sexta-feira, 16 de janeiro de 2015

Estudante natural de Paço do Lumiar fecha redação do Enem com 960 pontos.

Elaine Batalha fechou a redação com 960 pontos.

A cidade de Paço do Lumiar está sendo destaque no cenário estadual nas notas divulgadas pelo Exame Nacional de Ensino Médio (Enem). Uma estudante natural da nossa cidade e que terminou seu Ensino Fundamental no município quase fechou a redação do Enem 2014. 

Se trata da estudante Elaine Raissa Batalha Reis, filha de Elisangela Batista Oliveira Batalha e José de Ribamar Reis, o conhecido "Manga Larga", ambos moradores de Paço do Lumiar. A jovem obteve 960 pontos na Redação do Enem, considerada, na última edição, de alta dificuldade por parte dos especialista. 

Em conversa com o blog, Elaine, disse que nunca fez nenhum tipo de curso preparatório, ou pré - vestibular. De acordo com a estudante, ela cursava Hotelaria na UFMA, mas por não conseguir conciliar o curso com o emprego, foi obrigada a trancar. "Meu objetivo seria usar a nota para transferir meu curso, ou conseguir uma bolsa integral", disse Elaine ao titular do blog. 

A estudante Elaine Batalha, sempre se destacou na área estudantil. Quando cursava o 7º período na Unidade Integrada Ministro Henrique de La Roque, no conjunto Maiobão se tornou presidente do Grêmio Estudantil, logo após se tornou integrante da UMESP - União de Estudantes dos Estudantes Secundaristas de Paço do Lumiar, e também fez parte da diretoria executiva da instituição. 


A estudante obteve 960 pontos na redação.








Em sua página de relacionamento pessoal, a estudante comemorou a nota e recebeu parabéns de colegas, familiares. 

REDAÇÃO DO ENEM

Dos 6,2 milhões de candidatos que fizeram o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2014, 529.374 estudantes tiraram zero na redação. Apenas 250 candidatos tiveram avaliação máxima, nota 1.000. O número de redações com zero representa 8,5% dos participantes da prova. Sendo que dessas, 248.471 foram anuladas. 

“Há muitos motivos para a anulação da redação. As pessoas devem falar sobre determinado tema e muitos escolhem outros assuntos para escrever. Alguns copiam o texto motivados”, comentou Francisco Soares, presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais em coletiva na tarde desta terça-feira (13). 

Outras razões para nota zero na redação é o uso de impropérios no texto ou redações com menos de sete linhas. A maioria dos estudantes tiveram notas entre 300 e 600 na redação. Mais de 1,1 milhão de candidatos tiveram notas entre 301 e 400. Outros 1,16 milhão obtiveram notas de 401 a 500. E 1,5 milhão de alunos conseguiram notas de 501 a 600 pontos. Dentre os concluintes do ensino médio, a nota média foi de 470,8 pontos em redação. O resultado é 9,7% menor que o de 2013, quando a média era de 521,2 pontos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário