9x
  • Recuperação estrutural dos berços 103 e 106
  • Sistema Integrado de combate a incêndio
  • Sistema de carregamento e descarregamento de granéis sólidos
  • Construção de cais flutuante para atender a Policia Federal
PÁTIOS E RETROÁREAS
  • R$ 26,316 mi – recursos próprios
  • Adequação de áreas para armazenagem de contêineres
  • Substituição das torres de iluminação, vias e pátios com LED
  • Drenagem, pavimentação e sinalização de áreas e viasprimárias
  • Modernização do sistema elétrico
ACESSOS
  • R$ 15,74 mi
  • Alça de saída do terminal de grãos
  • Recuperação da rampa de acesso sul
  • Construção da portaria avançada e benfeitorias
  • Nova portaria sul e cerca da poligonal
MODERNIZAÇÃO DA GESTÃO
  • R$ 10.8 MILHÕES – recursos próprios
  • Concurso Público
  • Implantação do Sistema informatizado de Cargas
  • Sala Segura, Equipamentos de Informática e outros
  • Certificação ISO 14001,OHSAS 18001 E ACQUA SUSTENTABILIDADE
MANUTENÇÃO DA ÁREA PRIMÁRIA
  • R$ 10.51 mi – recursos próprios
  • Manutenção Elétrica, Civil, Mecânica e de Defensas
  • Conservação da Sinalização Nautica
  • Levantamento Hidrográfico/Batimetria
  • Dragagem dos Canais
RECURSOS PRIVADOS
  • R$ 1.093 bi
  • Segunda fase do Terminal de Grãos do Maranhão (Tegram)
  • Expansão de Terminal de Tancagem (Tequimar)
  • Ampliação das Instalações e Tubulações de Terminais de Tancagem
GRANEL QUIMICA
  • Dutos de GLP – berço 104
  • Sistema de Recebimento de Fertilizantes - COPI
  • Infraestrutura para GNL
  • Terminal de Carga Geral - PIL
  • Terminal de Fertilizantes - PIL
TOTAL R$ 1.348.550.000,00

Nenhum comentário:

Postar um comentário