segunda-feira, 7 de abril de 2014

Notas quentinhas sobre a saída de Luis Fernando do jogo.

Por Jonh Cutrim - blog

Pé no chão

A oposição precisa ter pé no chão sem essa de que já ganhou. Com a saída de Luis Fernando e a entrada de Edinho Lobão, é o poderio do grupo Sarney que estará em jogo, não esqueçamos, além do sistema de comunicação da família Lobão, do patrimônio e do ministério de Minas e Energia, um dos mais fortes da república. Mesmo estando os governistas perdidos, desnorteados, sem rumo, ainda falta bastante tempo para a eleição. Muita água ainda vai rolar. À oposição, cabe continuar unida e firme em torno da pré-candidatura de Flávio Dino.

Últimos suspiros

Não é de hoje que a candidatura de Luis Fernando balançava. Desde o começo do ano, LF vinha alertando a governadora Roseana Sarney da possibilidade de abdicar da disputa ao Palácio dos Leões, caso não fosse dada todas as condições. Como Roseana e o marido Jorge Murad não conseguiram sequer elegê-lo governador via indireta pela Assembleia Legislativa, Luis Fernando viu que não teria o aparato suficiente para concorrer de igual para igual com Flávio Dino. O desempenho abaixo do esperado nas pesquisas ligou o sinal amarelo. Daí que Luis Fernando alertou da necessidade de reforço. Não conseguiu o aporte necessário e, para desespero, sua candidatura desceu ladeira abaixo.

Pedantismo

No caso da Assembleia Legislativa e sua permanência no governo, Roseana com seu estilo arcaico e autoritário de fazer política, do manda, pode e obedece, achou que poderia colocar o cabresto no presidente Arnaldo Melo e deputados da base, impondo a eleição de Luis Fernando na Casa. Quebrou a cara, não foi do jeito que queria. Os parlamentares não aceitaram a arrogância da filha do senador José Sarney e, por falta de diálogo, impuseram derrota a ela e, por tabela, em Luis Fernando.

Discussões

Insatisfeito com tudo o que vinha acontecendo, Luis Fernando chegou a ter várias discussões com Roseana Sarney. Num dos embates, conforme o blog noticiou, Luis reclamou da falta de estrutura no governo itinerante. Foi desaforo de ambos os lados. O fracasso de público e a ausência de apoio de Roseana/governo deixaram LF irritado.

Fora do ninho

Outro problema enfrentando por Luis Fernando foi a rejeição de setores do grupo Sarney em relação a ele. Por ser uma imposição do casal Roseana e Jorge Murad, Luis nunca teve uma relação próxima com o senador José Sarney, o senador João Alberto, o deputado Ricardo Murad, Lobão, Fernando Sarney, Remi Ribeiro, entre outros medalhões da cúpula sarneisista. Isto fez com que alguns deles conspirassem dia e noite contra LF. O resultado não podia ser outro. Prevaleceu a vontade dos históricos!!!

Sem acordo

A rejeição do núcleo duro do grupo Sarney a Luis Fernando ocorreu, também, pelo fato dele não ter compromissado a continuação de certas ‘coisinhas’ que ocorrem nos governos da oligarquia. Tinha gente, por exemplo, que caso Luis Fernando vencesse, já havia sido avisada que não manteria os mesmos esquemas, negócios… Não teria mais o poder de mando e desmando. Os beneficiados seriam o do grupo Luis Fernando que seria formado. Aí o jeito foi rifar LF, que não teve força para suportar tanto fogo amigo.

Debandada

Vendo o barco afundar, prefeitos, vereadores, lideranças políticas tendem a desembarcar na pré-candidatura de Flávio Dino. Não vai demorar muito. Um desses é o prefeito de Imperatriz, Sebastião Madeira (PSDB) que já mandou recado dizendo que não apoiará outro nome da oligarquia. Até mesmo partidos já pensam em abandonar a nau sarneisista. Tá feia a coisa!

Esnobe

E o senador João Alberto dizendo que Luis Fernando amarelou? Pois é, muita falta de respeito. Nada menos que o modus operandi do clã Sarney, usa, aproveita e depois joga fora. Luis Fernando já pode se considerar descartável pela oligarquia.

Guerra

Podem anotar: a escolha de Edinho Lobão como pré-candidato a governador não é consenso no grupo Sarney. Até a convenção, fiquem certo, outros nomes tentarão se viabilizar. Um deles dever ser o presidente da AL, deputado Arnaldo Melo. Deputados devem lançar seu nome em breve. Os pretendentes alegarão que têm mais pedigree eleitoral e merecem bem mais que Edinho. A briga promete…

Furo

O blog Marrapá deu o furo sobre a desistência de Luis Fernando em suceder Roseana Sarney. O editor deste blog também soube da notícia no começo da noite de sábado por uma fonte bem situada, porém preferiu ser cauteloso sobre o assunto. Vlw Leandro!

Nenhum comentário:

Postar um comentário