terça-feira, 31 de março de 2015

Governador Flávio Dino assina termo de concessão para exploração de gás no estado.

Reunião foi acompanhada pelo vice-governador Carlos Brandão, por representantes da Ouro Preto Oléo e Gás e pelo deputado federal José Reinaldo Tavares


O governador Flávio Dino assinou a concessão de exploração de terra à empresa Ouro Preto Oléo e Gás para o desenvolvimento das atividades de exploração e produção de petróleo e gás natural no estado. A assinatura ocorreu na segunda-feira (30), no Palácio dos Leões, e foi acompanhada pelo vice-governador Carlos Brandão, pelo deputado federal José Reinaldo Tavares e por representantes da empresa.

O presidente da Ouro Preto Oléo e Gás, Rodolfo Landi, ressaltou a importância do investimento para o Maranhão. “Esta assinatura de concessão é uma excelente oportunidade que o governo abre junto a Gasmar para a troca de informações com o setor privado na área de produção que irá beneficiar o estado e também a Ouro Preto Óleo e Gás, que faz parte da iniciativa privada”, comentou Rodolfo Landi. 

O processo exploratório de gás já foi iniciado no solo maranhense com o levantamento do potencial de consumo de gás e o garimpo de blocos gaseificados. “O primeiro passo foi dado para que nossas atividades exploratórias comecem o mais rápido possível. Uma espécie de ultrassonografia do solo e o levantamento císmico detalhado foram feitos para que possamos posicionar o processo de retirada de gás”, explicou Rodolfo. 

Sobre a empresa 

A Ouro Preto Óleo e Gás é uma companhia brasileira criada em 2010 cuja missão é ser uma empresa integrada de energia, com foco nas atividades de exploração e produção de petróleo e gás natural, desenvolvendo boas práticas de governança corporativa, sustentabilidade e preservação do meio ambiente. A companhia utiliza em seus projetos tecnologias de última geração, capazes de obter o melhor desempenho dos ativos e minimizar os riscos inerentes à atividade. 

Atualmente, a Ouro Preto possui os direitos de exploração de 12 blocos, que compreendem uma área total de 12.538,2 km², localizados nas Bacias do Parnaíba, Barreirinhas e Recôncavo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário