terça-feira, 28 de abril de 2015

Prefeita de Raposa Thalyta Laci pretende gastar quase R$ 1, 2 milhão em combustível em 8 meses.

Por mês a prefeitura poderá gastar mais 100 mil de combustível com os veículos.

Com a popularidade em baixa e com sérios riscos de não se manter mais no poder, a prefeita do município de Raposa Thalyta Laci (PC do B), que está há poucos dias à frente da prefeitura, autorizou através do seu irmão, o Secretário Municipal de Administração e Planejamento, Leandro Pequeno de Oliveira, altos gastos com o dinheiro público na compra de combustível. Os gastos exorbitantes com o dinheiro do povo raposense e o pouco desempenho da prefeita em prol da coletividade têm sido os fatores principais para o desgaste da gestão.

O que chama atenção é o alto valor da compra de combustível em dois contratos que somados chega a cifra de R$ 1.171.951,90 (um milhão, cento e setenta e um mil, e novecentos e cinquenta e um reais, e noventa centavos), ambos os contratos tem vigência de 06/04/2015 a 31/12/2015, ou seja em 8 meses.


O primeiro contrato, de pregão presencial nº 003/2015, assinado com a empresa P S LAZERA COMÉRCIO DE COMBUSTÍVEIS LTDA, tem o valor de R$ 939.101,70 para o fornecimento parcelado de combustíveis (Etanol, Óleo Diesel Comum e Gasolina Comum), com vistas ao atendimento de diversas secretarias do município.


Já o outro contrato, de pregão presencial nº 003/2015, assinado com o POSTO AMERICANO LTDA. REFERÊNCIA, tem o valor de R$ 232.850,20 para fornecimento parcelado de combustíveis (Óleo Diesel, tipo S -10) com vistas ao atendimento de diversas secretarias do município.


Veja as resenhas dos contratos.


Contratos para aquisição de combustível para veículos da prefeitura 

O curioso, é que a cidade de Raposa possui atualmente apenas 29.167 habitantes (Estimativa 2014), e aproximadamente 66 km². O município tão pequeno não deve ter uma frota de veículos tão grande assim, não é?

Além dos dois contratos, a prefeitura de Raposa assinou outro contrato com o POSTO AMERICANO LTDA. REFERÊNCIA, para aquisição parcelado de Gás Liquefeito de Petróleo, tipo GLP, 13 kg, com vistas ao atendimento de diversas secretarias no valor de R$ 21.074,68.

Veja a resenha do contrato.




Um comentário: