quarta-feira, 22 de janeiro de 2014

Terror em São Luis: criminosos que ameaçavam ataques a delegacias trocam tiros com a polícia

Ontem a noite a população de São Luis, viveu momentos de terror. Criminosos trocaram tiro com policias, os ataques estariam sendo planejados desde o último sábado.  


São Luís voltou a viver uma noite de pânico por conta da movimentação de integrantes de facções criminosas que planejavam ataques a delegacias. As ações seriam uma resposta à transferência de líderes dessas facções para presídios federais. Os ataques estariam sendo planejados desde o último sábado. Com informações do serviço de inteligência, a polícia montagem barreiras em vários pontos da cidade para tentar conter a onda de possíveis ataques.

Sobre essa nova onda de violência registrada na noite de terça-feira(210, em São Luís, a Secretaria de Segurança diz, através de nota, que, de acordo com informações do Centro Integrado de Operações de Segurança (Ciops), na Avenida Ferreira Gullar, bandidos trocaram tiros com policiais militares do Grupamento Albatroz do 8º Batalhão e do Batalhão de Choque. Os criminosos tentaram fugir do cerco policial, empreendendo fuga pelo mangue. Na ação, três pessoas ficaram feridas, foram levadas para o hospital e não correm risco de morte.

Dois suspeitos, identificados por Antonio Carlos Correia e Stanley da Luz Coelho foram presos. Eles foram apresentados no Plantão da Av. Beira-Mar. Um veículo Corsa Classic, cor preta, de placas NWW-6265 e um revólver foram apreendidos.

Ainda no final da tarde desta terça-feira (21), uma operação conjunta das Superintendências de Polícia Civil da Capital (SPCC) e Estadual de Investigações Criminais (Seic), no bairro Pro-morar, áreas da Camboa e Liberdade, resultou na prisão de quatro homens. Um menor também foi apreendido durante a ação policial.

Conforme as investigações da Inteligência da Polícia Civil, o grupo planejava assaltos para a noite de terça (21). Diante da abordagem policial, eles reagiram. No confronto, o individuo identificado como Léo Fabricio Santos Ferreira, o “Arroz da Liberdade”, foi alvejado e levado para o hospital. Ele foi identificado como um dos autores dos ataques ao 8º Distrito Policial (Liberdade) no dia 4 de janeiro e também responde a vários crimes de homicídios.

Os outros presos são: Caio Henrique Araújo Rodrigues, Antonio Carlos Dutra Costa e Joanderson Arouche Ribeiro. Com o bando, foram apreendidos 1 revólver 38, com 3 munições intactas, e 3 deflagradas e uma pistola calibre ponto 32, com duas munições intactas.

Eles foram conduzidos para a sede da Seic e autuados em flagrante pelos crimes de tentativa de homicídio qualificado.

Antonio Carlos e Joanderson tinham sido presos no dia 4 de janeiro por tráfico de drogas e associação para o tráfico e soltos no dia seguinte por decisão da Justiça.


Redação. Gilberto Lima
Imagens. TV Difusora/Programa Bandeira 2 

Nenhum comentário:

Postar um comentário