quinta-feira, 29 de outubro de 2015

Programa Bolsa Escola - Mais Bolsa Família vai beneficiar 1,5 milhão de estudantes de todo o Maranhão.


A Caravana Bolsa Escola lançada na segunda-feira (26), pelo governador Flávio Dino encerrou seu primeiro dia de ações reunindo público de 53 municípios maranhenses, compreendidos nas Unidades Regionais de Educação (URE) das cidades de Pinheiro, Arari, Pindaré Mirim e Zé Doca para divulgação do Programa Bolsa Escola (Mais Bolsa Família).

A Caravana, formada por técnicos da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social (Sedes) e coordenada pessoalmente pelo secretário Neto Evangelista, foi criada com o intuito de levar informações sobre o Bolsa Escola aos beneficiários diretos, para que todos possam ter acesso ao recurso do qual têm direito.

As ações de itinerância da equipe do Programa seguem até o dia 17 de novembro, passando por todas as 18 Unidades Regionais de Educação do Maranhão. Nesta quinta-feira (29), é a vez dos municípios de Balsas e São João dos Patos receberem a Caravana Bolsa Escola.

A recepção da população com a Caravana Bolsa Escola tem sido calorosa e muito animadora. É dignificante poder contribuir de forma efetiva na educação das novas gerações. O programa Bolsa Escola comprova que, no governo do Flávio Dino, a educação tem prioridade real e caminhará em conjunto com o desenvolvimento e a geração de renda em todos os municípios maranhenses”, enfatizou o secretário de Estado de Desenvolvimento Social, Neto Evangelista.

A primeira Unidade Regional a receber a visita da equipe da Sedes foi na cidade de Pinheiro. “Viemos trazer a boa notícia de que a décima terceira parcela do Bolsa Família prometida pelo governador Flávio Dino será uma realidade com o Programa Bolsa Escola. Já a partir de janeiro de 2016, as famílias maranhenses vão receber, R$ 46,00 por filho em idade escolar e regularmente matriculado em escola pública, desde que esteja inscrito no Cadastro Único”, explicou o titular da Sedes.

O evento contou com a presença do vice-prefeito de Peri Mirim, Elieser Soares; do diretor da URE - Pinheiro, José Ribamar Dias; da secretária de Educação do município de Presidente Sarney, Ana Célia Guedes, além de gestores e técnicos municipais da educação, estudantes e seus responsáveis.

Em Arari, município que sediou a reunião da Unidade Regional de Educação de Viana, mais de 600 pessoas de 13 municípios receberam informações sobre o Programa. “Estou muito feliz em ter participado desse evento. Agora me sinto mais segura para explicar aos pais dos meus alunos como vai funcionar o Bolsa Escola e como esse programa é tão importante na educação dos nossos estudantes”, declarou a professora Maria Marques, servidora municipal de Arari. Também estiveram presentes ao evento o prefeito de Arari, Djalma Melo; o ex-prefeito Rui Filho; o presidente da Câmara Municipal, Evandro Piancó; além de secretários municipais, vereadores, agentes de saúde e comunidade em geral.

Não há necessidade de fazer inscrição no programa Bolsa Escola. Os dados dos beneficiários virão do Cadastro Único e levarão em conta a renda mensal por pessoa da família de até R$ 154,00 e a presença de estudantes de 4 a 17 anos em sala de aula. O cartão de débito chegará na casa de cada família, que deve procurar os estabelecimentos comerciais de seu município para a compra do material escolar”, explicou Ana Gabriela Borges, secretária adjunta de Renda de Cidadania e gestora do Bolsa Escola, durante reunião da URE – Pindaré Mirim, onde participaram os prefeitos do município, Walber Furtado e de Tufilândia, Raimundo Neto; além da presidente da Câmara de Vereadores, Judite Maria, e demais vereadores, secretários municipais e representantes de outros municípios da região como Igarapé do Meio, São João do Caru, Santa Inês, Alto Alegre e Pio XXII.

Não podemos deixar de parabenizar essa louvável iniciativa do Governo do Estado. Sabemos que o nosso país passa por uma grande crise, mas nosso governador teve a sensibilidade de honrar com mais um compromisso de campanha e contribuir, de fato, para a melhoria da qualidade de vida do povo do Maranhão”, reconheceu o prefeito de Tufilândia, Raimundo Neto.

A Caravana Bolsa Escola passou, ainda, pelo município de Zé Doca, onde a secretária Municipal de Assistência Social chamou atenção da população sobre a importância do apoio dos municípios para que o programa Bolsa Escola desse certo. “O Bolsa Escola é um sonho que bate na nossa porta. Vamos nos esforçar muito para efetivar e fiscalizar esse programa que só ajudará nossas crianças e adolescentes a irem mais motivados para a sala de aula. Temos que fazer a nossa parte”, afirmou Maria de Nazaré Melo.

O apoio dos municípios é fundamental para que as informações cheguem a todos os 1,5 milhão de crianças e adolescentes beneficiados com Bolsa Escola e aos proprietários de estabelecimento comerciais que podem se credenciar para vender os produtos incluídos na cesta do programa. Informações e o credenciamento de empreendimentos podem ser realizados pelo site www.bolsaescola.sedes.ma.gov.br As inscrições vão até o dia 15 de dezembro deste ano.

Nenhum comentário:

Postar um comentário