quinta-feira, 6 de novembro de 2014

De olho em 2016, Josemar Sobreiro e Marconi Lopes buscam fortalecer base.

Vereadores e Prefeito começam a se entender.
O prefeito de Paço do Lumiar, Josemar Sobreiro (PR) e seu vice Marconi Lopes (PSL) se reuniram esses dias com a base aliada. Pauta oficial do encontro foi os detalhes das mudanças que governo fará no seu secretariado, além das mudanças de alguns aliados que não contribuem com o grupo político.

O grupo do prefeito saiu desgastado das eleições estaduais por não ter conseguido dá uma boa votação aos seus candidatos, e presenciaram  seus adversários políticos se fortalecerem no município.

A reunião com o grupo político é a primeira de uma série de articulações comandadas por Josemar e Marconi para tentar fortalecer o grupo político para chegar em condições confortáveis para disputar a reeleição em 2016. Hoje, o prefeito conta com 10 dos 15 vereadores da Câmara.

Os vereadores cobraram do prefeito mais participação na gestão. Abrir para os aliados políticos, um dos principais defensores desta abertura é o vereador Marinho do Paço (PP).

Reforma


As mudanças que o prefeito e o vice devem fazer no seu secretariado estão diretamente ligadas ao fortalecimento do seu grupo político. 

Para a SAAE, por exemplo, o prefeito indicou a pastar para o vereador Marinho do Paço, que já colocou seu apadrinhado político o Pastor Odilon que é empresário do ramo de perfuração de poços e reside no município. A mexida fortalece a base do governo e desarticula a oposição na Câmara Municipal. O vereador Marinho do Paço também está cotado para assumir a pasta de Ciências e Tecnologia, que era comandada por Luciana Oliveira.

Até o final do ano muitas mudanças poderá acontecer na administração, até novos aliados poderão compor a base do governo. O prefeito só precisa tomar cuidado apenas nos desacertos políticos, pois podem prejudicar e até minar sua reeleição.

3 comentários:

  1. Começou a acertar, pois passou o tempo de equilibrar as coisas, agora é colocar os aliados, pois soube de fontes que eles já organizaram tudo que a Bia e sua quadrilha tinha deixado um buraco. Sei que não foi fácil esses 2 primeiros anos. mas vamos que vamos. O Paço está crescendo como mostrou a ONU.

    ResponderExcluir
  2. Engraçado como os puxa-saco de Josemar gostam de falar da Bia, vcs deviam culpar seria o Raimundo Filho, pois foi dele que receberam a prefeitura.. Cuidado, pois ela pode ser muito útil a vocês. Ela ainda detém uma parcela significativa do eleitorado. Veja o caso Cafeteira era aliado, virou adversário e depois aliado do grupo Sarney. Daqui pra frente deve-se ter muito cuidado no que se fala e diz, pois pode afastar qualquer possibilidade de aliança e na política só existi duas operações somar e multiplicar. Imagine se ela se unir com Alderico, Gilberto e outras lideranças de oposição. Adeus Josemar.

    ResponderExcluir
  3. ... Sem contar que outros grupos, surgindo das periferias, revoltados com estado de abandono e das decepções que se sentem, podem indicar candidatos sem dinheiro, sem estrutura, mas, com um discurso forte e envolvente, pelas necessidades e pelo estado de abandono que se encontram, mostrando e denunciando ao Povo, a triste realidade desse Povo que moram nas periferias, sito: Vila São José, Vila do Povo, Parque Tiago Aroso, Res. Araguaia, Maria Firmina, Silvia Cantanhede, Res. Carlos Augusto, Copacabana, Sitio Grande, Mocajituba, Iguaiba, Nova Jerusalém 2, Res;. Nova Luz, e outros e outros Povoados e Vilas, que nada receberam da Administração Municipal. Cuidado, esses Grupos , que hoje tem seus Pre candidatos a Prefeito, amanhã, podem fazer diferença numa eleição, tanto majoritária quanto para Vereador. Em politica não se tem inimigos, se tem adversários, que amanhã podem ser ALIADOS, NUNCA Alienados. Estamos trabalhando com Grupos Organizados, pra fazer a diferença. Aos nossos Grupos, vamos nos unir mais.

    ResponderExcluir