quinta-feira, 16 de abril de 2015

Caso Clodomir: Manifestação no TRE - MA marca novo adiamento dos embargos do ex - prefeito de Raposa.

A sede do TRE - MA voltou a ser palco de manifestações, e de vergonha após novo adiamento dos embargos do ex - prefeito Clodomir.

Moradores da Raposa voltaram a manifestar em frente a sede do TRE - MA pedindo maior celeridade no processo de  cassou o mandato do ex - prefeito.
A tarde desta quarta – feira (15/04), foi marcada pelo novo manifesto promovido pelos moradores do município de Raposa, em frente à sede do TRE-MA – Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão, contra a demora no julgamento de embargos protelatórios, no processo que cassou o mandato do ex-prefeito do município, Clodomir Oliveira (PRTB), no dia 24 de fevereiro deste ano. 

Os manifestantes voltaram a fazer um grande apitaço, pelo fato do desembargador Lourival Serejo, após se reunir com uma comissão de moradores da cidade no ultimo manifesto (clique aqui), ter garantido que os embargos estavam maduros o suficiente para serem julgados hoje dia 15. Porém, o processo novamente foi adiado.

A desembargadora Alice Rocha, relatora do processo, se declarou insegura para despachar os embargos que perderam a importância, já que o objeto do recurso, já não existe mais. Ou seja, os embargos são meramente protelatórios. De uma maneira vergonhosa, a magistrada desmoraliza a Corte Eleitoral Maranhense e brinca com o sentimento do povo de Raposa, ao continuar sentada em cima dos embargos que impedem que Clodomir recorra a Brasília e tenha chances de manter a vontade da maioria dos raposenses que o elegeu em 2012.

Os manifestantes revoltados com atitude da desembargadora Alice Rocha, interditaram a a Avenida Vitorino Freire e permaneceram por mais de 4 horas gritando palavras de ordem em frente à sede do TRE – MA. O trânsito no local ficou complicado e causou muitos transtornos aos motoristas que passavam pelo local.

O desembargador Guerreiro Junior Presidente do TRE - MA, após receber uma comissão de moradores da Raposa garantiu que o processo será julgado dia 22.



Foi então, que o Presidente da Corte Eleitoral, o desembargador Guerreiro Jr, recebeu alguns moradores raposenses e decidiu colocar um ponto final nesta história, e garantiu que o processo será julgado na próxima quarta-feira (22) sem adiamento. 

Agora é aguarda pra ver, e torcer para que o TRE - MA, não seje palco de um novo escândalo!

Acompanhe o vídeo.

Um comentário:

  1. No meio jurídico já é certeza que no dia 22/04 a Desembargadora Eleitoral Alice, Relatora dos Embargos de Declaração estará com problemas de saúde e não poderá comparecer ao TRE / MA e consequentemente não haverá julgamento da matéria. Ficando pra se discutir e votar em uma outra oportunidade, talvez em maio, junho ou julho....

    ResponderExcluir