quinta-feira, 26 de novembro de 2015

Em Brasília, Flávio Dino apresenta projetos sobre Ciência, Tecnologia, Educação e Previdência Social.

Governador Flávio Dino e ministro Celso Pansera debateram a expansão de programas de difusão científica no Maranhão. Foto: Divulgação
A continuidade dos projetos de pesquisa na Base de Alcântara, a formação de novos pesquisadores e a expansão dos programas de difusão científica no Maranhão foram alguns dos temas apresentados pelo governador Flávio Dino ao ministro da Ciência e Tecnologia, Celso Pansera, durante a agenda em Brasília.

Flávio Dino acredita que a retomada dos investimentos na Base de Alcântara é essencial para a soberania e fundamental para o desenvolvimento da Ciência e Tecnologia no país. Na oportunidade, o governador apresentou ao ministro projetos de educação voltados para a popularização da ciência no Maranhão.

Na ocasião, o governador também apresentou a proposta de criação do Museu de Ciência e Arte Contemporânea do Maranhão, a implantação do Parque Tecnológico de São Luís e das Cidades Digitais.

Outro ponto debatido com o ministro Celso Pansera foi a construção dos Centros de Vocação Tecnológica (CVT’s) nos Institutos de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (Iema). O governador explicou que os CVT’s funcionarão como centros de referência da economia regional.

Estamos trabalhando para diminuir as desigualdades regionais incentivando a formação de novos pesquisadores e formando as bases para um cenário propulsor na expansão do conhecimento e da ciência no estado”, disse o governador do Maranhão.

Previdência e Trabalho

Na agenda em Brasília, o governador participou de reunião com o ministro do Trabalho e Previdência Social, Miguel Rossetto. Flávio Dino sugeriu a implantação do Mutirão Previdenciário nos municípios com menor IDH do Maranhão. A ideia é que os funcionários das agências da Previdência Social auxiliem os moradores dessas regiões em temas como aposentadoria rural, concessões de auxílio doença, salário maternidade e amparo social a pessoas com deficiência.

Durante a agenda em Brasília, o governador também se reuniu com o ministro Miguel Rossetto.
O Mutirão Previdenciário será uma das ações de cidadania destinadas aos municípios que apresentam os menores indicadores sociais no estado. O Governo investe em 23 ações nas áreas da Saúde, Educação, Produção, Saneamento, Moradia, Água, Alimentação para combater as desigualdades sociais nessas cidades maranhenses.

O governador solicitou ainda ao ministro Miguel Rossetto a liberação de recursos do Ministério do Trabalho para a expansão e estruturação de novas agências do trabalho nos municípios do Maranhão. O secretário da Representação em Brasília, Ricardo Cappelli, participou das audiências com os ministros ao lado do governador Flávio Dino.

Nenhum comentário:

Postar um comentário