segunda-feira, 12 de maio de 2014

Chuva intensa causa destruição em Paço do Lumiar.

O prefeito Josemar Sobreiro irá decretar estado de emergência no município. 

MA - 201, trecho próximo ao Wang Park.
A chuva intensa de até 200 milímetros que atinge Paço do Lumiar desde a madrugada de sexta - feira (09) causou estragos na região. De acordo com a Defesa Civil, um trecho da rodovia estadual MA-201, desabou com o excesso de água das galerias pluviais. Parte da calçada e do muro próximo ao Wang Park também não resistiu ao grande volume de água. 

Uma casa desabou na comunidade do Mutirão, ninguém ficou ferido (Foto - Américo do Paço).


Na cidade várias casas ficaram completamente alagadas devido ao transbordamento de rios e córregos. Uma casa desabou na comunidade Mutirão, na sede do município e três casas estão comprometidas a desabar, segundo o Coordenador Municipal da Defesa Civil, José Arnoldo. 

A ponte de acesso a comunidade do Vassoural está para desabar (Foto - Américo do Paço).


A equipe da Prefeitura de Paço do Lumiar, já está fazendo o levantamento dos estragos provocados pela chuva na cidade. O município irá decretar estado de emergência, devido a situação que se encontra toda a cidade.

Veja as outras fotos.

O córrego que passa por trás do Wang Park causa destruição no Centro de diversão (Foto - Américo do Paço).
Casa corre o risco de desabar na comunidade do Mutirão
(Foto - Américo do Paço).

O muro da escola José Maria Ramos Martins no Maiobão desabou (Foto - Judson Carlos).
O muro da escola Robson Martins no maiobão também não aguentou a força da água e caiu (Foto - Judson Carlos)
O asfalto colocado recentemente no bairro do Maiobão foi levado pela água da chuva - (Foto - Judson Carlos)

8 comentários:

  1. Agora senhor prefeito, decrete estado de emergência mas não desvie o dinheiro publico

    ResponderExcluir
  2. A situação na cidade é complicada, mas não vejo o motivo para decretar estado de emergência

    ResponderExcluir
  3. Esse prefeito é muito espertinho, se aproveitando da situação para decretar estado de emergência e fazer tudo sem licitação. Esse município não tem jeito mesmo

    ResponderExcluir
  4. Blogueiro esse prefeito tem que tomar é vergonha na cara, a cidade a muito tempo está nesta situação de abandono. os motivos que estão levando este cidadão a decretar estado de emergência é por um motivo, que todos nós sabemos inclusive você

    ResponderExcluir
  5. É o primeiro prefeito do Maranhão a decretar estado de emergência, tem cidades que estão muito piores deveria tomar vergonha na cara, antes de se aproveitar desta situação que é fácil de solucionar

    ResponderExcluir
  6. Minha gente alguém tem que fazer alguma coisa pelo Mojó somos tratados como porcos vivemos na lama, o posto de saúde já terminaram mas nunca foi inaugurando. Rilton Silva você poderia muito bem nos ajudar com matérias referente ao nossa comunidade!!! Entra prefeito e sai prefeito e nos continuamos na lama. Será não temos direito ao básico, saúde educação, infraestrutura tudo isso que ouvimos todos os dias mas que não temos a mínima ideia quando isso irá se concretizar. Salve povo do Paço do Lumiar vamos nos juntar e ir a luta porque aqui o poder publico esta inerte.

    ResponderExcluir
  7. O prefeito não faz e aproveita a situação para tira Aproveito, francamente e as obras todas terão que cer refeitas pra quem falava de desperdício de dinheiro publico. Fica a justificativa
    .

    ResponderExcluir
  8. O estado de emergência é necessário mas, nesse caso, é colocar a raposa pra tomar conta do galinheiro, ou seja, com a decretação do estado de emergência as contratações pode ser realizadas SEM O DEVIDO PROCESSO LICITATÓRIO, bastando simplesmente 03 (três) propostas (que podem ser forjadas já que muitas empresas tem sempre CNPJ's para fazer cobertura). Ai a roubalheira vai correr solta mesmo.

    ResponderExcluir