sábado, 29 de agosto de 2015

Governo recupera rodovias estaduais no sul do estado.

Na MA 275 os trabalhos de recuperação estão adiantados
O governo do Maranhão intensifica os trabalhos de recuperação de duas rodovias estaduais no sul do estado. A MA 335, que liga Porto Franco a São João do Paraíso e a MA 275, entre a cidade de Sítio Novo e o povoado de Santana. Além de oferecer mais segurança no tráfego de veículos, a recuperação das rodovias facilita o escoamento da safra regional.

De acordo com o secretário de Estado de Infraestrutura, Clayton Noleto, a recuperação das rodovias é determinação do governador Flávio Dino para restaurar a trafegabilidade das estradas maranhenses. “O que buscamos é oferecer as condições estruturais para o estado se desenvolver, essa é a determinação do governador Flávio Dino. Por isso, estamos restabelecendo o tráfego em nossas rodovias, a exemplo dessas duas Mas de fundamental importância para as Regiões Tocantina e Sul do estado”, explicou.

A recuperação da MA 335, de Porto Franco a São João do Paraíso foi iniciada, na segunda-feira (24) e deve ser concluída até sábado (29). São 42 quilômetros de rodovia recuperada, facilitando o deslocamento das comunidades rurais dos dois municípios e o escoamento das produções agrícola e pecuária de toda a região.

Recuperação da MA 335 será concluída neste sábado (29)
O lavrador aposentado Osvaldo Marinho sempre faz o trajeto de Porto Franco ao povoado Coité e está otimista com os serviços. “Estava ruim e fechando os buracos vai melhorar muito”, avalia. Já o lavrador Antônio Marcos Costa aponta os benefícios na segurança e nas despesas trazidos pela recuperação da MA 335. “Livra a gente dos acidentes e economiza na manutenção dos veículos. Bater em um buraco fica um custo muito alto para gente que paga imposto e faz questão de andar por uma estrada que tenha boas condições”, disse.

As obras de recuperação de dois trechos da MA 275, entre Sítio Novo e o povoado Santana e entre Sítio Novo e Amarante estão dentro do cronograma de execução. A pedido da população foram incluídas no pacote de obras as vicinais que dão acesso ao assentamento Curitiba e à aldeia indígena Governador, ambas já terminadas.

O acesso entre várias cidades da região e até mesmo a Imperatriz, já está mais fácil. Estudei quatro anos em Grajaú e sei o quanto é ruim andar nessa estrada cheia de buracos. Essa recuperação é um benefício muito grande pra todo mundo”, comemorou a vendedora Cleidiane Maracaipe.

Nenhum comentário:

Postar um comentário