domingo, 14 de junho de 2015

Neto Evangelista ao lado de Nauber Braga realiza vistoria técnica em Restaurante Popular do Maiobão para implementação de melhorias.

Secretário Neto Evangelista ao lado de Nauber Braga durante visita técnica ao Restaurante Popular do Maiobão.
O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social (Sedes) está cumprindo um cronograma de vistorias técnicas aos equipamentos sociais do Estado, a fim de implementar melhorias e adequações que otimizem o acesso dos seus beneficiários. Em continuidade a este calendário, o secretário Neto Evangelista, acompanhado da equipe técnica da Secretaria Adjunta de Segurança Alimentar e Nutricional (SASAN), e do Presidente Municipal do PSDB de Paço do Lumiar, o jornalista Nauber Braga, visitou o Restaurante Popular do bairro Maiobão, na sexta-feira (12), quando analisou o funcionamento do estabelecimento e conversou com alguns frequentadores.

A dona de casa Rosa Maria Campelo, de 33 anos, contou que diariamente leva a família para almoçar no restaurante, porque é mais prático e econômico. “Esse lugar traz muitos benefícios aos moradores do meu bairro. Eu, por exemplo, economizo comida pra sete pessoas durante cinco dias por semana. Além disso, temos orientação de nutricionistas e a comida é balanceada, saudável e com preço acessível”, destacou a dona de casa.

O secretário Neto Evangelista explicou que essas visitas são extremamente importantes para desenvolver melhor o trabalho da segurança alimentar para os maranhenses em situação de vulnerabilidade social e ouvir de quem realmente utiliza os serviços sobre como está o funcionamento dos equipamentos sociais.

É preciso acompanhar de perto a satisfação do público. O restaurante foi bastante elogiado, desde o atendimento, até o cardápio. Isso nos motiva a trabalhar cada vez mais por melhores condições de vida para a população maranhense. Para isso, o governo Flávio Dino está com novos projetos implantados nos restaurantes, como a orientação e a avaliação nutricional, além do curso de capacitação na área de educação alimentar, que está com inscrições abertas para atender os usuários”, explicou o secretário.

Para a secretária adjunta de Segurança Alimentar e Nutricional, Lourvidia Caldas, a avaliação da visita foi a melhor possível. “Todas as pessoas com quem conversamos elogiaram o Restaurante, que está funcionando satisfatoriamente. Temos um cardápio variado, que passou a contar, inclusive, com o peixe, que era uma solicitação muito antiga dos usuários, mas que já está sendo servido uma vez por semana. Estamos trabalhando para aprimorar cada vez mais a segurança alimentar e nutricional das pessoas beneficiadas pelos Restaurantes Populares”, afirmou a secretária.

A aposentada Maria de Jesus Santos, de 82 anos, comemora o fato de não ter que cozinhar todos os dias somente para ela. “Esse Restaurante é uma benção para mim que moro praticamente só. Meu filho não almoça em casa e eu venho almoçar aqui todos os dias. Aqui a comida é boa, eu só gasto R$ 5,00 por semana e economizo nas despesas de casa. O Restaurante é muito limpo e o atendimento é ótimo, sempre priorizam os idosos e as pessoas com deficiência”, reconheceu a aposentada.

O Restaurante Popular possui unidades nos bairros do Maiobão, Anjo da Guarda, Cidade Olímpica, Vila Luizão, Coroado e Liberdade. Cada restaurante oferece 1.000 refeições diárias, com refeição completas que custam R$ 1,00. O horário de funcionamento é de segunda a sexta-feira, das 11h às 14h30.

Parcerias

Em parceria com instituições de ensino superior, a Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes) está oferecendo orientação e avaliação nutricional em todos os Restaurantes Populares administrados pelo Governo do Estado. O atendimento consiste em cálculo do Índice de Massa Corpórea (IMC), aferição de pressão e repasse de informações sobre alimentação adequada aos frequentadores, a fim de evitar doenças relacionadas à alimentação.

Por meio do Programa Cozinha Brasil, foi estabelecida outra parceria entre a Secretaria de Desenvolvimento Social e o Serviço Social da Indústria (Sesi) para a realização de cursos com o objetivo de capacitar a população na área de educação alimentar, através de aulas sobre receitas saudáveis e econômicas com o reaproveitamento integral de alimentos. A proposta é que seja ofertado o curso em um restaurante por vez, alcançando a todos os restaurantes populares do Estado. No mês de junho, as inscrições estão abertas no Restaurante Popular do Maiobão e tem previsão de inicio para a próxima terça-feira (16).

Nenhum comentário:

Postar um comentário