quinta-feira, 3 de abril de 2014

Quadrilha de Goiás é presa após assaltos a joalherias no Maranhão.

Seis homens foram presos na madrugada desta quinta-feira (3). Eles teriam roubado três joalherias e um banco na capital maranhense. 

Informações. G1 Maranhão 
 
Cinco homens do Estado de Goiás foram presos em São Luís na madrugada desta quinta-feira (3) suspeitos de praticar vários assaltos a joalherias na capital maranhense. Segundo a polícia, o grupo é responsável por assaltar, na manhã dessa quarta-feira (2), uma joalheria no Shopping São Luís. Eles teriam roubado, por duas vezes, uma joalheria no Shopping Rio Anil, na Cohab, e ainda uma agência do Itaú na Avenida dos Holandeses.


Inicialmente, a Secretaria de Segurança Pública do Estado havia divulgado que seriam apenas cinco presos, entretanto, um sexto envolvido foi capturado. Ele foi identificado como Cleberson Souza Mendes, de 18 anos. Também foram presos: Gabriel Silva Ferreira, Fábio Henrique da Silva Santana, Wilkson da Silva, Maicon Barbosa Mendes e Eudjonhson Fernandes da Silva. Eles foram apresentados na sede da Secretaria de Segurança Pública do Maranhão.

As prisões são resultado de uma operação da Superintendência Estadual de Investigações Criminal (Seic) e ocorreram no bairro do Turu e no município de Raposa, na região metropolitana de São Luís. Com o grupo a polícia apreendeu três veículos com placas clonadas, três motocicletas e quatro armas de fogo.

Assalto com reféns
 
Na manhã de ontem, o grupo assaltou a joalheria Mar de Ouro, no Shopping São Luís. Segundo o depoimento de testemunhas, um grupo armado entrou no estabelecimento, pegou as mercadorias e fez duas funcionárias reféns até a saída do shopping. De acordo com informações policiais, três pessoas bem vestidas realizaram o assalto. Duas entraram no estabelecimento e um terceiro deu suporte para a fuga, aguardando no estacionamento. O valor em mercadorias roubadas foi estimado em R$ 300 mil. Uma funcionária da loja foi feita refém até a saída do shopping.

Nenhum comentário:

Postar um comentário