terça-feira, 14 de abril de 2015

Caso Clodomir: Suposta manobra no TRE - MA poderá adiar pedido de ex - prefeito de Raposa ao TSE.

Aliados da prefeita comemoram com antecedência um suposto pedido de vista de um magistrado no processo dos embargos protelatórios.

O empresário Jorge Otoch através das redes sócias mostra sua forte ligação com o desembargador e a prefeita Thalyta Laci 
O titular deste blog, foi informado agora a pouco, que pessoas ligadas ao grupo da prefeita Thalyta Laci (PC do B), já comemoram com antecedência um suposto pedido de vista de um magistrado no processo dos embargos protelatórios, que atrapalham o ex-prefeito Clodomir Oliveira (PRTB) de recorrer ao TSE - Tribunal Superior Eleitoral. 

Os comentários na cidade, que estão sendo espalhados pelos quatro cantos do município, apontam para o desembargador Eulálio Figueiredo, que tem fortes ligações de amizade com pessoas aliadas a administração, entre elas, aparece o nome do empresário Jorge Otoch. 

A suposta manobra, caso confirmado irá adiar o julgamento dos embargos, garantindo mais alguns dias a permanência de Thalita Laci no cargo de prefeita. E atrapalhando o recurso do ex-prefeito Clodomir Oliveira que pretende entrar com uma Ação Cautelar, com pedido de liminar no TSE, em Brasília.

O julgamento dos embargos estava previsto para esta segunda-feira, 13, mas por problemas particulares de alguns desembargadores a sessão foi adiada para hoje, 14. O suposto pedido de vista do desembargador Eulálio pode ocorrer ou na sessão de hoje, ou então na sessão desta quarta-feira, 15.

Acontece, que informações dão conta que a última sessão da alta Corte Eleitoral Maranhense deste mês de abril, poderá ser nesta quarta-feira dia 15. E que as próximas sessões só serão realizadas no mês de maio. 

Se os episódios, caso se concretize, colocará novamente o TRE – MA no centro de suspeitas. E ficará comprovado as manobra absurdas para impedir que o ex-prefeito Clodomir Oliveira tenha o direito de recorrer ao TSE.

Um comentário:

  1. Esse empresário falido pode , através de amizade, mudar a data de um julgamento na justiça maranhense? Só neste Estado mesmo .

    ResponderExcluir