quarta-feira, 1 de abril de 2015

Estudante do Instituto Florence é assassinado covardemente ao reagir a um assalto de menores infratores no Centro.

Revolta, indignação e comoção após o assassinato do estudante de Odontologia do Instituto Florence.

O estudante Rafael Serra Santos, de 27 anos, do curso de Odontologia do Instituto Florence foi covardemente assassinado na manhã desta quarta-feira (1), por volta das 08h30min, na rua Rio Branco (Centro), a poucos metros do estabelecimento de ensino onde estudava.

De acordo com informações, o jovem estava a caminho da faculdade quando dois menores anunciaram o assalto. Segundo testemunhas ouvidas pelo repórter Domingos Ribeiro, da Mirante AM, que deu a notícia em primeira mão, Rafael dirigia-se da Praça Deodoro em direção ao Florence, portando uma mochila, quando nas proximidades da Praça Odorico Mendes foi abordado pelo dois menores que pediram o seu telefone celular. Infelizmente ele reagiu ao assalto e ainda chegou a dar tapas num dos assaltantes que tentava agredi-lo, mas o outro puxou a arma e o atingiu com o tiro no rosto.

O assassinato do estudante causou indignação e revolta entre as pessoas que passavam pelo local e colegas de aula da vítima. Segundo uma estudante do Instituto, os assaltos são frequentes naquele local e a maioria deles é praticada por menores infratores. "Os dois que mataram Rafael ainda têm aparência de garotos, franzinos, mas já portando arma de fogo. Os assaltos são comuns principalmente porque a esta hora do dia não há nenhuma viatura da polícia ou mesmo soldados a pé circulando pela área para inibir os bandidos" frisou o estudante indignado.

O crime choca mais ainda, porque ocorre um dia depois da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara Federal aprovar, por 42 votos a 17, nesta terça-feira a admissibilidade da proposta de emenda à Constituição (PEC) que reduz de 18 para 16 anos a maioridade penal no Brasil (clique aqui).

Acompanhe o vídeo.

3 comentários:

  1. NOTA DE ESCLARECIMENTO



    A Diretoria do Instituto Florence de Ensino Técnico e Superior, a respeito do latrocínio ocorrido na manhã desta quarta-feira, 1º de abril, por volta das 7h, na Rua Rio Branco, vem a público esclarecer que a vítima, Rafael Serra Santos, de 25 anos, não é aluno da instituição.



    Segundo os familiares da vítima, que conversaram com funcionários do Florence, ele estaria dirigindo-se a uma consulta médica, quando foi surpreendido, segundo informações de testemunhas, por um assaltante armado e reagiu à investida criminosa, tendo sido baleado com um tiro na cabeça.



    A Diretoria lamenta a tragédia e solidariza-se com a família da vítima. Ao mesmo tempo, enfatiza sua responsabilidade para com a segurança interna de seus alunos e funcionários, adotando três tipos de monitoramento: o eletrônico, as rondas internas e a vigilância de portaria e corredores, com serviços prestados pela empresa Newserv.



    Outrossim, a instituição estimula as rondas policiais naquela área do centro de São Luís, por entender a importância da segurança pública para o cidadão, e para a garantia da integridade física de seu corpo discente, docente e funcionários.



    Instituto Florence de Ensino Técnico e Superior

    Rua Rio Branco, 216 – Centro

    998) 3878-2120
    Solicitamos que seja amplamente divulgado.

    ResponderExcluir
  2. NOTA DE ESCLARECIMENTO



    A Diretoria do Instituto Florence de Ensino Técnico e Superior, a respeito do latrocínio ocorrido na manhã desta quarta-feira, 1º de abril, por volta das 7h, na Rua Rio Branco, vem a público esclarecer que a vítima, Rafael Serra Santos, de 25 anos, não é aluno da instituição.



    Segundo os familiares da vítima, que conversaram com funcionários do Florence, ele estaria dirigindo-se a uma consulta médica, quando foi surpreendido, segundo informações de testemunhas, por um assaltante armado e reagiu à investida criminosa, tendo sido baleado com um tiro na cabeça.



    A Diretoria lamenta a tragédia e solidariza-se com a família da vítima. Ao mesmo tempo, enfatiza sua responsabilidade para com a segurança interna de seus alunos e funcionários, adotando três tipos de monitoramento: o eletrônico, as rondas internas e a vigilância de portaria e corredores, com serviços prestados pela empresa Newserv.



    Outrossim, a instituição estimula as rondas policiais naquela área do centro de São Luís, por entender a importância da segurança pública para o cidadão, e para a garantia da integridade física de seu corpo discente, docente e funcionários.



    Instituto Florence de Ensino Técnico e Superior

    Rua Rio Branco, 216 – Centro

    998) 3878-2120
    Solicitamos que seja amplamente divulgado.

    ResponderExcluir
  3. Foi exatamente que horas isso ??

    ResponderExcluir