quarta-feira, 27 de maio de 2015

Governo apresenta projeto do Iema a prefeitos e define data para indicação dos terrenos.

Secretário Bira do Pindaré apresenta a prefeitos o projeto de instalação do Iema.
O Governo do Maranhão, por intermédio da Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti), reuniu, na manhã de segunda-feira (25), os prefeitos dos municípios contemplados com as primeiras unidades do Instituto de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (Iema).

Segundo explicou o secretário de Estado de Ciência e Tecnologia, Bira do Pindaré, o objetivo do encontro foi apresentar o projeto de instalação do Instituto, orientar os critérios e processo para doação do terreno, além de aproximar, ainda mais, os 23 municípios deste projeto, que, para ele, é estratégico para o desenvolvimento social e econômico do estado.

Secretário Bira do Pindaré com os prefeitos contemplados com as primeira unidades do Iema

O Maranhão tem pressa. Portanto, precisamos agilizar o processo de doação dos terrenos. Já temos o recurso para fazer a licitação e iniciar a execução das obras das 23 unidades anunciadas pelo governador Flávio Dino”, destacou o secretário.

Bira do Pindaré acredita que este é o melhor caminho para instalar esta, que para ele, é uma grande rede de educação profissional e tecnológica. “Nosso objetivo é gerar oportunidade para os nossos jovens, sobretudo, para os que mais precisam. A partir da garantia de qualificação profissional e geração de emprego e renda”, explicou ele.

No final da reunião, ficou definida a data de 12 de junho como data limite para que as prefeituras indiquem os terrenos que serão doados ao Governo do Estado para a construção das unidades do Iema em cada município.

Conforme o secretário, após a indicação, a Secti fará a devida vistoria da área. “O Iema é um projeto que visa atender, prioritariamente, os que mais precisam. Então, é necessário que os terrenos estejam localizados em áreas acessíveis para a população mais pobre, que seja adequada para a instalação do instituto, atendendo os critérios do MEC e do Governo do Estado. Estamos fazendo esse trabalho com muita responsabilidade para que ele sirva, de fato, da maneira mais adequada à nossa população”, salientou o secretário Bira do Pindaré.​

Nenhum comentário:

Postar um comentário