sexta-feira, 5 de junho de 2015

Polícia Militar realiza Operação Catraca e monta barreiras nas principais avenidas da Grande São Luís durante o feriado.

A Polícia Militar fez abordagens a veículos do transporte coletivo para evitar assaltos e apreender armas e drogas.

Seguindo determinação do comandante geral da Policia Militar do Maranhão (PMMA), coronel Marco Antônio Alves da Silva, o Comando do Policiamento Especializado (CPE), realizou operações nas principais Avenidas e áreas adjacentes da Região Metropolitana de São Luís. A operação começou no final da tarde desta quinta-feira (4) e se estendeu por toda a noite, com o objetivo de diminuir a violência, evitar assaltos a coletivos, tirar de circulação armas de fogo, drogas e prender assaltantes e traficantes.

O CPE é comandado pelo coronel José Frederico Gomes Pereira, que distribuiu as equipes do choque, Rotam, Epmont e Força Tática, para que realizassem abordagens a coletivos, veículos de pequeno porte e a pedestres por meio de barreiras formadas nos principais corredores da capital.

Durante a noite foram feitas incursões nos bairros com alto índice de violência.

Operação Catraca

Durante a coletiva de imprensa, realizada na manhã desta quinta-feira (4), o secretário de Segurança Pública, Jefferson Portela, e o comandante-geral da Polícia Militar, coronel Marco Antônio Alves lembraram o assalto a ônibus que aconteceu no final da tarde da última quarta-feira e que acabou com a morte de duas pessoas, após a reação de um passageiro do coletivo.

Para evitar que situações como está voltem a acontecer, a Polícia Militar do está reforçando a Operação Catraca, que consiste em rondas nos coletivos em busca de pessoas e atitudes suspeitas. Outra ação preventiva é a análise individual de autores de crimes que cometem assaltos a ônibus.

A operação Catraca visa combater a criminalidade dentro dos coletivos e evitar que a população sofra algum tipo de violência. Estamos intensificando esta operação com todo o comando reforçado para atuar nos coletivos", afirmou o coronel Alves.

Nenhum comentário:

Postar um comentário