quinta-feira, 27 de março de 2014

Jovem desaparecida desde domingo é encontrada esquartejada dentro de saco.

Os universitários Dahlia Ferreira, de 22 anos, e o namorado Raphael Carvalho Machado, 26, foram encontrados mortos na manhã desta quinta-feira (27), no condomínio onde moravam juntos no bairro da Cohab, em São Luís, segundo informações da Secretaria de Segurança Pública do Maranhão.

O corpo de Dahlia foi achado já em estado de putrefação, envolto em uma rede e dentro de um saco, na lixeira do condomínio, enquanto Raphael foi encontrado enforcado e pendurado em uma corda. A polícia suspeita de que o namorado tenha matado a jovem – que estava desaparecida desde domingo (23) -, e se enforcado hoje.

Segundo a polícia, um dos vizinhos contou que pediu a chave da lixeira do condomínio para Raphael. Ele respondeu que não sabia onde estava e entrou em casa. O mesmo vizinho teria ido à casa do jovem e chamado por ele. Sem resposta, ele resolveu arrombar a porta, encontrou o corpo e chamou a polícia.

“Tudo levar a crer que quem matou a Dhalia foi ele, mas a perícia é quem vai dar o veredito. Estamos isolando a área para facilitar o trabalho dos peritos. Ele amarrou uma corda em uma escápula de aproximadamente dois metros de altura, botou no pescoço e arriou”, explicou o investigador da Polícia Interestadual (Polinter) Afrânio, que está no local.

Desaparecimento

Dahlia estudava jornalismo na Faculdade São Luís e Raphael era aluno de Rádio e TV da Universidade Federal do Maranhão (UFMA). O perfil dos dois indicavam que ambos estavam “em um relacionamento complicado” um com o outro desde 2009. A última postagem de Dahlia foi feita um dias antes de seu desaparecimento, no sábado (22), onde ela diz: “Sabe quando vc aperta o botão do farejador? Veio à tona hoje…”.

Curiosos se aglomeram próximo ao local onde
corpos foram achados (Foto: Annielle Pimentel)
Segundo a família da jovem, Raphael disse que a Dahlia saiu de casa para ir à praia no início de sábado (22) e não voltou. O pai da jovem chegou a registrar boletim de ocorrência pelo desaparecimento da filha. Amigos do casal dizem que Raphael chorava e se dizia muito abalado pelo sumiço da namorada. Em seu perfil no Facebook, ele fez uma postagem na segunda-feira (24) lamentando o ocorrido:

Minha vida está perdida. Meu objetivo de ser, minha paixão, meu vício, Dahlia Ferreira. Minha pequena está por aí na cidade desde as 7h da manha de ontem e não de ontem e não deu mais notícia. Acordou-me com um beijo, um cheiro gostoso e saiu para a praia. Liberdade que sempre teve e fazemos questão de manter.

Não sei onde procurar por meu sonho. Percorri a cidade, hospitais, delegacias, praias. Meu pensamento quase tocando-a, e ainda assim tão distante. Minha vida está perdida.

Amigos, paixões, confidentes: orem e, ainda mais que isso, tentem falar com outros que a conheçam e possam tê-la visto. É o meu sonho que está perdido por aí. É um pedaço da minha vida que temo não suportar perder.“

Informações. G1 - Maranhão

Nenhum comentário:

Postar um comentário