sexta-feira, 10 de abril de 2015

Estudantes fazem manifestação contra perseguição política a diretora de escola em Raposa.

Estudantes do C.E.M Prof º José França de Sousa, colocaram a prefeita Thalyta Laci contra parede.

Estudantes revoltados com exoneração da diretora da unidade de ensino
Estudantes do C.E.M Prof º José França de Sousa, no município de Raposa, realizaram na manhã desta quinta-feira (09) uma manifestação pedindo o retorno da diretora da escola, a professora Rita de Cássia Carneiro Barros, esposa do presidente da Câmara Municipal da cidade, que foi exonerada do cargo, sem que nenhuma explicação fosse dada aos alunos após uma publicação no Diário Oficial do Estado do Maranhão (Clique aqui).

Segundo os estudantes, a professora “Cassinha”, como é carinhosamente conhecida, já estava no cargo há vários anos, era mais que um simples diretora, pois era amiga e fazia uma grande diferença na instituição.

Em entrevista a nossa redação, via whatsapp os estudantes contaram que o convívio com o ex-diretora era ótimo, pois estava sempre presente procurando saber de tudo na escola e sempre conversando com os alunos e funcionários da melhor forma possível.

Ela não é um simples diretora. Ele é amiga dos alunos e isso faz uma grande diferença, ela procura atender a todos da melhor forma possível, estando sempre presente dando atenção a todos e ainda é conselheira dos alunos” enfatizou um dos estudantes.

Segundo os estudantes da unidade, não existe motivo algum para exoneração, mas que teria sido feito uma denúncia anônima dizendo que a atual prefeita Talita Medeiros (PC do B), e seu pai o ex – prefeito José Laci supostamente estaria por trás da decisão da Secretaria de Estado da Educação (clique aqui).

Vamos ficar sem diretora até o final do ano? Porque até agora nós não tivemos nem uma justificativa. Exigimos respeito, queremos saber o motivo da exoneração!” concluiu a estudante Alice. Uma campanha intitulada #FicaCassinha, está circulando pelas redes sociais deste a noite de quarta – feira (08). 

Estudantes realizaram um ato de repúdio em frente ao prédio da prefeitura 
A prefeita Thalyta Laci preocupada com a repercussão negativa do caso, tenta de todas as formas desassociar seu nome ao fato. Mas a tentativa desesperadora da prefeita não está dando muito certo, os estudantes em ato de solidariedade a ex – diretora da escola, fizeram um ato de repúdio contra a prefeita Thalyta Laci em frente ao prédio da prefeitura. Muitos acreditam, que a exoneração da ex – diretora se deu pelo simples fato do seu marido, o vereador Eudes Barros (PRTB), não concorda com os atos irresponsáveis que a prefeita vem fazendo na administração da cidade.

Acompanhe o vídeo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário