segunda-feira, 21 de setembro de 2015

Governador recebe jovens parlamentares que representam o Maranhão em Brasília.

Governador Flávio Dino ao lado da secretária Área Prazeres e  de jovens selecionados para o Parlamento Jovem Brasileiro.
Três adolescentes maranhenses e um sonho em comum: participar do parlamento brasileiro com projetos de lei de sua própria autoria. Giórgia, Bruno e Leonardo, estudantes da rede pública estadual, foram selecionados para representar o Maranhão no Parlamento Jovem Brasileiro a partir deste domingo (20). Pela primeira vez o Governo do Estado concede todo o apoio e suporte aos jovens maranhenses selecionados no programa nacional.

O governador Flávio Dino recebeu-os no Palácio e ouviu sonhos, expectativas e os projetos de lei que levam os jovens até a Câmara Federal, onde por uma semana, conhecerão o dia a dia parlamentar. “Parabenizamos os projetos desses alunos e nós acreditamos que o protagonismo juvenil é importante para o presente. O que esses jovens representam é a participação estudantil no dia a dia, aqui e agora, isso é fundamental para a construção do novo momento que vivemos em nosso estado”, disse Flávio Dino.

Os projetos de lei dos estudantes maranhenses versam sobre temas como a ampliação da Lei do Estágio, a construção de berçários em instituições de ensino público para mães de baixa renda e nível mínimo de escolaridade para os cargos políticos. “Estamos trilhando um caminho com intuito de mudar a realidade do nosso estado e do nosso país. É um orgulho muito grande poder representar o Maranhão”, disse Giórgia Brito, jovem selecionada do município de Bacabal.

O maranhense Adão Randerson, de Colinas, foi o primeiro maranhense a participar do Parlamento Jovem Mercosul, participando de audiências sobre “O Ensino Médio que nós queremos” em 3 países e 11 estados. “Há dois anos quando fomos não tivemos apoio do estado, ou da Secretaria de Educação. Nós mesmos tivemos que ir atrás de patrocínio e dos empresários. Hoje os jovens parlamentares contam com todo o apoio do Governo do Estado e isso é maravilhoso”, disse Randerson.

Poder contribuir com o estado e acreditar que os jovens são protagonistas da história do seu município e de seu estado levou a ex-parlamentar juvenil Erislane Campos a participar do Programa Jovem Parlamentar do Mercosul.

Vi no Programa uma oportunidade de poder falar o que eu sempre pensei sobre a minha escola, sobre educação. Viajei para a Colômbia e para sete estados brasileiros e nunca imaginei sair de Sucupira do Norte, andar de avião e participar de discussões tão importantes para o meu estado e meu país”, disse Erislane.

Erislane e Randerson, que já participaram do Parlamento Jovem Mercosul, organizam fóruns, palestras e oficinas em seus municípios com o objetivo de criar espaços de troca de experiências com os demais estudantes da rede pública de ensino. Hoje, alunos do curso de Direito, os jovens maranhenses incentivam outros estudantes da rede pública de ensino para se inscreverem nas próximas edições do projeto.

Os jovens selecionados, Bruno Noleto, do município de Paraibano, Leonardo Almeida, de São Luís e Giorgia Brito, de Bacabal, recebem todo o apoio logístico do Governo do Estado, através da Secretaria Estadual de Educação. “Do meu município para São Luís são 9h de viagem. O Governo têm-nos dado toda a assistência com deslocamento dos nossos municípios para a capital e alimentação, hospedagem, roupas para viajarmos até Brasília, para representar o nosso estado na Câmara”, disse Bruno Noleto.

Jovens protagonistas, participativos e agentes de transformação da sociedade. A secretária Áurea Prazeres destacou o empenho da Secretaria de Educação em incentivar a participação dos estudantes no cotidiano da comunidade escolar.

Ao todo, 78 estudantes de 2º e 3º anos do Ensino Médio de todo o país foram selecionados pela Câmara dos Deputados para o Programa Parlamento Jovem Brasileiro 2015. No período de 20 a 25 setembro os estudantes serão diplomados como Deputados(as) Jovens e tomarão posse em uma sessão solene realizada no Plenário Ulysses Guimarães. Investidos de um mandato legislativo de uma semana, formarão uma mesa diretora própria e também comissões temáticas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário