quarta-feira, 29 de abril de 2015

Aliados de Talita Laci se preparam para comemorar o não julgamento de agravo, no caso do ex-prefeito da Raposa. E agora desembargadores! Como eles sabem disso?

O desespero começa a tomar conta da família da atual prefeita da Raposa, que só chegou ao cargo por conta de um processo de cassação que tirou do cargo o prefeito eleito pela maioria dos votos, Clodomir de Oliveira. Processo este, cercado de suspeitas de articulações tendenciosas nos corredores do Tribunal Regional Eleitoral – (TRE). E como todos sabem do envolvimento de deputado que é aparentado de um forte membro do Judiciário maranhense.

As imagens do TRE-MA; dos desembargadores e assessores de desembargadores daquela Corte, andam bastante desgastadas em todo o Estado, por conta desta intrigante “cassação” do prefeito da Raposa.

O pai da prefeita Talita Laci, o ex-prefeito ficha-suja também de Raposa, José Laci, chegou a usar blogs e até mesmo a Polícia Federal para tentar intimidar o vice-presidente e corregedor do Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão (TRE-MA), desembargador Lourival de Jesus Serejo Sousa, que foi denunciado na PF (clique aqui). A denúncia, que mais parece uma brincadeira de criança, diz que “cópias de um áudio indicam uma conversa de eleitores de Clodomir para tentar reverter a decisão do TRE”, para retornar o prefeito eleito Clodomir de Oliveira dos Santos, que está afastado do cargo desde fevereiro deste ano. José Laci brinca com a seriedade dos desembargadores e da Policia Federal maranhense. Demonstrando o ponto mais alto do desespero, com a possibilidade visível de que Talita Laci seja derrubada pela Justiça e o cargo de prefeito volte a quem é de direito, o prefeito eleito Clodomir dos Santos, a prefeita do “TAPETÃO” protocolou anteontem, uma Ação Cautelar visando impedir o julgamento de agravo que impede que o prefeito de direito, Clodomir, possa recorrer ao TSE em Brasília, e assim retomar legalmente e moralmente ao cargo de prefeito da cidade de Raposa.

Aliados de Talita Laci na Raposa e em outras partes do Maranhão espalham que caixas de foguetes e de cervejas já estriam compradas para comemorar, pois o caso da Raposa não seria julgado hoje. Como eles sabem disso?

Será que o TRE do Maranhão não terá o mínimo de vergonha e aceitará compactuar com essa armação que está deixando toda a sociedade do Maranhão enojada?

Será que o TRE do Maranhão, uma Corte Eleitoral altamente respeitada, se deixará perder a moral e o respeito aceitando manobras visivelmente protelatórias, que nitidamente beneficiariam a atual prefeita, que tem feito tanto estrago na administração publica do município?

A sociedade do Maranhão e a comunidade jurídica nacional esperam que TRE do Maranhão mostre a sua cara, mostre que não trabalha para defender os interesses de meia dúzia de políticos inescrupulosos e nocivos ao povo da cidade de Raposa, e faça a Justiça como deve ser feita.

Nenhum comentário:

Postar um comentário