terça-feira, 8 de setembro de 2015

Mais de 11 mil passageiros embarcaram no Terminal Ponta da Espera neste feriado.

Nova portaria garantiu maior comodidade e tranquilidade no embarque de passageiros.
O balanço oficial das duas operadoras de ferryboat que atuam nos terminais contabilizou, entre a sexta-feira (4) até o meio-dia deste sábado (5) um total de 31 viagens do Terminal da Ponta da Espera, com 11.778 passageiros e 1.771 veículos. A média de passageiros – em período normal – é de 1.500 por dia.


A Empresa Maranhense de Administração Portuária – EMAP, que administra os terminais, em parceria com a Agência Estadual de Mobilidade Urbana – MOB, responsável pela regulamentação e fiscalização do serviço, empreenderam um plano de ação para o feriado. Destaque do plano foi a portaria lançada pela MOB que disponibilizou a venda antecipada das viagens extras, num total de 20 saídas diárias em horários fixos (número máximo atingido no período de maior pico, verificado durante o carnaval).

O objetivo da venda antecipada de passagens para viagens extras foi evitar o desconforto das longas filas e garantir a tranquilidade do. Tudo dentro do esforço do Governo do Estado para tornar esse sistema de transporte cada vez mais eficiente.

A ação conjunta tem foco na prevenção, com combate à superlotação de ônibus e vans, reforço policial e de organização de tráfego, além de ambulância. O plano teve a participação do Detran, Corpo de Bombeiros, Polícia Militar e Polícia Rodoviária Federal, das secretarias Municipal de Trânsito e Transporte, além das operadoras Serviporto e Internacional Marítima – que atuam nos terminais.

Estrutura

Para aumentar o conforto e a segurança da população que utiliza o transporte aquaviário, a Emap tem um amplo projeto estrutural para os terminais. O edital de licitação para o Terminal do Cujupe, que deve ser lançado até outubro, prevê a construção de uma nova estrutura, com integração rodoviária; a construção de passarelas de acesso interligando o terminal de passageiros à plataforma de embarque e desembarque, além de reformulação do pátio de espera e estacionamento.

Também estão programadas a reforma dos acessos à área do entorno; a reorganização do comércio e a ampliação das plataformas de embarque e desembarque.

Para a Ponta da Ponta da Espera estão abertos os editais de infraestrutura de internet e passarelas. O conjunto de obras com editais em fase de finalização inclui a pavimentação da plataforma de embarque e desembarque e a construção de área de vivência para fila de espera de automóveis, com estrutura de lanchonete e banheiros. E ainda a implantação de sinalização horizontal e vertical para ordenamento do fluxo de veículos e pessoas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário