quinta-feira, 6 de fevereiro de 2014

Vereador Marinho do Paço solicita ao executivo municipal, Projeto de Lei que institui o Sistema de Transporte Coletivo Urbano Municipal de Paço do Lumiar.

O vereador Marinho do Paço (PP) protocolou nesta terça – feira (04) na Câmara Municipal a indicação de Nº 027/2014, qual solicita ao executivo municipal estudos na elaboração de Projeto de Lei, que institui o Sistema de Transporte Coletivo Urbano Municipal de Paço do Lumiar e dá outras providencias. 


Na justificativa do edil, a presente indicação reflete a vontade e a necessidade da população luminense, ter autonomia e o controle do seu destino no tocante ao Sistema de Transporte Coletivo Urbano Municipal de Paço do Lumiar, que não está sob o controle do executivo municipal.


O progressista Marinho do Paço em discurso no plenário da Câmara Municipal, deixou claro que o município tem urgência em deixar de ser uma marionete nas mãos da prefeitura e do sindicato de transporte coletivo de São Luís. “São eles que conduzem nossas vidas neste sentido, estipulando as linhas e tarifas de passagem. É por não concorda com está situação que trouxe esta matéria ao plenário desta casa, para que seja debatido e pedir a todos os colegas edis que subscrevam está indicação”, enfatizou o vereador.

Veja o projeto de indicação.

5 comentários:

  1. Já deveriam ter indicado isso a muito tempo, mas parabéns ao vereador pela iniciativa do debate creio que só assim nossa cidade terá independência no transporte coletivo.

    ResponderExcluir
  2. Boa vereador, espero que o projeto de lei seja encaminhado pelo prefeito. Parabéns pela iniciativa

    ResponderExcluir
  3. parabéns vereador pela nobre iniciativa, espero que o projeto se concretize tenho certeza que trará grandes benefícios a nossa população.

    ResponderExcluir
  4. Ilustrissimo vereador, parabens pelo projeto de lei que intitui o sistema de transporte coletivo "urbano" municipal. Faltou apenas o senhor deixar mais claro como funcionará esse sistema, pois o prefeito municipal de Paço do Lumiar não poderá sancionar lei para o transporte coletivo trafegar em outras cidades, caso não se lembre, São Luís não pertence a Paço do Lumiar.

    ResponderExcluir
  5. Marinho , acho que você deveria interceder em favor da população que usa essas latas velhas adquiridas , na sua maioria, nas sucatas de São Paulo cujos proprietários ditam normas , como seja: impõem que não devem conceder meia passagem a estudantes, cobram o valor que querem, inclusive cobrando RS l,50 e até dois reais no percusso dentro do Maiobão mas ao chegarem no Viaduto do Café aceitam RS 1,00 pelo percusso até o terminal da Magalhães de Almeida, percusso este muito maior que o realizado dentro do Maiobão. Se o morador oferece RS 1,00 já estando dentro da Van eles mandam descer humilhando o passageiro. Tudo acontece neste tipo de transporte; pneus lisos, vidros quebrados , assentos reasgados além de serem dirigidos por pessoas não habilitados para este tipo de transporte, veículos sujos, bem como por cobradores que nem habilidades tem

    ResponderExcluir