quarta-feira, 27 de agosto de 2014

Em debate com médicos, Flávio Dino firma compromissos e elimina boatos.

Além da exposição de propostas e troca de ideias, o debate de Flávio Dino com médicos na noite desta terça-feira (26) serviu também para elucidar dúvidas e eliminar boatos em relação ao que o candidato defende para a saúde do Maranhão. O resultado foi extremamente positivo e já ficou definido que, se eleito em outubro, Flávio vai se reunir novamente com a categoria para definir prioridades.

O encontro foi organizado pelo Conselho Regional de Medicina (CRM). Flávio expôs um diagnóstico da área da saúde e falou sobre algumas de suas propostas. Entre elas, a de adotar a carreira de Estado para os médicos, como já acontece com os juízes. Isso tornará a carreira atrativa e vai garantir a presença de profissionais em todas as regiões.

A reação dos profissionais ao fim da reunião foi inequívoca. “Está todo mundo aqui com vontade de votar em você”, resumiu o médico Ubirani Nascimento, sendo aplaudido pelos demais presentes. Ubirani lembrou que a casa estava cheia para conversar com Flávio.

Hospitais

Flávio também reafirmou seu compromisso de resgatar os hospitais abandonados, construir novas unidades e manter os que estão em funcionamento.

“Alguns hospitais foram inaugurados e não funcionam, alguns funcionam, alguns foram abandonados e temos muitas obras abandonadas no interior do Maranhão”, resumiu. “Ao mesmo tempo continuamos com o problema estrutural de carência de profissionais.”

Para suprir essa carência, Flávio afirmou que, além da carreira de Estado para os médicos, haverá medidas como o reforço na residência e mais cursos de Medicina.

Propostas bem recebidas

Durante as três horas de encontro, o candidato foi frequentemente aplaudido pelos médicos, num sinal de convergência com as propostas. Os profissionais também contaram suas experiências e deram depoimentos da dura realidade que enfrentam hoje.

As dificuldades incluem precárias condições hospitalares, falta de incentivo, problemas trabalhistas e desvalorização da carreira. “O médico é o começo de tudo”, disse Flávio ao reafirmar seu compromisso com a categoria.

Flávio ressaltou que todas as medidas referentes aos médicos serão tomadas em conjunto com os profissionais. “Se a gente quer virar a página da política maranhense, a gente não vai trocar de coronel; a gente vai substituir o coronel. Todas as decisões serão pactuadas.”

Boatos criminosos

O candidato também teve a oportunidade de afastar os boatos promovidos pela campanha da baixaria de que tem sido alvo. No último fim de semana, por exemplo, foram espalhados panfletos criminosos atribuindo a ele declarações sobre a área da saúde que ele jamais fez. A Polícia Federal já foi acionada para investigar o caso.

“Peço a vocês que verifiquem o que estamos propondo. Esse é o caminho para enfrentar a inquietação fabricada. Nosso programa está registrado na Justiça Eleitoral”, ressaltou.

Flávio também tomou a iniciativa de produzir uma Carta aos Médicos, com as propostas e os compromissos do candidato para a saúde e a categoria.

Nenhum comentário:

Postar um comentário