sexta-feira, 16 de outubro de 2015

Governo e Ministério da Justiça discutem ações de combate ao tráfico de drogas.

Governador Flávio Dino, o secretário nacional de Política de Drogas, Luiz Guilherme de Paiva, e representantes das secretarias estaduais de Segurança Pública e Saúde.
Expandir as ações de prevenção, saúde, assistência social e segurança na Política de Drogas do Maranhão foram alguns dos temas discutidos entre o governador Flávio Dino, o secretário nacional de Política de Drogas, Luiz Guilherme de Paiva, e representantes das secretarias estaduais de Segurança Pública e Saúde.

A criação dos centros de referência, de projetos para destinação de bens apreendidos do tráfico e dos programas de prevenção nas escolas, são algumas das iniciativas da Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas (Senad). “Estabelecemos metas para o Maranhão e a partir de agora iniciaremos diálogo com os interlocutores que conduzirão esses projetos no estado”, disse o secretário nacional, Luiz Guilherme.

O Governo do Estado estreita o diálogo com a Senad e UFMA para a possível implantação dos centros de referência de capacitação dos servidores que atuam na política de drogas, como policiais, juízes, promotores, defensores públicos, trabalhadores da Saúde, Assistência Social e Educação.

Queremos avançar com esse debate no Maranhão para contribuir com a política de prevenção e combate às drogas no estado”, disse o secretário Luiz Guilherme.

Para a promotora de Justiça Glória Mafra, a retomada da política de prevenção é o caminho a ser seguido. Para reduzir o sofrimento das famílias, os índices de violência, o número de tragédias e homicídios no Maranhão, a especialista em Defesa da Saúde defendeu que sejam estabelecidas políticas de prevenção. “Esse é um passo importante porque tudo começa com a prevenção. Ao unir os esforços entre o poder público e a sociedade avançaremos na proposição de medidas concretas para a política de drogas no Maranhão”, finalizou a promotora.

Nenhum comentário:

Postar um comentário