segunda-feira, 6 de outubro de 2014

Paço do Lumiar precisa de uma mudança de rumo URGENTE

O prefeito Josemar Sobreiro precisar acorda pra vida.
Hoje conversei com algumas personalidade influentes da política local e eles me fizeram uma pergunta: Rilton você acha que o governo atual pode melhorar? Eu respondi que sim, e para que isso aconteça o prefeito tem que fazer uma profunda mudança no seu secretariado, precisa tirar "os amigos" e colocar gestores capacitados, gente da cidade, moradores comprometidos com o município, munícipes independentes, resolvidos na vida e que querem o bem da nossa terra. Outra mudança que precisa acontecer para o bem da cidade é a relação do executivo com o legislativo, os poderes são independentes, vereador não pode viver em grupo fazendo pressão no prefeito para tirar vantagens pessoais e o prefeito não pode ceder a essa pressão. 

Esse jogo perverso traz um enorme prejuízo a todo processo político-administrativo, esse modelo corporativista faz surgir um clã político que acaba se perpetuando no poder e faz com que a cidade fique sempre em segundo plano, para que isso se concretize é preciso coragem para romper com esse velho modelo falso e desgastado e buscar um continuo diálogo com a sociedade civil organizada.

Não é novidade pra ninguém que quem que saiu derrotado das urnas, foi o grupo do prefeito. Pecaram porque se acharam acima do bem e do mal e desdenharam de algumas lideranças que sempre os acompanharam, o prefeito se tornou surdo a voz do povo, indiferente diante do sofrimento da população, arrogante com as outras forças políticas da cidade, soberbo, confiante na votação que teve em 2012, alguns sem noção ainda falavam nos quatros cantos desta cidade que Josemar Sobreiro não precisava de ninguém pra se eleger, pura ignorância, resultado disso: uma derrota inesperada, mesmo com a máquina na mão perdeu e feio, tanto na disputa pra deputado estadual, como na federal que foi mas vergonhoso, que isso sirva de alerta, a soberba vem antes da queda, para mudar é preciso romper com isso tudo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário