sexta-feira, 24 de abril de 2015

Governo discute Programa Escola Digna com gestores municipais.

Secretária Áurea Prazeres detalhou ações do ‘Escola Digna’ que será desenvolvidas em parceria com os municípios
As ações do Programa Escola Digna, instituído pelo governador Flávio Dino, foram discutidas por secretários municipais de educação, gestores, professores e técnicos durante o XV Fórum Estadual da União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime) realizado, na quinta (23) e sexta-feira (24), no auditório do Palácio Henrique de La Rocque, no Calhau.

A secretária de Estado da Educação, Áurea Prazeres, destacou que, além de erradicar do estado as escolas de taipa e palha, o Escola Digna vai garantir a todos os maranhenses uma educação pública de qualidade, com apoio e assessoria técnica às redes municipais na elaboração de seus planos de educação, além da formação continuada dos profissionais da educação. 

O programa está sendo aplicado pela Seduc, em regime de parceria com as prefeituras. “Governo e municípios estão trabalhando juntos, empenhados em efetivar o pacto pela escola pública de qualidade, para que as políticas públicas educacionais possam ser acessíveis a todos e assim se consolidem, com qualidade, em todo território maranhense”, enfatizou a secretária Áurea Prazeres.

Coordenadora da formação de professores, Socorro Leal, destacou a criação da rede de formadores em todas as UREs
O presidente da Undime e secretário municipal de Educação de São Luís, Geraldo Castro Sobrinho, ressaltou a importância do debate para assegurar políticas que contribuam na construção de uma educação de qualidade. “A temática escolhida para o Fórum é de extrema relevância porque nos possibilitou o debate para assegurar políticas que contribuam na construção de uma Pátria Educadora. Também é por meio do regime de colaboração entre Estado e municípios que fortalecemos os municípios na construção de seus planos municipais de educação”, disse.

Presente no evento, a secretária municipal de Educação de Caxias, Maria Lúcia Aguiar Teixeira, destacou a importância do apoio aos municípios. “Comungar das mesmas ideias, Estado e município, no âmbito da educação, tanto para o ensino fundamental, quanto para o ensino médio, vai nos possibilitar a construção de uma política estadual de educação que contemple a necessidade de toda a comunidade escolar e de toda sociedade maranhense”, declarou. 

Rede de formadores

Na ocasião, a coordenadora da Rede de Formadores, Socorro Leal, detalhou as ações de um dos eixos estruturantes do programa Escola Digna, que é a formação continuada dos profissionais da educação. Ela destacou que a meta da Rede de Formadores é reforçar o ideal da escola digna e mostrou, também, a importância da parceria com os municípios para sucesso do programa. “A parceria com os municípios e as ações das Unidades Regionais de Ensino (UREs) garantem as articulações para a formação continuada”, pontuou.

As ações de formação continuada serão descentralizadas, respeitando a autonomia e especificidades de cada regional. É uma ação estruturante da educação, que além de possibilitar a elevação dos indicadores educacionais melhora a aprendizagem. A coordenadora Socorro Leal informou aos presentes que a Rede de Formadores é composta por representantes das 19 UREs e demais técnicos das etapas e modalidades de ensino. Ela esclareceu que o apoio pedagógico é a primeira ação estruturante que já está ocorrendo nas UREs, atendendo 100% dos estudantes do 5º e 9º do Ensino Fundamental e 3º ano do Ensino Médio.

Nenhum comentário:

Postar um comentário