sábado, 25 de outubro de 2014

Forças Federais atuarão em Paço do Lumiar e demais municípios para garantir 2º turno das eleições.

Soldados do Exército e policiais da Força Nacional vão ajudar os agentes de segurança pública do Maranhão a manter a segurança dos eleitores e a ordem durante o segundo turno das eleições, neste domingo (26).

Por questões de estratégia, nenhuma das corporações revela dados sobre os efetivos empregados.

O estado é uma das 15 unidades da Federação para as quais o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) autorizou o envio de forças federais a fim de garantir a votação e a apuração do pleito.

Quatro cidades maranhenses receberão parte dos cerca de 15 mil militares das Forças Armadas deslocados para 280 localidades de todo o país.

Os quatro municípios maranhenses onde os militares vão atuar são Paço do Lumiar, Raposa, São José de Ribamar e a capital, São Luís.

Outras cidades do estado contarão com o reforço das polícias Federal, Militar, Civil, Rodoviária Federal e do Corpo de Bombeiros.

No primeiro turno, no último dia 5, 26 localidades maranhenses contaram com o reforço das forças federais de segurança, e o pleito foi considerado tranquilo.

O grupamento da Força Nacional enviado ao estado há cerca de um mês para reforçar o policiamento na região metropolitana de São Luís, também poderá atuar em casos específicos, como a contenção de tumultos ou patrulhamento ostensivo, desde que solicitado pela Secretaria de Segurança Pública estadual.

Há ainda um segundo efetivo de policiais da Força Nacional atuando no estado desde outubro de 2013, especificamente para auxiliar as forças policiais locais a conter eventuais rebeliões no sistema penitenciário maranhense.

A Superintendência Regional da Polícia Rodoviária Federal repete o esquema especial montado durante o primeiro turno, nas estradas federais que cortam o estado.

A segunda fase da chamada Operação Eleições 2014 está em vigor desde quarta-feira (22) e se estenderá até segunda-feira (27).

Além de aumentar a fiscalização a fim de combater irregularidades ou crimes eleitorais, a corporação promete orientar os motoristas e coibir excessos no trânsito como forma de prevenir e reduzir os acidentes.

No estado, a Lei Seca vai vigorar entre as 18h do sábado (25) e as 18h do domingo (26).

Nenhum comentário:

Postar um comentário